Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TENDINOPATIA

No description
by

Quéren Silva

on 17 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TENDINOPATIA

ORTOPEDIA
LESÃO DO TENDÃO
TIPO DE FORÇA
CONCLUSÃO
O ultra-som pulsado de baixa intensidade é potencialmente capaz de acelerar o reparo do tendão de Aquiles rompido.

TENDINOPATIA
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS
ICBS – Graduação em Fisioterapia
8º período

Quéren-Hapuque Rebeca Silva
17/09/2013

FUNÇÃO DO TENDÃO
TRANSMITIR
AS CARGAS
DO MÚSCULO
PARA O OSSO

COMPORTAMENTO ESTRUTURAL
TENSIL
FORÇA APLICADA SOBRE O TENDÃO DURANTE UMA CONTRAÇÃO OU ALONGAMENTO

COMPRESSIVA
FORÇA APLICADA SOBRE O TENDÃO POR COMPRESSÃO DE ESTRUTURAS EXTERNAS OU INTERNAS

TENDINOPATIAS
TENDINOSE
TENDINITE
PARATENDINITE (TENOSSINOVITE
OU TENOVAGINITE)
PARATENDINITE
COM TENDINOSE
CARACTERÍSTICAS:
DEGENERAÇÃO INTRATENDÍNEA SEM INFLAMAÇÃO. RELACIONADA AO ENVELHECIMENTO, MICROTRAUMAS E COMPROMETIMENTO VASCULAR.
PREVALÊNCIA:
MAIOR PORÇÃO DAS TENDINOPATIAS, TALVEZ A ÚNICA RELACIONA A
PROCESSOS CRÔNICOS

CARACTERÍSTICAS:
INFLAMAÇÃO DO PARATENDÃO COM OU SEM DEGENERAÇÃO DO COLÁGENO.

PREVALÊNCIA:
RELACIONADA A TENDÕES PRÓXIMOS A PROTUBERÂNCIAS ÓSSEAS

CARACTERÍSTICAS:
DEGENERAÇÃO TENDÍNEA COM RUPTURA ESTRUTURAL, VASCULAR E PRESENÇA DE CÉLULAS INFLAMATÓRIAS

PREVALÊNCIA:
RELACIONADA A RUPTURAS PARCIAIS OU TOTAIS DO TENDÃO, MENOR PORÇÃO DAS TENDINOPATIAS

CARACTERÍSTICAS:

DEGENERAÇÃO INTRATENDÍNEA SEM INFLAMAÇÃO ASSOCIADA A INFLAMAÇÃO DO PARATENDÃO


PREVALÊNCIA:

ASSOCIAÇÃO POSSÍVEL NOS PROCESSOS DE TENDINOPATIA


TENDINOPATIA DE AQUILES
CAUSAS
Treinamento de alta demanda
Pronação ou supinação excessivas
Aumento de velocidade e quilometragem nos treinos
Excesso de subidas e pouco repouso nos treinos
Falta de alongamento, aquecimento e flexibilidade muscular
Fraqueza e desequilíbrio da musculatura
Desidratação, alimentação incorreta e toxinas no organismo

SINTOMAS
Dor pela manhã ao caminhar, em trotes curtos e depois de repouso
Dor em flexão dorsal passiva
Dores no local que não desaparecem após o aquecimento
Rigidez, edema, rubor, calor e dor à palpação
Crepitação
TRATAMENTO
ULTRA-SOM
TENS
CRIOTERAPIA
LASER
ONDAS CURTAS
MASSOTERAPIA
EXERCÍCIOS DE PROPRIOCEPÇÃO
CORREÇÃO DO FATOR EXTRÍNSECO COMO PRONAÇÃO OU SUPINAÇÃO EXCESSIVA
IMOBILIZAÇÃO DE 6 A 8 SEMANAS
CIRURGIA
FORTALECIMENTO MUSCULAR
DIMINUIÇÃO DO RITMO DE CORRIDA ATÉ A CURA COMPLETA
3 séries
12 a 15 repetições máx.
Todos os dias 2x ao dia
(ênfase na fase
excêntrica)

ARTIGO
Possible Molecular Mechanism of Promotion of Repair of Acute Achilles Tendon Rupture by Low Intensity-pulsed Ultrasound Treatment in a Rat Model
Possível mecanismo molecular que promove reparação de ruptura do tendão de Aquiles aguda com tratamento de ultra-som pulsado de baixa intensidade em um modelo de rato.
T Kosaka, T Masaoka, K Yamamoto
West Indian Med J 2011; 60 (3): 263-268

OBJETIVO
O estudo investigou o efeito
do
ultrassom de baixa
intensidade-pulsado
sobre o
processo de reparação
do tendão de Aquiles
rompido através de
um modelo de rato.
MÉTODOS
98 ratos Sprague-Dawley ratos machos
(peso corporal médio, 258 ± 9,8 g),
com idade de 12 semanas.
Para criar o modelo, a fixação do tendão de Aquiles
e junção do músculo foram rompidos.
A perna de um lado foi exposto ao ultrassom
frequência de 1,5 MHz
ciclo de repetição de 1,0 kHz
largura de 200 ms
potência a 45 mW/cm2
durante 20 minutos por dia,
com uma sonda de diâmetro de 0,7 milímetros. 

RESULTADOS
O tratamento com ultra-som
pulsado de baixa intensidade
acelerou o reparo
do tendão de Aquiles
em comparação com
o grupo não tratado,
observado por
microscopia eletrônica. 
RESULTADOS
REFERÊNCIAS
T Kosaka, T Masaoka, K Yamamoto, Possible Molecular Mechanism
of Promotion of Repair of Acute Achilles Tendon Rupture
by Low Intensity-pulsed Ultrasound Treatment in a Rat Model,
West Indian Med J 2011; 60 (3): 263-268

Costa M.T, Neto J.S.H, Estudo comparativo dos métodos conservador
e cirúrgico para tratamento das lesões agudas do tendão do calcâneo,
Acta Ortop Bras 15(1) - 2007

OBRIGADA!
:-)
Full transcript