Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Passado

Recuperando o passado intelectual do Brasil
by

Diogo Costa

on 3 May 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Passado

"The melting pot cannot melt" "liberdade dos povos e a conservação sagrada da sua propriedade." “um governo o mais livre possível” "A República não poderia funcionar como governo livre, e que, desde o dia em que ela fosse proclamada, desapareceria a confiança, que levamos tantos anos a adquirir sob a monarquia, de que a nossa liberdade dentro da lei era intangível". “Os governos, como os vegetais, devem ser classificados pelos órgãos da frutificação, frutificação em liberdade, em direito, em honestidade, em progresso”. "Os brasileiros querem ter liberdade, mas liberdade individual, e não a que tinham as Repúblicas antigas que era só a pública ou política." "Sem liberdade individual não pode haver civilização nem sólida riqueza, não pode haver moralidade e justiça." "Favor e opressão significam o mesmo em matéria de indústria: o que é indispensável é guardar-se o mais religioso respeito à propriedade e liberdade do cidadão brasileiro. As Artes, o Comércio e a Agricultura não pedem ao Governo, senão, o que Diógenes pedia a Alexandre — retira-te do meu Sol — eles dizem em voz alta — não temos necessidade de favor: o de que precisamos, é de liberdade e segurança". "Nem é preciso que a Lei indique a produção mais lucrativa: nada de direção do Governo. O interesse particular é muito ativo e inteligente; ele dirige os capitais para os empregos mais lucrativos: a suposição contrária assenta nessa falsa opinião, de que só o Governo entende bem o que é útil ao cidadão e ao Estado. O Governo é sempre mais ignorante que a massa geral da Nação, e nunca se ingeriu na direção da indústria, que a não aniquilasse, ou pelo menos, a acabrunhasse: a história o atesta". "Não são aos mais poderosos monarcas nem aos príncipes mais ricos, nem aos governadores particulares das nações, que a maior parte dos Estados deve o seu esplendor. A sua força e glória são simples particulares que fizeram admiráveis progressos nas artes, ciências, e ainda na arte de governar. Quem mediu a terra? Quem descobriu o sistema dos céus? Quem pôs em ação essas curiosas manufaturas que vestem as nações? Quem escrutou as profundidades da química, da anatomia da botânica? Quem escreveu a história natural? Mais esta vez foram simples particulares. Eles devem aos olhos do sábio eclipsar esses pretendidos grandes anões orgulhosos que só se nutrem com a própria vaidade. Com efeito não são estes reis, estes ministros, estas pessoas de autoridade, quem são os verdadeiros mestres ou amos do mundo". “Essa casta de gente que só sabe viver do dinheiro do estado, e indústria nenhuma própria lhes parece modo de viver honrado. Este vício político é prova de que não há no estado verdade alguma, ou princípio de vida”. "As instituições livres só podem ser mantidas por cidadãos cada um dos quais esteja pronto a opor-se a qualquer ato ilegítimo, a qualquer assunção de supremacia, a qualquer excesso oficial do poder, por mais trivial que pareça. Como diz Hamlet 'há muito que brigar por causa de uma palha', quando a palha envolve um princípio". “that all men are created equal; that they are endowed by their Creator with certain unalienable Rights, that among these are Life, Liberty and the Pursuit of Happiness.” "The melting pot cannot melt". O Passado Oficial Os Novos Fidalgos O Passado Intelectual Liberalismo no Brasil do século XIX Evolução das Ideias Políticas e Sociais "Eduquem os seus filhos, eduquem-se a si mesmos, no amor da liberdade alheia, único meio de não ser a sua própria liberdade uma doação gratuita do Destino, e de adquirirem a consciência do que ela vale, e coragem para defendê-la".
-Joaquim Nabuco
Full transcript