Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Fundamentos do Turismo e Hospitalidade

No description
by

Cynthia Medeiros

on 1 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fundamentos do Turismo e Hospitalidade

Fundamentos do Turismo e Hospitalidade
Instrutora: Cynthia Medeiros
O que é Turismo?
"Fazer uma viagem ou excursão a locais que despertam interesse, por simples prazer"
História Turismo x Hospitalidade
Primeiros registros de deslocamentos são da Civilização Antiga datados de 776 a.C- Jogos Olímpicos marcam a origem do Turismo. (Aconteciam na Grécia de 4 em 4 anos, com caráter religioso);

Ainda nos Jogos Olímpicos "nasceu" a Hospitalidade- Todos os moradores acreditavam que Zeus visitava a cidade disfarçado de participante dos jogos, e por isso todos tratavam os visitantes muito bem, tal como deuses.

IDADE MÉDIA: foi de pouca expressão para o Turismo de Lazer em conseqüência da falta de segurança das estradas.Foi marcada por uma série de eventos religiosos (concílios e representações teatrais) e comerciais (feiras comerciais), que causaram o deslocamento de um grande número de pessoas, como membros do clero, mercadores etc.

O declínio da Idade Média trouxe de volta o espírito investigativo e muitas viagens foram implementadas por artistas, artesãos músicos e poetas para mostrarem seus trabalhos. Os jovens da nobreza, com o intuito de complementarem seus conhecimentos e adquirirem experiência profissional, começam a viajar dando origem as viagens conhecidas como Grand Tour.
Em 1841, acontece o Congresso Anti Alcoólico nas cidades de Leicester e Loughborough. O inglês Thomas Cook, também conhecido como o pai das viagens organizadas, levou 570 pessoas para participarem do congresso. (O pioneirismo de Thomas Cook abriu o caminho para o turismo como atividade econômica para um mercado de massas e organizada em pacotes);

No século XX, com o surgimento do automóvel e do avião, as viagens tornaram-se mais rápidas, seguras e confortáveis, impulsionando o desenvolvimento do turismo.

BRASIL: antes da chegada da Família Real(1808- séc XIX) ao Brasil, eram realizadas algumas feiras com características semelhantes às da Idade Média.

A partir da chegada da família Real os primeiros equipamentos turísticos começaram a ser construídos : As mudanças ocorridas após a chegada da família real incluíram, entre outras benfeitorias no Rio de Janeiro, desde a abertura do do Jardim Botânico e do Museu Real (1908), passando pela criação em 1810, da Real Biblioteca Nacional no Rio (CF Trigo, 2000:56), do Museu Nacional (1818), do Arquivo Nacional (1824) até a criação do Observatório Astronômico do Rio em 1827. E em 1829 foi inaugurada a primeira exposição de Belas Artes (Trigo 2000: 56).

No início do período republicano, o túnel Velho de Botafogo a Copacabana deu acesso às práias de mar aberto da zona sul. Foi criada ainda (1897) a Academia Brasileira de Letras e em 1912 o bondinho do Pão de Açúcar começou a operar (CF Trigo, 2000:58) O Rio emergia como destino, dentro da busca de paisagens bonitas que norteara as viagens do século XIX no Primeiro Mundo.
Hoje o Turismo é uma das principais atividades desenvolvidas no mundo gerando um dos mais altos lucros para diversos países, e o Brasil ganha destaque nessa atividade. Como podemos observar no quadro abaixo:
Qual a importância do Turismo para a Economia?

De que maneira o Turismo contrinui para a localidade em que é uma das principais atividades?

O que é necessário para que a atividade turística aconteça?

Infraestrutura:
É tudo que é necessário para o desenvolver da atividade. Ex: água encanada, segurança, eletricidade, sistema de transportes, serviços de saúde, comércio, telecomunicações e etc.
Também faz parte da infraestrutura, desta vez mais especifica são os hotéis, pousadas, CITs/CATs, estabelecimentos de alimentação fora do lar: restaurantes, lanchonetes, bares.

Demanda:
É a quantidade de pessoas que irão ou estão consumindo o produto ou serviço, no caso que estão visitando o local ou irão visitar em breve.

Atrativo:
São locais, monumentos, manifestações culturais, eventos, museus, cachoeiras...
que são dividos das seguintes formas: Recursos Naturais e Recursos Artificiais.

Oferta Turística:
É representada pelo conjunto de recursos naturais, recursos artificiais e pelos serviços que um local oferece as pessoas, despertando nelas o desejo de visitá-lo.

Tipos de Turismo
De acordo com os interesses da demanda turística, o Turismo também sofre suas mudanças e é dividido de acordo com esses interesses, abaixo iremos observar algumas subdivisões da atividade:
E Hospitalidade, o que é?
Além do Bem Receber, esse conceito tem uma relação muito estreita com o relacionamento interpessoal, e alguns autores até defendem a ideia de que deve ser utilizada no dia-a-dia (nesse caso a Hospitalidade seria tratada como o bom relacionamento entre as pessoas).

Em suma, a hospitalidade, pode ser apresentada por diversas formas e por inúmeros fatores e com distintos conceitos e associações tais como:
Confortabilidade, Receptividade, Sociabilidade, Alimentação, Lazer entre outras.

Turismo Recreativo ou de Lazer;
Turismo Cultural;
Turismo de Saúde;
Turismo Religioso;
Turismo de Eventos;
Turismo Esportivo;
Turismo Ecológico;
Fatores determinantes e condicionantes do Turismo e Hospitalidade
Turismo Recreativo ou de Lazer:
Procurado por aqueles que desejam recuperar a capacidade fisica e mental, ou relaxar do cansaço e das tensões do trabalho.

Turismo Cultural:
Para quem se interessa em manter contato com outroslugares, outros povos, para conhecer sua cultura.

Turismo de Saúde:
Praticado por pessoas que desejam benefícios para a saúde.

Turismo Religioso:
Realizado a locais místicos ou, então, que envolvam a fé e os sentimentos de pessoas ligadas à religião.

Turismo de Eventos:
Praticado por pessoas interessadas em participar de seminários, encontros, congressos, feiras, exposições etc (desde que essa participação não seja remunerada).

Turismo Esportivo:
Praticado por pessoas pelo prazer por certas atividades esportivas.

Turismo Ecológico:
Realizado em áreas naturais preservadas e despoluídas, com o objetivo de estudar e admirar a paisagem, a fauna e a flora.
Turismo Receptivo;
Turismo Emissivo;
Turismo de Massa;
Turismo Doméstico;
Tipos de Meios de Hospedagem:

"O mercado procura conhecer os interesses dos viajantes e cria hospedagens apropriadas para cada tipo de turista..." P.22

Ex: Hostel/Albergue, Camping, pousadas e hotéis.

Tipos de Hotéis de Lazer:

Resorts (normalmente são all inclusive);

Time Sharing (Tempo compartilhado)- Consiste em comprar uma semana ou quantas quiser em um hotel, e para sempre essa semana será sua (você pode inclusive alugar).
Spas;
Terceira Idade;
Ecológicos;
Flats( residência e hotel);
Campings;
Navios (Cruzeiros);
Motéis;
Hospitais.
Sistema de Classificação Hoteleira:

Uma ferramenta de comunicação entre o setor hoteleiro e os turistas, com o objetivo de orientá-los em suas escolhas de maneira clara e objetiva, a classificação de meios de hospedagem é largamente utilizada por países líderes no turismo.

Divide os Hotéis em Estrelas (e esse sistema está tentando ser reemplantado novamente desde o ano de 2012 efetivamente, visando a Copa do Mundo).

Avalia seguindo os seguintes requisitos: Infraestrutura, Serviços e Sustentabilidade.
Organograma Hoteleiro:
Gerência de Hospedagem: Responsável pela recepção e a governança (housekeeping).

Recepção: Um dos mais importantes setores, é a primeira impressão que o hospede tem do Hotel.
Governança: Responsável pelos serviços de arrumação e limpeza, manutenção, lavanderia e serviços gerais.

Gerência de A&B: Coordena desde o café da manhã até as refeições servidas nos eventos do Hotel.
Gastronomia Brasileira

Sofreu diversas influências da cozinha portuguesa, indigena, africana, holandesa e dos povos imigrantes como os italianos. A cozinha brasileira varia bastante de região para região, daí podemos encontrar algumas cozinhas regionais, como: Cozinha amazônica, culinária nordestina, cozinha baiana, cozinha mineira, cozinhas carioca e paulista e a cozinha gaúcha.

Onde comer?
Assim como existem diferentes tipos de hotéis que atendem diferentes públicos, os estabelecimentos de alimentação fora do lar também se dividem para atender diferentes públicos, vamos as classificações:
Restaurante, Bares, Boates, Lanchonetes.
Alguém já teve vontade de abrir um negócio?

Já ouviram falar sobre o empreededorismo?

Sabem o que é?

Para criar um produto turístico com foco em um segmento, deve-se considerar:
• A vocação do destino: identificar os atrativos de maior potencial e as condições para criar atividades relacionadas com as características do segmento a ser trabalhado, que gerem uma identidade do destino;
• A imagem do destino: é necessário definir a identidade do destino e identificar como os turistas a percebem e qual o valor atribuído;
• O perfil do turista que se deseja atrair: qual o segmento de demanda que se deseja atrair para a localidade;
• As preferências da demanda: quais as necessidades e expectativas destes turistas sobre o destino.
Full transcript