Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pesquisa Qualitativa - Pesquisa Avançada - Prof Eloíse.

No description
by

Gustavo Matarazzo

on 2 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pesquisa Qualitativa - Pesquisa Avançada - Prof Eloíse.

Pesquisa Qualitativa Resistências Trabalho socialmente significativo e socialmente responsável. Agenda mínima Interpretacionismo

Hermenêutica Filosófica

Construcionismo Social ? Escola de Chicago (1920-1930) -
preocupação em entender o outro. Quali X Quanti Pesquisa-ação - práxis - ação prática, reflexiva, pragmática - solução de problemas do mundo -Ciência como projeto moral colaborativo, comunicativo e comunitário, centralizado no contexto. Quali e Quanti Necessidade de clareza na apresentação dos pressupostos orientadores do paradigma quali que dá sustentação ao estudo;
Realização de estudo-piloto;
Explicitaçãode como se desenvolveu o trabalho de campo e o processo analítico;
Consistência entre dados coletados e resultados;
Fornecimento de dados ricos e abundantes; Realização de checagens pelos participantes da pesquisa;
Fornecimentode informações duficientes para que haja possibilidade de ocorrer generalização naturalística;
Organização de arquivos que preservem os dados. Bricoleur - Conteúdo de muitas disciplinas.
"pau para toda obra"
"profissional do faça você mesmo" Estudos de caso Experiência pessoal Introspecção História de vida Entrevista Artefatos Textos e produções culturais Textos observacionais, históricos e visuais Bricolage Opções Interpretativas Montagem - método de edição de imagens cinéticas - O Encouraçado de Potemkin (1925) Pentimento, montagem, jazz Pentimento - (arrependimento em italiano) - designa uma pintura, desenho, ou esboço que foi encoberto pela versão de um quadro. Jazz - mistura de várias tradições musicais Anna Deavere Smith - peça Fires in the Mirror (1993) -
Textos de performance baseados em entrevistas realizadas com pessoas envolvidas em um conflito racial em Corwn Heights, Brooklyn, agosto de 1991 Metodológico - diversas tarefas, da pesquisa a reflexão profunda Teórico - dentro de perspectivas e paradigmas concorrentes e sobrepostos, e entre eles Político - ciência significa poder, descobertas, implicações polítcias Narrativo - contam histórias sobre os mundos que estudam Interpretativo - bricolage complexa - colagem ou montagem reflexiva. Não possui teoria ou discurso próprio Não pertence a uma única disciplina PESQUISA QUALITATIVA INTERDISCIPLINAR MULTIDISCIPLINAR TRANSDISCIPLINA Foco Multiparadigmático Campo Político Múltiplas posturas éticas e políticas e n s ã o s Sensibilidade geral, interpretativa, pós experimental, pós-moderna, feminista e crítica Experiências humanas, definções positivista, pós-positivista, humanista e naturalista Estilos História Processo Jornalistas? Cientistas das soft science? Trabalho não-científico SUBJETIVO Versão disfarçada do marxismo ou do humanismo secular Ataque Ontológico Qualidades das entidades e sobre os processos e os significados que não são examinados ou medidos experimentalmente. Natureza socialmente construída da realidade Relação Pesquisador <-> Objeto Ato de medir e de analisar as relações causais entre variáveis, e não processos Postivismo e pós-positivismo Sensibilidades pós-modernas Forma de captar o pontos de vista
do indivíduo Limitações do cotidiano Riqueza das descrições Realidade fora Realidade sempre aproximada, nunca compreendida completamente Isolar as causas e os efeitos (...) operacionalizando as relações teóricas (...) [e] medindo e (....) quantificando os fenômenos (...) permitindo a generalização das descobertas. Utilizar outras estratégias, teorias dedutivas tradicionais estão fracassando. Conhecimento e práticas locais Contam histórias diferentes. Rejeição aspectos positivistas de análise da produção, pois representa um tipo de ciência. 1 Período Tradicional Influências positivistas
Etnógrafo Solitário
-Objetivismo
-Cumplicidade com Imperalismo
-Monumentalismo
-Intemporal

Escola de Chicago 2 Fase Modernista Realismo social; Naturalismo.

Etnometodologia; fenomenologia; teoria crítica; feminismo

Discussão sobre o papel do sociólogo e da miulher. 3 Gêneros (estilos) obscuros Grounded Theory; estudo de caso; métodos de pesquisa histórica; biográfica; etnog´rafica; clínica e de pesquisa-ação.

Entrevistas qualitativas; métodos observacionais; visuais; da experiência pessoal e documentários.

Pós-estruturalismo (Barthes); Neopositivismo (Philips); Neomarxismo (Althusser); Descritivismo micro-macro (Geertz); teorias rituais do drama e da cultua (V. Turner); Desconstrucionismo (Derrida); Etonometodologia (Garfinkel). 4 A crise da representação Obras (como Anthropology as cultural critique (Marcus e Fischer, 1986)) - ruptura.

Redação mais reflexivas, dúvida nas questões do gênero, da classe e da raça.

Epistemologias críticas, feministas e não-brancas.

Redação como um método de investigação que se desloca por meio de estágios sucessivos de auto-reflexão.

Crise de como representar a realização do trabalho. 5 Uma tripla crise Tripla crise: REPRESENTAÇÃO, LEGITIMAÇÃO e PRÁXIS

Reviravoltas crítica, interpretativa, linguística, feminista e retórica -> 2 suposições essenciais: 1) pesquisadores não podem mais captar diretamente a experiência vivida; 2) avaliação e interpretação da pesquisa qualitativa (validade; capacidade de generalização; confiabilidade).

Como os estudos qualitativos devem ser avaliados no momento contemporâneo, pós-estrutural?

Teorias como narrativas de campo.

Pesquisa para ação, participação, ativismo. Teorias mais locais, pequena escala. 6
7 Pós-experimental e futuro Etnografias ficcionais, poesia etnográfica, textos de multimídia.

Sociedade democrática livre.

Ciência social baseada na moral. 1 - Teoria, ontologia
2- Epistemologia
3- Metodologia, análise Fase 1: O pesquisador como sujeito multicultural Fase 2: Paradigmas e perspectivas teóricas Fase 3: Estratégias de pesquisa Fase 4: Métodos de coleta e de análise Fase 5: A arte, as práticas e a política da interpretação e da apresentação Tradições da história da pesquisa
Concepções do eu e do outro
Ética e política da pesquisa Positivismo, pós positivismo
Interpretativismo, construtivismo, hermenêutica
feminismo(s)
discursos racializados
teoria crítica e modelos marxistas modelos de estudos culturais
teoria queer Planejamento do estudo
estudo de caso
etnografia, observação participante, etnografia da performance Fenomenologia, etnometodologia
grounded theory
história de vida
método histórico entrevistas
observação
artefatos, documentos e registros
métodos visuais
auto-etnografia métodos de controles de dados
análise auxiliada por recursos computacionais
análise textual
grupos focais
etnografia aplicada critérios para julgar a adequação
práticas e políticas da interpretação
redação como interpretação
análise de políticas
tradições de avaliação
pesquisa aplicada Pós Pós e agora??? Ética comunitária, feminista, que requer relações colaborativas, de confiança, não opressivas entre os pesquisadores e aqueles que estão sendo estudados. Investigadores comprometidos em reconhecer a responsabilidade pessoal, o valor da expressividade e do cuidado individuais, a capacidade de empatia e de compartilhar a emotividade. (Christians) Métodos qualitativos são também objetivos; o emprego de dados quanti ou de procedimentos matemáticos não elimina o elemento intersubjetivo que representa a base da pesquisa social. A origem da etnografia // As mentalidades coloniais e a persistência do outro // A evolução da cultura e da sociedade: Comte e o método comparativo // A etnografia do séc XX: o comtismo e a Guerra-Fria // A etnografia do índio americano: um outro indígena // A etnografia do outro como cidadão: o gueto, área natural e a cidade pequena // A etnografia da assimilação: o outro continua sendo um outro // A etnografia agora: o desafio pós-moderno. Identificação Empática - a partir da ação compreender a consciência ou intenção subjetiva do ator a partir de dentro - compreender a inteção do ator. Sociologia Fenomenológica - compreender a constituição do mundo intersubjetivo cotidiano. A vida cotidiana é composta na conversação e na interação. Jogos de Linguagem - Análise das abordagens da linguagem. Cada um dos jogos possuem regrasou critéiros própriosque o revestem de significado a seus participantes. Aspectos Comuns:
Consideram a ação humana significativa;
Evidenciam um compromisso ético na forma de respeito e de fidelidade em relação à experiência de vida;
Enfatizam a contribuição da subjetividade humana em relação ao conhecimento sem sacrificar, desse modo, a objetividade do conhecimento. Compreensão é uma condição do ser humana, portanto não é guiada por procedimentos ou regras. As tradições e os preconceitos nos influenciam. A compreensão é participativa, conversacional, e dialógica. Compreensão é PRODUZIDA e não REPRODUZIDA. Visão não objetivista do significado. Não existe interpretação definitivamente correta. Compreender o que está envolvido no processo de compreensão. Perspectivismo - todas as alegações de conhecimento e a avaliação destas ocorrem dentro de um esquema conceitual através do qual o mundo é descrito e explicado. Não existe nenhuma verdade em relação à questão da interpretação. Qualitativo Quantitativo Suave
Flexível
Subjetivo
Político
Estudo de caso
Especulativo
Fundamentado Duro
Fixo
Objetivo
Livre de valores
Levantamento
Teste de Hipótese
Abstrato 3 Maneiras:
Usar uma pesquisa quali para explorar um tópico particular a fim de estabelecer um estudo quantitativo.
Usar uma pesquisa quali para olhar em profundidade uma questão chave utilizando uma amostra anterior.
Engajar em um estudo quali que usa dados quanti para localizar os resultados em um contexto mais amplo. Quatro Expressões 1) Naturalismo - Atores e Significados - Observação e entrevistas

2) Etnometodologia - Métodos dos membros para montagem dos fenômneos - Audio/Vídeo.

3) Emocionalismo - Subjetividade e Emoção - Entrevistas e Histórias de vida.

4) Pós-Modernismo - Representação e pastiche - Vale-tudo Como determinar a qualidade um projeto de pesquisa qualitativa Democratização da qualidade Diferenças
Full transcript