Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sistema Reprodutor Masculino

Anatomia e fisiologia do sistema reprodutor masculino
by

Rogério Fadul

on 27 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistema Reprodutor Masculino

Equipe de Biologia




(Imagens: www.afh.bio.br) SISTEMA
REPRODUTOR MASCULINO Disfunção Erétil (Impotência):
“Isso nunca aconteceu comigo antes…” SISTEMA REPRODUTOR MASCULINO Com o desenvolvimento dos caracteres sexuais, os órgãos sexuais sofrem uma maturação que torna possível a reprodução. Como atua o Sistema Reprodutor Masculino? HORMÔNIOS MASCULINOS No pênis em repouso a quantidade de sangue que entra e sai é a mesma.
Ereção: inundação dos corpos cavernosos e esponjoso com sangue, tornando o pênis rijo, com considerável aumento do tamanho  excitação sexual e durante o sono  é comum ereções noturnas durante o sono REM (sonhos)  fundamentais para preservar os corpos cavernosos e o mecanismo da ereção oxigenação do pênis. Pênis - Ereção Frênulo do prepúcio: Fimose: quando a glande não consegue ser exposta devido ao estreitamento do prepúcio.
Circuncisão ou postectomia: procedimento cirúrgico para a correção da fimose. Pênis Pênis Sêmen = espermatozóides
+ líquido da próstata
+ líquido das vesículas seminais É a ejaculação (emissão ou descarga do sêmen ou esperma) durante o sono  freqüentemente relacionada com um sonho erótico  mais comum da puberdade até os 20 anos. Pênis - Polução Noturna Orgasmo e Ejaculação ATO SEXUAL Ereção e lubrificação ATO SEXUAL Tubos seminíferos:

Tubo longo enrolado que se situa nos testículos. A parede destes tubos origina, a partir das espermatogônias, os espermatozóides que são libertados no lúmen do tubo. As espermatogônias têm uma elevada capacidade de multiplicação e são as células base da linha germinal.
Células de Leydig: São responsáveis pela produção de testosterona.
Células de Sertoli: São responsáveis pela produção de proteínas para a formação de espermatozóides. Epidídimo:

Parte tubular do aparelho sexual masculino situado entre os cones eferentes que se localizam a seguir aos tubos seminíferos dos testículos e o canal deferente. É, nos seres humanos, um tubo com cerca de seis centímetros de comprimento, enrolado sobre si próprio. O Epidídimo é um canal coletor de todos os produtos provenientes do testículo, a que se alia a sua própria secreção produzida pelas células secretoras superficiais. Canais deferentes:

cada um dos dois canais que conduzem espermatozóides dos testículos para o exterior, situados um de cada lado do testículo. Transportam os espermatozóides do Epidídimo para a uretra. Estrutura dos testículos A Produção de Testosterona ao longo da vida Do gr. Andros, “masculino”; genesis, “origem”, “geração” Androgênico Criador de tecidos- Síntese de proteínas. Anabolizante É sintetizado a partir do colesterol Têm quatro anéis de átomo de carbono Esteróide Esteróide Anabolizante e Androgênico Testosterona Pênis: Órgão sexual que permite a expulsão da urina ou o esperma (nunca os dois ao mesmo tempo). E está coberto por uma membrana o –prepúcio. Órgãos Genitais externos Epidídimos: Armazenam e amadurecem os espermatozóides. Canais deferentes: Conduzem os espermatozóides e recebem o líquido seminal. Uretra: Conduz a urina e o esperma para o exterior. Próstata: Produz secreções que ajudam o movimento dos espermatozóides. Glândulas anexas Gônadas Vias Genitais Sistema Reprodutor Masculino Vesícula seminal: produz secreções energéticas (frutose) que “ativam” os espermatozóides Testículos: Produzem espermatozóides e hormônios (testosterona) Glândulas de Cowper: produzem secreções transparentes que são lançadas na uretra para limpá-la preparar a passagem do esperma e lubrifica o pênis
Full transcript