Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Rápida transformação dos mapas económicos

No description
by

Rafael Correia

on 1 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Rápida transformação dos mapas económicos

A rápida transformação dos mapas económicos
Economia mundial atual
riqueza mundial
Distribuição da riqueza mundial
crescente integração no sistema capitalista ocidental
+
processo tecnológico
1 U$ = 0.87856€
Ásia Oriental e Sudoeste Asiático
foram as zonas mais beneficiadas após a reorganização dos circuitos de produção. Estes aparecem como exploradores de
produtos manufaturados
.

Por outro lado os
PMD
(países menos desenvolvidos) são os mais prejudicados, pois as suas exportações continuam a basear-se nos
produtos primários
(de menor valor acrescentado).
Blocos mais/menos benefeciados
Países importadores
%
Valor (Biliões de $)
EUA
12,4%
2331
China
10,3%
1950
Alemanha
6,3%
1187
Japão
4,4%
833
França
3,6%
681
Reino Unido
3,5%
654
Holanda
3,1%
590
Coreia do Sul
2,7%
516
Itália
2,5%
477
Canadá
2,5%
474
Países exportadores
%
Valor (Biliões de $)
EUA
11,8%
2210
China
8,4%
1579
Alemanha
7,7%
1453
Japão
3,8%
715
França
664
Reino Unido
580
Holanda
560
Coreia do Sul
541
Itália
523
Rússia
518
3,5%
3,1%
3%
2,9%
2,8%
2,7%
Atualmente assiste-se a uma
integração crescente no sistema capitalista ocidental
dos países do
ex-bloco soviético e das potências emergentes asiáticas
(ex.: Índia e China).
Desiquilíbrio global entre a oferta e a procura de mão-de-obra.
Grande instabilidade no mercado de trabalho.
Crescimento da riqueza e das trocas comerciais
Efeitos
Fonte: OMC, 2013
Fonte: OMC, 2013
Manutenção da pobreza e crescimento das desigualdades sociais e económicas
A revolução tecnológica das TIC facilitou:
O aumento dos fluxos (comércio, capitais, mão-de-obra, informação) à escala global;
A segmentação e deslocalização dos processos produtivos;
A internacionalização de actividades comerciais na área dos serviços;
Os processos de integração económica.
Revolução tecnológica
A
redução das distâncias
permitiu organizar a produção de acordo com as oportunidades e possibilitou a emergência de novos tipos de trocas comerciais, nomeadamente a expansão das
trocas de produtos intermédios.
Maior participação dos PED na divisão do trabalho a nível mundial.
China: uma potência económica em ascenção
Atualmente, a China é um dos principais recetores de
Investimento Direto Estrangeiro (IDE)
e tornou-se num dos maiores
exportadores e importadores mundiais
.
Economia chinesa
Estado detém 43 mil empresas
Empresários privados detêm 2 milhões de empresas
"um país, dois sistemas"
China: um sucesso frágil
-
Os
despedimentos massivos
das empresas públicas (5%, mas estima-se que possa vir a ser o triplo);

-
A criação de 8 a 9 milhões de empregos por ano, quando seriam necessários
mais do dobro
;

-
A maioria dos chineses vivem ainda da
agricultura
e numa situação de
grande pobreza
;

-
Desde 1978,
580 mil chineses
foram estudar para o
estrangeiro
e muito poucos regressaram;

-
A
riqueza
e o
dinamismo
estão concentrados no
litoral.
O papel geoestratégico da Rússia
O papel geoestratégico da Rússia
Rússia
População
: 143,5 milhões

Área territorial
: 17 075 400 Km² (maior país do mundo)

Fronteira terrestre:
14 países
República Popular da China
População
: 1,357 biliões (país mais populoso do mundo)

Área territorial:
9 596 961 km²

Fronteira terrestre:
14 países

A partir do final da Guerra Fria, as repúblicas da antiga URSS foram tornando-se independentes e com as mudanças políticas e económicas operadas na Europa de Leste, a Rússia assistiu à
perda progressiva de influência regional
.

Os problemas entre a Rússia e as antigas 15 repúblicas soviéticas são numerosos.
A fragilidade da sua economia contrasta com a
dimensão geográfica do território
e com a
riqueza em recursos naturais
(recursos energéticos e armamento nuclear).

Com a
exclusão da Rússia do G8
(atual G7), tudo indica que, apesar de todas as fragilidades anteriormente apresentadas, a
Rússia quererá fazer frente à Tríade e assumir a posição de polo principal do sistema-mundo.
A Tríade do poder económico
Os EUA, a União Europeia e o Japão
são os atuais centros de poder e de decisão, exercendo o seu domínio sobre o sistema-mundo.

São os três principais focos de desenvolvimento mundial, pois concentram uma parte considerável das
actividades, das riquezas, dos fluxos de informação, das tecnologias, das trocas comerciais e dos poderes de decisão no mundo.
Estados Unidos da América
- Representa 1/4 do PIB mundial;

- Possui o melhor armamento militar;

- Papel do dólar como meio de pagamento internacional;

- Controlo de um vasto sistema de comunicações.
Japão
- Grande poder financeiro (fruto das elevadas taxas de poupança da população);

- Grande capacidade produtiva em setores industriais ligados à eletrónica, produção automóvel e à alta tecnologia.

- Importa mercadorias (principalmente minérios) para depois transformar e exportar.
União Europeia
- Aprofundamento da sua integração económica (EURO e consecutivos alargamentos);

- Maior mercado mundial;

- Grande rede de trocas internas e externas (desde agricultura até tecnologia de ponta).
Full transcript