Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Suicídio - Émile Durkheim

No description
by

Paulinha Souza

on 5 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Suicídio - Émile Durkheim

Suicídio - Émile Durkheim
Suicídio Egoísta
Acontece quando o indivíduo afrouxa o seu laço com a sociedade.
Superiores.
Suicídio Altruísta
Ocorre quando o individuo valoriza mais a sociedade do que a si mesmo.
Suicídio Egoísta
Suicídio Anômico
Suicídio Altruísta
Conclusão
Segundo o sociólogo Émile Durkheim, o suicidio é "Todo caso de morte que resulta direta ou indiretamente, de um ato positivo ou negativo, executado pela própria vítima, e que ela saiba que deveria produzir esse resultado."
Émile Durkheim (1858-1917)
FENÔMENOS
3 fatos que estabelecem a unidade psicológica
Suicídio Anômico
Acontece quando ocorre uma situação de anomia social.
RELAÇÕES ENTRE O SUICÍDIO E OUTROS FENÔMENOS SOCIAIS
Problemas de integração do indivíduo com a sociedade
INTERESSE DA SOCIOLOGIA
Análise do processo social
A análise abrange a sociedade como um conjunto, e não de maneira individual, já que, para Durkheim, a sociedade explica o comportamento do individuo.
O suicidio, aparentemente tem causas individuais
Mas, Durkheim, acreditava que o suicidio estava ligado a vida na sociedade.
SER DUPLO
PERSONALIDADE INDIVIDUAL E UMA COLETIVA
O homem físico se acrescenta ao homem social.
VALORIZAÇÃO DO INDIVIDUALISMO
Não vive de acordo com as regras sociais.
Valores individuais maiores do que o sentido de existência ligado a sociedade.
ABRE MÃO DA PRÓPRIA VIDA PARA FAZER UM FAVOR PARA O MUNDO
Visão do suicida:
Acredita estar fazendo um favor para a sociedade em que está inserido.
AUSÊNCIA DE REGRAS NA SOCIEDADE
Caos
Ausência da normalidade social.
VISÃO DO SUICÍDA:
Diante essa situação, o individuo acaba tirando a própria vida.
SOCIEDADE PARECE ABANDONAR O INDIVIDUO
Os laços do indivíduo com a sociedade estão enfraquecidos, e ele se sente isolado do quadro social.
Legislação sobre o suicídio
ATO
Indivíduo
Estado
Moralidade
Culto pela vida
ESTADO
RELIGIÃO
Grupo:
Geanderson Junio Martins Lucas - 85729
Jéssica Alves Rodrigues - 85773
Letícia Plácido Lopes - 85748
Paula Carolina Cota Souza - 85718
Taynara de Oliveira Carvalho - 85720
Thaís Mendes Silva - 84290
SEXO
VIOLÊNCIA
IDADE
Este trabalho tentou evidenciar a influência que a sociedade exerce sobre o indivíduo, e uma vez que esta se modifica, o indivíduo terá de possuir os meios necessários para a poder acompanhar, isto é, situar-se individualmente dentro do coletivo, para não se abater num estado anômico.
"Durkheim levou esta perspectiva ao extremo desenvolvendo um estudo sociológico com base nas estatísticas francesas do suicídio, e chegando à conclusão que as forças maioritárias que levam o indivíduo a terminar com a própria vida são exteriores, isto é, o meio social em que este se encontra é que vai determinar o desfecho da sua vida.”

Homens e mulheres: morriam mais homens do que mulheres, tanto em suicídios quanto em homicídios.

jovens: 15 a 35 anos
idosos: acima de 75 anos

Perda de emprego mais do que estar desempregado.

Pessoas divorciadas/ viúvas/solteiras
Pessoas sozinhas
ESTADO CIVIL
DESEMPREGO
IDADE
SEXO
Full transcript