Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

HÁBITOS ALIMENTARES

No description
by

Carla Tavares Sarmento

on 7 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of HÁBITOS ALIMENTARES

HÁBITOS ALIMENTARES
HÁBITOS ALIMENTARES
Respeito aos hábitos regionais
O acúmulo de evidências que associam a dieta ao estado de saúde dos indivíduos levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a estabelecer limites para o consumo de nutrientes

Gordura saturada = 10% VET
Colesterol = 300 mg/dia
Sal = 5 g/dia
Açúcar = 10% VET
Frutas/legumes/verdura = 400g/dia
China
Mediterrâneo
Guatemala
Inglaterra
Austrália
Canadá
Japão
Na cultura alimentar brasileira, a alimentação é mais voltada para o prazer de comer do que para o valor nutritivo do alimento (LEONARDO, 2006).

O fenômeno da globalização e industrialização atua como fator determinante na modificação dos hábitos alimentares, gerando transformações no estilo de vida de, praticamente, toda a população mundial (PINHEIRO, 2003).
Nas últimas décadas, a rápida urbanização da população brasileira e a sua concentração nas grandes metrópoles vêm revolucionando a alimentação do brasileiro (OLIVEIRA, 1996).

Um dos piores hábitos dos brasileiros é fazer as refeições diante da televisão. A pesquisa encomendada pela S. B. C. B. M. mostra que assim comem 43% das pessoas.

Estudos realizados nos últimos 30 anos, como as Pesquisas de Orçamento Familiar (POF), demonstram que cresceu o consumo de comidas industrializadas ricas em gordura, sal e açúcar, ao mesmo tempo em que houve redução no consumo de raízes, legumes, verduras, tubérculos e frutas.
Últimas décadas - modificação no perfil da população brasileira com relação aos hábitos alimentares e de vida
A mudança nas quantidades de alimentos ingeridos e na própria composição da dieta provoca alterações significativas do peso corporal e distribuição da gordura, com aumento progressivo da prevalência de sobrepeso e obesidade + pouca atividade física (Jardim et al. 2007)


Mudança nos planos Alimentares
indica exposição cada vez mais intensa a risco cardiovasculares

Modo de comer de uma pessoa ou comunidade
Influência
Full transcript