Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

CIDADE COLONIAL BRASILEIRA

No description
by

Tamires Santos

on 26 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CIDADE COLONIAL BRASILEIRA

HISTÓRIA
CARACTERÍSTICAS
Sobrados e casas térreas;

Cobertura em duas águas feitas de telhas de barro, moldadas nas coxas dos escravos;

Esquadrias são simples e sempre simétricas;

A produção arquitetônica era realizada pela mão-de-obra escrava;
ARQUITETURA
URBANISMO
A cidade colonial brasileira foi iniciada pela Coroa Portuguesa, principalmente os Jesuítas.

A presença das ordens religiosas com a missão de catequizar os habitantes também contribuiram para a formação das cidades coloniais.

A exploração das terras em manifestações como a busca pelo ouro e pedras preciosas e o Ciclo do Açúcar.





CIDADES
CIDADE
COLONIAL
BRASILEIRA

COMPONENTES
PATOLOGIAS
INTRODUÇÃO
A cidade colonial brasileira tinha sua construção urbana baseada no trabalho escravo e com níveis tecnológicos precários.


Essas cidades tinham influencias de sua colonizadora, que era a Coroa Portuguesa.
Traçado urbano orgânico-funcional;
Ruas, caminhos, definidos pelas próprias edificações;
Vias tortuosas e quase nunca com calçamento;
Cidades construídas em locais altos e de difícil acesso;
Terrenos de pouca frente e muito fundo.
Projetos urbanísticos das cidades coloniais brasileiras existiram a partir da fundação da primeira cidade: Salvador
Estrutura urbana rudimentar;
No final do século 18, havia padrões de projetos urbanísticos no Brasil, melhores do que os implantados hoje em muitas cidades brasileiras.
O principal objetivo do urbanismo, nessa fase, era a organização do sistema defensivo.
Andressa Souza
Ester Libardi
Jardany Santana
Jéssica Leite
Júlia Paneto
Tamires Santos
As casas construídas eram bastantes frágeis

Vilas eram um espaço propício para o desenvolvimento de epidemias

Os excrementos eram lançados das janelas das casas

Abastecimento de mantimentos para a cidade
Salvador, fundada por Tomé de Sousa, em 1549

São Sebastião do Rio de Janeiro, fundada por Estácio de Sá, em 1565

Filipéia de Nossa Senhora das Neves, Paraíba, fundada em 1585

São Luís do Maranhão, fundada em 1612, pelos franceses,

Olinda, fundada em 1535 por Duarte Coellho Pereira

Recife, Pernambuco, fundada em 1537

São Vicente, fundada em 1532 por Martim Afonso de Souza

Vila de São José dos Mortes, hoje Tiradentes, foi fundada em 1702

Vila Rica, hoje Ouro Preto, Minas Gerais, fundada em 1711
Utilizava-se o pau-a-pique, o adobe ou a taipa de pilão na maioria das edificações, já nas mais abastadas usava-se pedra e barro ou ainda pedra e cal.
TECNICAS CONSTRUTIVAS


Constituíam o centro de reunião da vida urbana, onde se realizavam as cerimônias cívicas e todas as festividades religiosas e recreativas. Nelas se localizavam os edifícios principais, que mais enobreciam a cidade.

PRAÇA COLONIAL
SALVADOR
SALVADOR
RECIFE
TIRADENTES
FILIPÉIA DA NOSSA
SENHORA DAS NEVES
OLINDA
Dividida, como ainda hoje, em “Cidade Alta” e “Cidade Baixa”.
CIDADE ALTA
Escolhida para a implantação da cidade, considerando as questões defensivas.

CIDADE BAIXA
Escolhida para a implantação do comércio, considerando a proximidade do mar mantém relação direta com Portugal.

OLINDA
SÃO SEBASTIÃO DO
RIO DE JANEIRO
SALVADOR
MARANHÃO
SÃO SEBASTIÃO DO
RIO DE JANEIRO
BIBLIOGRAFIA
PRAÇA JOÃO FRANCISCO LISBOA
PRAÇA BENEDITO LEITE
OURO PRETO
• Arquitetura colonial Brasileira. http://arqnobrasil.wordpress.com/arquitetura-colonial1/ Acesso em 11 de outubro de 2014
• Imagens de pitoresca confusão:a cidade colonial na América Portuguesa. http://www.usp.br/revistausp/57/04-amilcar.pdf Acesso em 11 de outubro de 2014
• Cidades coloniais brasileira e o barroco colonial. http://arquitetandoblog.wordpress.com/2009/04/28/cidades-coloniais-brasileiras-o-barroco/ Acesso em 11 de outubro de 2014
• Olinda. http://www.iphan.gov.br/baixaFcdAnexo.do?id=275 Acesso em 13 de outubro de 2014
• A cidade colonial e o paradigma da ordem por Maria Fernanda Derntl. http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/10.109/3852 Acesso em 13 de outubro de 2014
• ALMANAQUE ABRIL - Enciclopédia de atualidades, Brasil 2006. Editora abril, São Paulo.
• REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro da arquitetura no Brasil. 9ª Ed. Editora Perspectiva S. A.: Saõ Paulo. Pág. 21 à 32.
Full transcript