Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Trabalho de Paisagismo

No description
by

Camila Larionoff

on 29 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Trabalho de Paisagismo

FONTE: www.vivaterra.org.brarvores_nativas.htm#guapuruvu
de Anhanguera
ESTUDO DE CASO
ACADÊMICAS:
Praça Colinas
Projeto de Paisagismo
Camila Fonini Larionoff
Greyce Karina Belleboni
Proposta
Toda a área foi proposta a partir de um estudo preliminar apresentado, com base no levantamento de dados e questionários feitos aos moradores da localidade.
Os requisitos eram:
Elemento de ligação física e social
Fonte: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Docente: Juliana Ramme
Mariane Carla Sasso
Partido
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Vista geral da praça
Localização
Santana do Parnaiba
São Paulo
Anhamguera
Praça Colinas
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Playgound
FONTE: Google imagens
Pista de Skate
FONTE: Google Imagens
Quadra Poliesportiva
FONTE: Google imagens
Palco para shows e feiras
FONTE: Google imagens
Bancos - leitura e descanso
FONTE: Google imagens
Pista de caminhada
FONTE: Google imagens
Academia ao ar livre
FONTE: Google imagens
Ciclovia
FONTE: Google imagens
FONTE: Google Imagens
Mesa para jogos
Espaço para manifestações
FONTE: Google imagens
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Acessibilidade
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Iluminação
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Equipamentos
O objetivo é que os equipamentos custem o mínimo possível, através de uma fácil execução e minimizadora de manutenção. Para isto, alguns elementos são moldados in loco e os elementos em madeira deverão ter a mesma certificada e ser obrigatoriamente antifungo. Os elementos em aço também deverão ter o mesmo do tipo inoxidável.
Projeto de Plantio
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Em resumo, pode-se dizer que toda a intenção do plantio foi conformada com as mais diversas espécies para que a vegetação pudesse proporcionar ao público uma floração diversificada e com alternância durante todo o ano.
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Sustentabilidade
FONTE: http://www.archdaily.com.br/br/01-26700/1-lugar-concurso-de-projetos-praca-colinas-de-anhanguera-hus
Manutenção
Um estudo sobre o estado de manutenção das praças paulistanas, realizado pela SINAENCO, nos mostra hoje uma grande problemática quanto a esta questão, uma vez que ao que indica os resultados do estudo, a maioria das praças paulistanas, não tem nenhum projeto de manutenção ou recuperação. Cerca de 4% das praças de São Paulo foram estudadas, e o maior problema encontrado nelas foi a questão de lixeiras, cerca de 73% das praças estudadas apresentaram algum tipo de problema quanto a este quesito, seguido por problemas com playgrounds que se encontram em cerca de 71% das praças podemos citar também os mobiliários, cerca de 48% das praças encontram-se com problemas de mobiliários, estão quebrados e sem nenhuma condição de uso. Outras questões como, limpeza, construções e instalações e acessibilidade estão em uma media de 35% das praças paulistanas, por último podemos ressaltar as questões de áreas verdes que são problema de cerca de 22% e iluminação cerca de 18%.
Considerações finais
Composição. É a palavra que define este projeto. O uso diverso de técnicas fez com que este projeto fosse o ganhador do concurso.
É extremamente notável a preocupação do arquiteto com a sustentabilidade e a acessibilidade do local, questões que hoje são de extrema importância para a humanidade.
Podemos perceber que o arquiteto utilizou os materiais e elementos de forma que o local se tornasse belo esteticamente e muito funcional, atendendo aos requisitos da população local.
Ele soube aproveitar todo o terreno de intervenção com harmonia entre os diferentes espaços e setores que criou sem agredir o entorno, e deixando a praça permeável, o que nos mostra que se esse espaço realmente for executado como propôs o arquiteto no projeto, será um espaço muito utilizado pela população por atender a demanda do local, e por ser um projeto que foi realmente projetado pensando nos seus usuários.

FONTE: Google imagens
Ficha Técnica
Arquitetos: HUS Arquitetura, Urbanismo e Desenho da Paisagem
Ano: 2011
Área construída: 16.948,50m²
Endereço: Colinas do Anhanguera Santana de Parnaíba Brasil
Tipo de projeto: Urbanismo
Operação projetual: Intervenção
Status: Concurso
Características Especiais: Sustentável
Materialidade: Pedra
Estrutura: Concreto e coberturas leves
Localização: Colinas do Anhanguera, Santana de Parnaíba, Brasil
Implantação no terreno: Isolado

Autores: Arquitetos Gustavo Garrido, Marcelo Wendel, Marco Peixe D`Elia e Ricardo Marmorato.
Colaboradores: Arq. Anariá Ladeira, Arq. Ricardo Bozza (estruturas), estagiária Natalia Schneider.
Equipe
Fontes
O objetivo é que os equipamentos custem o mínimo possível, através de uma fácil execução e minimizadora de manutenção. Para isto, alguns elementos são moldados in loco e os elementos em madeira deverão ter a mesma certificada e ser obrigatoriamente antifungo. Os elementos em aço também deverão ter o mesmo do tipo inoxidável.
Fonte: Google earth.
Edição do grupo
Uso predominante comercial
Uso predominante misto
Uso predominante residencial
Vias
Área da praça
Fonte: Google earth.
Edição do grupo
Via aberta
Via fechada
Triplaris american, conhecida
como Pau-formiga
FONTE: www.natuurfotoalbum.eu
Calycophyllumspruceanum,
conhecida como Pau-mulato
FONTE: www.arvores.brasil.nom.br
Schizolobium parahyba, popular Guarapuvu
Chorisia speciosa,
conhecida como Paineira
FONTE: www.cuyamaca.net
Wodyetia bifurcata, a palmeira-rabo-de-raposa
FONTE: www.turbosquid.com
Tabebuia chrysotricha,
o Ipê amarelo
FONTE: www.belezadacaatinga.blogspot.com
Strelitzia reginae,
Ave-do-paraíso
FONTE: www.mgonline.com
Hemerocalis flava,
Lírio de São José
FONTE: www.davesgarden.com
Phormium tenax,
Fórmio verde
FONTE: www.obotanicoaprendiznaterradosespantos.blogspot.com
Iluminação
8 metros
FONTE: www.milinfohobby.com.br
Iluminação
4 metros
FONTE: www.bdebocejo.blogspot.com
Iluminação
holofotes
FONTE: www.clasf.com.br
Iluminação
ponto de luz
FONTE: www.ipontoquatro.com.br
Iluminação
arandela
FONTE: www.taguatinga-distritofederal.olx.com.br
FONTE: www.belezadacaatinga.blogspot.com
Celula fotovoltaica
FONTE: www.http://pedrapretareal.blogspot.com.br/2012/08/planejando-e-pensando-pedra-preta-poste.html
Piso semi-permeável
FONTE: www.al.sp.gov.br
Manutenção
Através desse estudo notamos a importância de um trabalho de manutenção e recuperação intensos nas praças de São Paulo. Algumas das coisas o SINAENCO propõe para a cidade de São Paulo, é que tenha mais recursos tanto financeiros quanto materiais e humanos que possam auxiliar nesse trabalho de manutenção desses espaços públicos e a facilitação de processo burocrático, para que empresas privadas possam “adotar” essas praças e se responsabilizar pelo trabalho de limpeza e manutenção das mesmas.
Segundo o que foi pesquisado e estudado, podemos perceber uma preocupação do arquiteto na hora da escolha dos materiais e vegetações a serem implantados na praça, para que esses sejam de baixa manutenção, porém mesmo assim, todos sabemos que por mais mínima que seja precisam de manutenção, acreditamos segundo alguns artigos lidos sobre manutenção de praças que, a manutenção da praça Colinas de Anhanguera será de responsabilidade da prefeitura da cidade, e também que a população colabore com esse trabalho, utilizando a praça de forma correta para que minimize ainda mais a necessidade de manutenção.
Full transcript