Loading presentation...
Prezi is an interactive zooming presentation

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Business Model Generation

No description
by

Gabriel Cassano

on 3 December 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Business Model Generation

Os 9 componentes :
INSIGHTS
Mudando a Perspectiva
Business
Model
Generation

BMG
INOVAÇÃO
COCRIAÇÃO

Finanças

Infraestrutura
Oferta
Clientes
Finanças
- Atividades-Chave
- Recursos Principais
- Parcerias Principais
- Proposta de valor
- Segmentos de clientes
- Canais
- Relacionamento com clientes

O Quadro
Infraestrutura
Oferta
Clientes
- Estruturas de custos
- Fluxos de receita

Resumo
Análise de Modelos de Negócios
Proposta de Valor
Adotar a perspectiva do cliente
é um principio básico para todo
o processo de design
de Modelos de negócios.
Canais
Em uma economia baseada no conhecimento, onde a proposição de valor ganha cada vez mais importância para a competitividade das organizações, torna-se fundamental a adoção de uma nova lógica no desenvolvimento de novos modelos de negócios visando à inovação.
Business Model Canvas
Depoimentos de profissionais que fizeram cursos do Business Model Generation :
EPROJ -
ESCRITÓRIO DE PROJETOS
DA 7ª REGIÃO FISCAL
Agora que está pronto, o que fazer com ele ?
- O exercício de montar o Canvas é importantíssimo, pois ajuda a clarificar muitas ideias na cabeça das pessoas envolvidas na construção,

- Ajuda também a identificar e eliminar tudo aquilo que não é tão importante e que acaba atrapalhando no posicionamento da empresa.
Construindo um plano de trabalho
SRRF/07
SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL
DA 7ª REGIÃO FISCAL
Fontes de consulta para a criação do curso :
Livro : Business Model Generation – Inovação em Modelos de Negócios
Escrito por : Alexander Osterwalder e Yves Pigneur
Site oficial do projeto do Business Model Generation no Brasil – BMGen Brasil – Inovação em Modelo de negócios.
www.bmgenbrasil.com/

Objetivo Geral do
Workshop :
Apresentar ferramentas que contribuam para a mudança do modelo mental e de forma colaborativa com outras pessoas, ajudar a encontrar o caminho da inovação.
Objetivos específicos
Apresentar a evolução do conceito de modelo de negócio, suas representações, características e o seu processo de desenvolvimento.
Identificar o processo de desenvolvimento de um modelo de negócios, suas aplicações e possibilidades.
Aplicar design thinking como forma de gerar novas ideias e consequentemente novos bens e serviços ou negócios.
Destacar a importância do serviço a ser realizado para o cliente em sintonia com a proposta de valor, gerando modelos de negócios inovadores.
Resultados esperados

Ao final do curso os participantes estarão aptos a desenhar e elaborar modelos de negócios visando à inovação em seus negócios atuais ou na implantação de novos modelos de negócios.
É uma ferramenta de gerenciamento estratégico, que permite desenvolver e esboçar modelos de negócio novos ou existentes. Proposto pelo suiço Alexander Osterwalder. É um mapa visual pré-formatado contendo nove blocos do modelo de negócios.
De acordo com o autor, modelo de negócio pode ser conceituado como a descrição da lógica de como uma organização cria, distribui e captura valor.
Alexander Osterwalder
Quadro do Modelo de Negócios
O 'Business Model Canvas' é um mapa dos principais itens que constituem uma empresa, pode ser também uma receita de estratégia, que deve estar sempre sendo revisado cada quadrante ao longo do tempo para saber se cada um está sendo bem atendido ou se é necessário fazer alteração em algum deles para se conseguir um melhor resultado. O mapa é um resumo dos pontos chave de um plano de negócio, mas não deixa de excluir um plano de negócio em si, é uma ferramenta menos formal que pode ser utilizada com mais frequência no dia a dia.
Segmentos de Clientes
-Define os diferentes grupos de pessoas ou organizações que uma empresa busca alcançar e servir.
-Sua empresa deve ter muito claro qual é o perfil de cliente ideal para dedicar energia – aquele que faz bom uso do que você vende, enxerga valor e paga o preço que vale.
-Vale dedicar um tempo para detalhar esse item, pois quanto melhor você conhecer seus segmentos de clientes, maiores suas chances de sucesso.
-Para segmentar mais ainda, é importante determinar também sua região de atuação.
-O segundo item, igualmente importante ao primeiro, é onde você determinará o que você ofertará para o segmento de cliente escolhido e quais os valores que devem ser percebidos.
-É neste item que deve ficar claro no que realmente sua empresa é boa, no que ela se diferencia no mercado.
-Dedique um bom tempo discutindo e amadurecendo este item para que sua oferta não seja commoditie e nem inadequada para seu segmento de cliente.
-O item “canais” é o que determina como a sua empresa entrega sua Oferta de Valor para seus Segmentos de Clientes.
-Existem vários e vários modelos de comercialização: vendas diretas, vendas indiretas, atacado, varejo, e-commerce, entre outras.
-O mais comum no ecossistema de TI é o que envolve fabricante > distribuidor > revendedor > cliente final.

Relacionamento com clientes
-É preciso estabelecer os pontos de relacionamento que você mantém com os clientes em todas as etapas do processo.
-Este item pode determinar se o cliente ficará insatisfeito com você a ponto de cancelar o serviço, ou feliz a ponto de indicar para outros.
Fontes de receita
- Ao entregar sua oferta de valor para seu segmento de cliente, você obtém em troca sua receita.

- As formas mais comuns de receita são as pontuais, de empresas que vendem produtos e projetos uma única vez.
Recursos principais
- O que é necessário em termos de recurso para sua empresa operar? Quais são os itens que compõem sua oferta de valor? Espaço físico, computadores, pessoas, matéria-prima, entre vários outros itens que podem ser citados.
Atividades-Chave
-Toda oferta de valor é composta por atividades.
- Se a empresa comercializa um produto, tem a pesquisa, desenvolvimento, produção, logística etc.
- Se comercializa serviços, existe a execução desses serviços. As atividades-chave da empresa fazem uso dos recursos-chave para compor a oferta de valor.
Parcerias principais
- Os parceiros-chave são as outras empresas que de alguma forma ajudam a sua empresa a compor sua oferta de valor.

- É cada vez mais comum ver ofertas de valor compostas por várias empresas diferentes (vide uma montadora de carros), e é praticamente impossível uma empresa atuar sozinha.
Estruturas de Custo
- Toda empresa tem suas fontes de receita e fontes de custo.
- Tudo o que compõe sua oferta de valor gera algum custo para sua empresa: os recursos, as atividades e os parceiros.
- Estrututa de custo acaba sendo as consequências monetárias dos meios utilizados no Modelo de Negócios.
Exemplos de Modelos de Negócios
Oceano Azul
Metodologia destinada a formulação da estratégia da empresa. Permite identificar oportunidades em novos mercados e tornar a concorrência irrelevante.
Contexto/Necessidade de Inovar
1
2
3
4
5
6
7
8
9
1
2
3
4
5
6
7
8
9
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Livro : Design Thinking –
Uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias
Escrito por : Tim Brown
Full transcript