Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

7

No description
by

Silvana Regina

on 19 January 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 7

CONHECIMENTOS BÁSICOS
SESMT
Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Tabalho

Hemorragias
É perda de sangue quando há rompimento de veias e/ou artérias.


Tipos:

Causas de hemorragia:
Corte
Amputação
Esmagamento
Fratura

Úlcera
Tumor
Varizes

Interna
Externa e
HEMORRAGIA EXTERNA
COMPRESSÃO DIRETA
Hemorragia Nasal
Acalmar a vítima;
Sentá-la;
Comprimir a narina que sangra;
Utilizar compressa gelada;
Colocar gazinha;
Não assoar o nariz;
Procure socorro médico se não ceder.

ESCORIAÇÕES
Lesão superficial da pele que normalmente não representam riscos.

Acontece geralmente em consequência de quedas, quando a pele entra em contato com as asperezas do chão, sofre arranhões.

O que são primeiros socorros
A expressão “Primeiros Socorros” significa o atendimento imediato prestado a uma pessoa vítima de um acidente ou de um mal súbito, para estabilizar a sua situação antes da chegada de uma ambulância ou médico qualificado.

Ações do Socorrista
Isolar a área, evitando o acesso de curiosos;

Observar a vítima, verificando alterações ou ausência de respiração, hemorragias, fraturas, colorações diferentes da pele, presença de suor intenso, expressão de dor;

Observar alteração da temperatura, esfriamento das mãos e/ou pés;

Manter a calma, assumindo a liderança do atendimento;

Procurar que haja comunicação imediata com hospitais, ambulâncias, bombeiros, polícia se necessário.

A atitude do socorrista pode significar a vida ou a morte da pessoa socorrida.
Protocolo "A B C "
Estabilizar a coluna cervical manualmente, verificar responsividade;



Verificar a respiração;




Verificar circulação, pulsação e possivéis hemorragias;



Parada Cardíaca
O termo Parada Cardíaca significa a interrupção da função do coração como bomba.

Em situações normais frequência, ritmo e força são constantes.

Sinais
Inconsciência
Ausência de pulsação
Ausência do som dos batimentos cardíacos
Pulso Carotídeo
Palpe durante 10 segundos;

Quando o socorrista tem dificuldade de verificar a pulsação deve procurar por outros sinais e neste caso considere a vítima sem pulso.



A vítima respira?
Tosse ou emite algum som?
Movimenta?
Como Avaliar
Ver se o tórax expande;

Ouvir se há algum ruído de respiração;

Sentir na face a saída do ar.

Sinais
Inconsciência.
Parada dos movimentos do tórax.
Ausência de saída de ar pelas vias aéreas.

Cadeia de Atendimento Recomendado
MASSAGEM CARDÍACA
MASSAGEM CARDÍACA
Reconhecimento imediato da PCR;

Acionamento do serviço de emergência;

RCP precoce, com ênfase nas
compressões torácicas.

Manter a vítima deitada de barriga para cima;

Superfície rígida;

Iniciar as compressões (mínimo de 100);

Verificar a cada minuto se a vítima voltou.
CHOQUE
ESTADO DE CHOQUE
O estado de choque se caracteriza pela falta de circulação e oxigenação dos tecidos do corpo provocada pela diminuição do volume de sangue ou pela deficiência do sistema cardiovascular;

Risco de morte.

Principais Causas de Estado de Choque
Sinais e Sintomas
Pulso rápido e fraco;
Pele fria e úmida;
Suor abundante;
Palidez;
Lábios e extremidades descoradas;
Sede;
O Que Fazer?

Acalmar a vítima;
Deitá-la de costas com as pernas elevadas e a cabeça lateralizada;
Afrouxar as roupas da vítima;
Retirar próteses se houver;
Mantê-la aquecida.
Extremidades frias;
Ansiedade e agitação;
Náuseas e vômitos;
Tremores e calafrios;
Respiração curta, rápida e irregular;
Tontura;
Queda da Pressão Arterial.
FERIMENTO COM OBJETO ENCRAVADO
Deixe o objeto no lugar;
Fazer um curativo volumoso para estabilizar o objeto;
Providenciar o serviço de emergência;
Em caso de ferimento por arma de fogo, se houver hemorragia, o socorrista deve procurar estancá-la por meio de compressão, e encaminhar a vítima ao pronto socorro;
Nunca tente retirar a bala, mesmo que ela esteja localizada superficialmente ou em local de fácil acesso.

FRATURAS
É uma lesão onde ocorre a quebra de um osso;
Toda situação de entorse e luxação deve ser tratada como fratura.

Tipos
Aberta
Fechada
Sinais e Sintomas
Dor intensa;
Deformidade;
Edema;
Movimentação prejudicada ou ausente;
Hematoma;
Crepitação.
O Papel do Socorrista
Acalme a vítima;
Não coloque o osso no lugar;
Tente mantê-lo o mais natural possível;
Cobri-la se for exposta;
Imobilizá-la;
Transporta a vítima.
ATENÇÃO:
Antes e depois da imobilização sempre verificar o pulso na extremidade da parte atingida.
VERTIGENS E DESMAIOS
Vertigem
“Tontura”
Mal-estar
“Tudo está girando”

Colocá-la deitada de costas
Não deixar que ela faça movimentos bruscos
Afrouxar a roupa
Acalmá-la
Em alguns instantes ela estará melhor

Desmaio
É causado pela diminuição de sangue no cérebro.
Perda de consciência.
Queda da própria altura.
Causas:
Fadiga
Emoção forte
Hemorragias
Ambiente muito abafado

O que fazer?
Deitá-la de barriga para cima com as perna levantadas.
Quando ela estiver acordando orientá-la a respirar lenta e profundamente.
Não deixá-la levantar de forma súbita.
Lateralizá-la.
Ficar atento a respiração.

O que fazer ?
Sinais e Sintomas
Fraqueza
Tontura
Escurecimento
Suor frio
Palidez
Falta de controle muscular
ATENÇÃO !
Provocado pela obstrução das vias aéreas por um objeto estranho, por vômito ou até mesmo sangue.
Engasgamento
Pancadas Interescapulares


1) Colocar-se atrás da vítima e segurar a vítima pela cintura enquanto ela se inclina para a frente.

2) Executar as pancadas entre as omoplatas, sobre a região dorsal, com a base da mão.
Compressões abdominais

1) Colocar-se atrás da vítima com os braços à volta do abdómen. Inclinar a vítima para a frente.

2) Colocar uma mão sobre o abdómen, entre o umbigo e o apêndice xifóide, e colocar a outra mão sobre a primeira.

3) Fazer pressão para dentro e para cima.


Compressões torácicas

Na vítima grávida ou muito obesa, a compressão abdominal é substituída pela compressão torácica. As compressões torácicas são alternadas com as pancadas interescapulares, em grupos de 5.

1) Colocar-se atrás da vítima e passar os braços por debaixo das axilas da vítima.

2) Colocar uma mão sobre o centro do tórax e a outra mão por cima da primeira. Evitar o apêndice xifóide e região de articulação das costelas com o esterno.

3) Executar pressão sobre o tórax da vítima, contra o tronco do socorrista.
Procedimentos:
Chamamos de queimadura toda e qualquer lesão ocasionada no corpo humano pela ação curta ou prolongada, de temperatura extrema.

Superficiais ou Profundas.

Classificadas pela extensão.

Grau da lesão.

Primeiro Grau
QUEIMADURAS
Mais comum
Pele avermelhada
Presença de ardor e ressecamento
Ex: Queimadura de sol

Segundo Grau
Atinge as camadas um pouco mais profunda;
Presença de bolhas;
Desprendimento da pele;
Muito dolorosa;
Ex: Contato com líquidos fervendo, objetos muito quentes, substâncias químicas, etc.

Terceiro Grau
Todas as camadas são atingidas;
Músculo e ossos;
Não são tão dolorosas;
Aspecto carbonizado (couro);
Ex: Contato direto com as chamas, líquidos inflamáveis, eletricidade, etc.
Prevenção
Pipa só longe dos fios;
Não deixe fósforo e isqueiro ao alcance de crianças;
Velas devem ficar longe de tecidos e estruturas de madeira;
Não deixe as crianças se aproximarem do fogão;
Isole ou proteja tomadas;
Cuidado com fios desencapados;
Não deixe crianças perto do ferro elétrico;
Não use toalhas compridas na mesa;
Teste a temperatura da água do banho;
Queimadura Nos Olhos
Por produtos químicos

lavar com bastante água;
Cobrir com gaze ou pano;
Correr para o hospital.

Por irradiações, solda, luz artificial

Procurar atendimento médico.

Outras observações

Nunca colocar gelo nas queimaduras;

Retirar objetos como anéis, colares, relógios;

Proibido aplicação de remédios nas queimadura;

Não romper as bolhas.
Full transcript