Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Sistemas de arquivos

Guilherme Victor Martins Andrade - André L. V. Monteiro
by

Guilherme Andrade

on 11 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistemas de arquivos

FAT16
"Tabela de alocação de arquivos", que é um mapa de utilização do disco, fazendo que o S.O. saiba onde um determinado arquivo está.
Normalmente é reconhecido por todos os S.O.s e uma caracteristica sua é o de nomear arquivos só com 8 caracteres. Um problema é que ele não reconhece mais de 2gb por ser de 16bits.
EXT3
"Terceiro sistema de arquivos extendidos", é um sistema desenvolvido para o Linux, onde acrescenta recursos ao EXT2 com o " journaling", que é um recurso de registro para recuperar dados em caso de erro.Existem 3 tipos:

ReiserFS
"Reiser sistema de arquivos", criado em 2001 por Hans Reiser, e desde então vem sendo muito usado pelo Linux. A boa aceitação dele é por ser seguro,rápido e confíavel. Ele usa o journaling, suporta arquivos com mais de 2GB, e é organizado em formma de árvore, chamado B+Trees, onde são organizados por divisões, ligados de raiz a folha por nós.
FAT32
Esse já suporta 2TB,arquivos de 4GB e nome de 8 caracteres para de 256. Tem a desvantagem de ser não compátivel com S.O,s antigos.
NTFS
"Nova tecnologia de sistemas de arquivos", surgiu com o windowns NT e uma de suas vantagens é a recuperação . Em casos de falha ou desligamento repentino, ele consegue recuperar dados. Isso acontece porque o S.O. consulta um arquivo que registra todas operações efetuadas.
Pode ter nome com 32 caracteres, mais seguro que o FAT, maior desempenho e recuperação de erros.
Sistemas de arquivos
Journal= Os métodos de arquivo são escritos no journal antes do sistema.
Isso aumenta a confiabilidade mas perde em desempenho.
Writeback = os metadados são escritos no journal mas não o conteúdo, isso melhora o desempenho mas corre o risco de escrita fora de ordem.
Ordered = como o writeback, mas força que a escrita do conteúdo seja feita após a marcação de seus metadados no journal. Esse é considerado um meio-termo aceitavel entre desenpenho e confiança.
Full transcript