Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Desemprego em Portugal e na União Europeia

No description
by

Susana Louro

on 19 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Desemprego em Portugal e na União Europeia

Resumindo De 2000 a 2011, verifica-se um aumento significativo do desemprego.
A população com idade inferior a 25 anos, do sexo feminio e/ou com nível de escolaridade básico é a população que verifica uma maior taxa de desemprego. Taxa de Desemprego Total e por Grupo Etário Desemprego em Portugal e na União Europeia Em 2000, verifica-se uma taxa de desemprego de 3,9% subindo gradualmente até 2010 e descendo depois para 2,7%, em 2011. 
O grupo etário que apresenta maior taxa de desemprego ao longo dos anos é o grupo dos jovens com idade inferior a 25 anos, sendo que, em 2000, verifica-se um valor de 8,6% subindo drasticamente para 30,1%, em 2011. 
De seguida, o grupo etário entre os 25 e os 54 anos tem, também, aumentado, passando de 3,5%, em 2000, para 12%, em 2011. Dos 54 aos 64 anos, verifica-se um valor de 3,2%, em 2000, sendo acrescentado um valor de 7,6%, ou seja, passou a verificar-se um valor de 10,8%, em 2011. Taxa de Desemprego Total e por Sexo Podemos verificar que a taxa de desemprego por sexo entre 2000 e 2011 aumenta em ambos os sexos (feminino e masculino).
A taxa de desemprego do sexo masculino teve um aumento de 3,1%, em 2000, para 12,4% em 2011, tendo, assim, verificado um aumento de 9,3%.
No sexo feminino a taxa de desemprego aumenta de 4,9%, em 2000, para 13,1%, tendo-se assim verificado um aumento de 8,2%.
Podemos concluir, assim, que ambos os sexos tiveram um aumento significativo e muito idêntico. Possíveis Causas do Desemprego As possíveis causas do desemprego em Portugal e na União Europeia são essencialmente a crise económica, o que tem levado à falência das empresas e extinção dos postos de trabalho.
A insuficiente qualificação e formação profissional da população portuguesa, o elevado insucesso escolar, a saída do sistema educativo sem qualquer preparação ou qualificação profissional, o baixo nível de qualificação da população ativa, as mudanças tecnológicas (a informatização e a automação em que o trabalho do homem é substituído com máquinas) e a concorrência por parte de países com mão-de-obra mais barata são, também, possíveis causas do desemprego. Taxa de Desemprego Total e por Nível de Escolaridade Completo Ao analisarmos o gráfico verificamos que, apesar de haver população com qualificações, não significa que o desemprego não as afete.
Podemos verificar, que o desemprego afeta mais a população que apenas concluiu o básico, o secundário e a que não tem qualquer nível de escolaridade.
Podemos concluir, assim, que, em 2011, a população com o nível de escolaridade básico é a população com maior taxa de desemprego. Medidas para Combater o Desemprego
em Portugal Taxa de desemprego em Portugal e na União Europeia em 2010 e 2011 Podemos verificar que Portugal em 2010, apresentava uma taxa de desemprego de 10,8%, subindo para 12,7% em 2011.
Em 2010, os países com maior taxa de desemprego são a Espanha, a Letónia e a Lituânia. E em 2011 são a Espanha, a Grécia e a Letónia.
Os países com menor taxa de desemprego em 2010 e 2011 são a Áustria, o Luxemburgo e os Países Baixos.
Portugal aparenta ter uma taxa de desemprego média em relação aos restantes países da União Europeia, sendo que o valor mais alto, em 2010, é de 20,1% (Espanha) e, em 2011, é de 21,6% (Espanha), em 2010, o valor mais baixo é de 4,4% (Áustria e Luxemburgo) e, em 2011, 4,1% (Áustria).
Full transcript