Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Introdução ao Java

No description
by

Karla de Souza

on 22 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Introdução ao Java

Vamos aprender Java! Das Torradeiras à Internet Em 1991, a Sun Microsystems cria o Green Project: Acreditava-se na convergência dos computadores com os equipamentos e eletrodomésticos Linguagens convencionais eram muito dependentes da plataforma:

Criar uma linguagem independente de plataforma, ou melhor, de eletrodoméstico Em 1992, o protótipo da idéia inicial:
O *7 (leia-se “StarSeven”), um controle remoto com uma interface gráfica ‘touchscreen’. James Gosling especificou uma nova linguagem de programação para o *7. O projeto passou por dificuldades por causa da falta de mercado:

O mercado de produtos eletrônicos não estava crescendo como esperado. Mas com a popularidade da Internet em 1993, a Sun viu o grande potencial que o Java tinha para criar páginas mais dinâmicas.

A Sun anunciou formalmente o Java em 1995. Características da Linguagem Java Linguagem de Alto Nível Portabilidade Carro-chefe da linguagem
Compilador Java não gera instruções específicas a uma plataforma, mas sim um programa em um código intermediário, denominado bytecode Ferramentas Para desenvolvimento Java A Sun, ao lançar a linguagem Java, pôs à disposição gratuitamente o pacote JDK - Java Developer's Kit, que inclui, entre outros:

Javac - o compilador de arquivos .java para bytecodes .class;

Java - a JVM específica para a plataforma; Também diversos IDEs (Integrated Development Environments): Eclipse, NetBeans, Jedit, OptimalJ, ...
O bytecode é um programa em linguagem de máquina destinado a um processador virtual que não existe fisicamente, a JVM Orientada a Objetos Sintaxe extremamente semelhante ao C++ Independente de arquitetura, robusta, segura, extensível, bem estruturada, distribuída, multithreaded e com garbage collection. Estrutura Básica de um Programa em Java public class <Nome>
{
public static void main(String args[])
{

<Comandos em Java>;

}

} Nome da classe principal é o nome do programa e deve ser o nome do arquivo. Todo programa Java deve conter pelo menos uma classe. Abre o programa Fecha o programa Main é um procedimento da classe principal, e onde se inicia o programa. É chamado automaticamente pela JVM. Chaves abrem... ... e fecham todos os blocos de comandos. Primeiro Programa em Java public class Primeiro
{
public static void main(String args[])
{
System.out.println(“Eu gosto de Java.");
}
} Método que escreve na tela Argumento do método: Cadeia de caracteres (string) a ser impressa na tela. Finaliza todas as instruções. O Que acontece
ao Compilar? É criado um arquivo com mesmo nome do arquivo original

Mas com sufixo .class no lugar de .java, o bytecode. E ao Executar? O interpretador Java (JVM) é chamado


Este interpreta o bytecode .class


A interpretação é feita para a plataforma usada. Tipos Básicos de Dados Para armazenamento de dados é necessário reservar espaço para estes na memória e determinar o nome para esse espaço. A quantidade de espaço reservado depende do tipo de dado a ser armazenado. Em Java os tipos básicos são: boolean, char, byte, short, int, long, float, double Tipos de dados também podem ser criados. Um personagem animado desse projeto, Duke, tornou-se um dos símbolos de Java Variáveis Uma variável é uma posição nomeada de memória, que é usada para guardar um valor que pode ser modificado pelo programa. Assim como visto em algoritmos, todas as variáveis devem ser declaradas antes de serem utilizadas e a forma geral de uma declaração é:

tipo lista_de_variáveis; Por exemplo:
int i, j, k;
float x, y, z;
char ch; Comentários Os comentários em Java são os mesmos vistos em pseudo-código "//" ou as delimitações "/*" e "*/" para comentários de muitas linhas: Podem ser colocados em qualquer parte do programa:

/* Um comentário
de mais linhas. */


// Um comentário de uma linha. Exercício 1 1 - Implemente e compile um programa em Java que apresente uma mensagem na tela, como por exemplo: "Alô Mundo!“

Abra o Notepad++ e escreva o programa

Salve o arquivo com extensão .java

Compile usando o comando javac <Nome do programa>.java

Nome do arquivo deve ser exatamente igual ao nome da classe principal.

Execute usando java <Nome do programa> Ao Compilar Se o compilador emitir mensagens de erro, será preciso identificar as linhas que estão incorretas, corrigí-las no editor, e chamar o compilador novamente.

As linhas que contém algum tipo de incorreção são listadas pelo compilador juntamente com seu número, facilitando sua localização.

É importante lembrar que os erros podem não estar nas linhas designadas, mas nas anteriores. // Exemplo de programa com variável.
/* Programa que imprime idade */

public class Idade
{
public static void main(String args[])
{
// Declaração de variáveis.
int idade;

// Atribui valor à variável.
idade = 33;

System.out.println(“Minha idade eh : ” + idade);
}
} Em Java, as declarações acontecem dentro do método. Não usaremos a palavra ‘VAR’ em Java, mas é recomendável que usemos comentários para abrir o bloco de declarações. Atribuição em java é feita pelo sinal ‘=‘ Em java o sinal ‘+’ é usado para concatenar strings (cadeias de caracteres).
A variável inteira será convertida em string (literal). System.out é conhecido como objeto de saída padrão. Os métodos System.out.print() e System.out.println() permitem escrever no vídeo, com a diferença de que a segunda coloca o prompt na próxima linha. Entrada de Dados A leitura de dados, a partir de um programa em Java, pode ser feita de várias maneiras. Para criar um scanner:

a) no início do arquivo, antes da declaração da classe, incluir a declaração
- import java.util.Scanner;

b) no início do programa, logo após a declaração de variáveis, incluir
- Scanner s = new Scanner(System.in);

c) nos pontos onde for necessário obter entradas, utilizar um dos seguintes métodos (formas)
s.nextInt(); // Leitura de um número inteiro.
s.nextDouble(); // Leitura de um número real.
s.nextLine(); // Leitura de uma linha de caracteres. Uma das formas de fazer entrada via console é criar um "scanner" - objeto que obtém e processa a entrada de texto, permitindo obter valores a partir dela. // Exemplo de programa com entrada de dados.

import java.util.Scanner;

public class Idade2
{
public static void main(String args[])
{

// Declaração de variáveis.
int idade;

// Declara e instancia um objeto do tipo Scanner.
Scanner entrada = new Scanner(System.in);

System.out.print(“Digite sua idade: ");
idade = entrada.nextInt();

System.out.print(“Sua idade eh: “+idade);
}
} Passos para desenvolvimento de um programa Java em linha de comando: 1. Abrir um editor e escrever seu código-fonte (Vamos usar o Notepad++)

2. Salvar o fonte como NomeDaClassePrincipal.java

3. Abrir o cmd no Windows (ou terminal no Linux)

4. Navegar até a pasta onde o fonte se encontra:
Exemplo: cd C:\alunos\Sergio

5. Executar o compilador Java:
javac NomeDoArquivoFonte.java

Obs: se o javac não executar, será necessário incluí-lo no caminho dos executáveis.
No Windows: painel de controle – Sistema – aba de opções avançadas – botão de “variáveis de ambiente” – mudar valor da variável PATH para incluir o caminho do executável (local onde ele foi instalado). Para saber qual o caminho, procurar pelo arquivo javac.exe

6. Executar o programa
java NomeDaClasse Exercícios
1 - Implemente os exemplos desta aula

2 – Apostila Java (veja site): Capítulo 3, seções 3.1, 3.2 e 3.3.

3 - O que poderia ser melhorado no exercício 1) da seção 3.3, segundo as boas técnicas de programação?

4 - Altere o exercício 1) da seção 3.3 para que o usuário entre com os valores dos gastos dos meses Janeiro, Fevereiro e Março. Gosling batizou-a de “Oak”, que quer dizer carvalho, uma árvore que ele observava de sua janela. Mas já existia uma linguagem com esse nome O nome Java foi então sugerido por acaso quando a equipe visitava a cafeteria Java era o nome da cidade de origem do café que eles tomavam E se esse café fosse Brasileiro? Origens do Java Linguagem Brasil? O consumidor era o centro do projeto:

Construir um ambiente de pequeno porte e integrar esse ambiente em uma nova geração de máquinas para "pessoas comuns" Origens do Java Origens do Java Origens do Java Origens do Java Indepedência de processador Lista 7
Full transcript