Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teste de RORSCHACH (Avaliação Psicológica III )

Avaliação Psicológica por meio de Técnicas de Interpretação de Borrões de Tinta
by

Leogildo Alves

on 28 February 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teste de RORSCHACH (Avaliação Psicológica III )

RORSCHACH
Método Rorschach
RORSCHACH
Nome: Rorschach®-Test
Autor: Herman Rorschach
Ano de publicação: 1921
Editora: Verlag Hans Hubber
Nome: Método de Rorschach

“Um dos teste que faremos é o teste das machas de tinta, o Rorschach. Você já ouviu falar dele, ou já o fez alguma vez?”


“Eu devo usar a coisa toda?”-
“Como você quiser”

“O que a maioria das pessoas vê aqui?” –
“As pessoas vêem todo os tipos de coisas”
“Agora vamos voltar aos cartões novamente. Não vai demorar muito tempo. Eu quero ver o que você disse que viu e ter certeza de que estou vendo o mesmo modo que você. Vamos ver uma resposta de cada vez. Eu vou ler o que você disse e então eu quero que você me mostre onde está e o que tem na mancha que faz com que pareça isso, para que eu possa ver também, tal como você viu. Entendeu?”
Um protocolo válido informa sobre: Ideação, emoção, estilos prevalentes para enfrentar e responder às situações, capacidade de controle emocional, autopercepção, processamento da informação, percepção interpessoal, mediação cognitiva, estratégias defensivas habituais, preocupações e fontes de mal-estar.

Protocolos curtos
Sujeito em surto psicótico ou em momento de intoxicação
Protocolos questionáveis
Teoria Psicológica de base: Abordagem psicanalítica.

População Alvo: O Método Rorschach pode ser usado para qualquer faixa etária, desde que o examinado possua uma boa verbalização (+/- 5 anos).
O teste não requer nível de escolaridade para a sua aplicabilidade, pode ser usado em crianças, adolescentes e adultos e para ambos os sexos.

ORGANIZAÇÃO PRÉVIA
ORGANIZAÇÃO DAS PRANCHAS (ordem, posição e limpeza)
MATERIAIS (canetas, papéis para registro e folhas de localização)
POSIÇÃO DE APLICAÇÃO
PREPARAÇÃO DO SUJEITO
ANTES DA APLICAÇÃO
Fator teste-reteste
Tempo médio:
Crianças pequenas: 30 a 45 minutos
Crianças maiores e adultos: 45 a 60 minutos

Instrução:
“O que isso poderia ser?”
Operações cognitivas complexas: observação, codificação, classificação, comparação, descarte e seleção.

APLICAÇÃO
POSSÍVEIS QUESTIONAMENTOS DO SUJEITO
Encorajamento
Cartão I excepcionalmente
REJEIÇÃO DE CARTÕES
Lâminas I ou II: Rever a relação de trabalho entre examinando e examinador, pode não ter entendido o propósito do teste.
Outras lâminas comuns de rejeição: VI, VII, IX - "Não tenha pressa, fique a vontade. Todo mundo consegue encontrar alguma coisa.

PROTOCOLOS CURTOS - menos de 14 respostas no total
Apontar que o sujeito aprendeu como faz, mas deu respostas insuficientes. Deve-se então pedir mais respostas e iniciar novamente.

PROTOCOLOS LONGOS - + de 5 respostas cada lâmina
Lâmina I - "Está bem, vamos para o próximo" (até o sujeito parar antes da 5a resposta).
FASE DAS RESPOSTAS
+ OU – 20 minutos

Cada resposta deve ser anotada literalmente
Exige prática
Em caso de fala rápida apontar a situação ao examinando
Lâmina invertida : anota-se <v> na folha de registro
Perguntas e comentários devem ser anotados

RESPOSTAS - anotações
OBJETIVO:
Ver o que o sujeito viu.
Entender onde na mancha o sujeito viu alguma coisa e quais características da mancha fizeram com que isso fosse visto dessa maneira.

O sujeito não deve dar novas informações!
+ ou – 30 minutos
FASE DO INQUÉRITO
Devolve-se o cartão ao entrevistado:

“Neste você disse………………………………….”
ou
“Então você falou………………………………….”

Com crianças pequenas deve-se praticar antes!
Ex: Carrinho de bombeiro
LOCALIZAÇÃO (onde está)
“Onde está isso que você viu?”ou Não sei se estou vendo corretamente, contorme com o dedo”
Anota-se na Folha de Localização

DETERMINANTES (o que faz com que pareça)

CONTEÚDO (o que é) - geralmente fica claro na resposta em si

PERGUNTAS DO INQUÉRITO DEVEM RESPONDER À:
INQUÉRITO
CASO NÃO RESPONDA ÀS PERGUNTAS ANTERIORES:
"Não tenho certeza se eestou vendo do mesmo modo que você"
"Você vai ter que me ajudar, acho que ainda não estou vendo"
Quando o sujeito apresenta dificuldade de entender o pedido:
"Não tenho certeza do que há aí que faz com que pareça isso"
Cuidado com perguntas inadequadas/diretivas
O examinando pode apresentar resistência -
deve-se agir com firmeza e tato
Exceção de ordem de aplicação em crianças pequenas
TESTE DE LIMITES:
Sujeito falha em dar respostas populares PORQUE?
Pacientes com transtorno mental ou excessivamente criativo?
Seleciona-se alguns cartões onde respostas populares são esperadas:
“Já estamos quase terminando, mas aqui (entrega o cartão), olhe este de novo. Algumas vezes, as pessaos vêem (fala a resposta popular) neste cartão. Você vê aí alguma coisa que pareça com isso?”
Sem identificar a área de localização!
INQUÉRITO
Localização é a área da mancha ou do cartão em que o examinando situa a
resposta verbalizada. Ela dividi-se em:

Respostas globais (W ou G) – A mancha toda é usada na resposta. Todas as porções.
Se nao é W, observa-se se é:

Respostas de detalhe comum (D) – Uma área frequentemente identificada na mancha.
Se não é D (nem W), automaticamente é:

Respostas de detalhe incomum (Dd) – Uma área pouco frequente identifica da mancha.

Resposta de espaço (S) – Uma área de espaço branco é usada na resposta, todo
integrado ou partes (usada em conjuntos com outras localizações – WS, DS OU DdS).


2. LOCALIZAÇÃO
2.1 QUALIDADE EVOLUTIVA
Development Quality - DP
Os dados referentes à seleção da localização são acrescidos de um segundo código para diferenciar a qualidiade do processamento envolvido ao formar a resposta.
Os sujeitos não formulam as resposta da mesma maneira!
+ E v/+ : mais de um objeto precisa estar envolvido e eles devem ser referidos em uma relação significativa
+ E o : demanda de forma específica


+ : dois pássaros pousados em uma cerca
duas nuvens tomando esta forma, vindo juntas

v/+ : duas nuvens vindo juntas

o : dois pássaros

v : uma nuvem (um lago, ilhas, sangue, tinta…) (desde de que nao delimite a forma)

2.1 QUALIDADE EVOLUTIVA - DP
Porque essa mancha se parece com o objeto referido?

Cada categoria reflete um aspecto do processo cognitivo:
Forma, movimento, cor cromática, cor ácromática, sombreado, forma dimensão e pares e reflexos.

3. DETERMINANTES
ATIVO
PASSIVO
Movimento (discutindo, gritando, dançando, pegando).
Estático (falando, sentado, dormindo) ou quando faz alusão clara a ser uma foto, imagem ou desenho.
Informação significativa sobre a precisão perceptiva do sujeito. Isto é, a área da mancha está de acordo com a forma do objeto especificado?

4. QUALIDADE FORMAL
5. CONTEÚDOS
Por conteúdo se entende o que foi verbalizado, o que foi percebido, como algo específico e que será registrado de acordo com a sua categoria.
Contúdo idiossincrático/inusual - (Id)
5.1 REPOSTAS POPULARES
1 vez a cada 3 protocolos
Quando relações são estabelecidas entre os elementos do campo de estímulo.
Uma nota Z é assinalada para todas as respsotas que incluem FORMA e preenchem ao menos um dos critérios:
6. ATIVIDADE ORGANIZATIVA (Z)
1 ZW: É uma respota global que tem um código +, v/+ ou o para qualidade evolutiva.
2 ZA: É uma respota na qual dois ou mais objetos separados, percebidos em áreas de detalehs adjacentes da mancha (áreas que se tocam) são referidos em uma relaç~~ao significativa.
3 ZD: É uma resposta na qual dois ou mais objetos separados, percebidos em áreas de detalhes não adjacentes na mancha (áreas que não se tocam), são referidos em uma relação significativa.
4 ZS: É uma resposta na qual o espaço branco é integrado com outras áreas da mancha ao formar uma resposta.
PONTUAÇÃO DE Z
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.1.1 VERBALIZAÇÕES DESVIANTES (DV)
A) Neologismo: uso de uma palavra incorreta no lugar de uma correta. Nivel 1 ou 2:
B) Redundância: Uso estranho da linguagem onde o sujeito identifica duas vezes a natureza do objeto referido. Nível 1 ou 2:
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.1.2 RESPOSTAS DESVIANTES (DR):
A) Frases inadequadas: Repostas que incluem frases que são muito inadequadas ou desnecessárias a tarefa em questão.
B) Respostas circunstanciais: Envolvem divagações nas quais o sujeito torna-se inadequadamente elaborativo. O sujeito perde-se da tarefa e verbaliza coisas sem importância.

7.1 VERBALIZAÇÕES DESVIANTES
7.1 VERBALIZAÇÕES DESVIANTES
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.2 COMBINAÇÕES INADEQUADAS
7.2.1 COMBINAÇÃO INCONGRUENTE (INCOM):
Condensação de detalhes da mancha formando um unico objeto, de forma inadequada e bizarra.
Relação implausível entre dois ou mais objetos da figura. Nível 1 e 2:
7.2.2 COMBINAÇÃO FABULADA (FABCOM):
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.2 COMBINAÇÕES INADEQUADAS
A mais bizarra das combinações inadequadas.
Duas ou mais impressões que foram fusionadas em uma única resposta, de um modo que claramente viola a realidade.
Condensar a imagem de um inseto e de um boi em um “rosto de um inseto-boi”
Condensar uma borboleta e uma flor em uma “borboflor”
“Parece sangue e uma ilha, deve ser uma ilha sangrenta”
7.3 CONTAMINAÇÃO (CONTAM)
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.3 LÓGICA INADEQUADA (ALOG)
O sujeito, sem ser questionado, usa um raciocínio forçado para justificar a resposta.

7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.4 PERSEVERAÇÃO (PSV)
Perseveração em um mesmo cartão;
Perseveração de Conteúdo; ou
Perseveração Mecânica.
7.5 CONFABULAÇÃO (CONFAB):
O sujeito atenta somente para um detalhe da mancha mas generaliza a resposta a partir deste detalhe para a macha inteira.
“Uma garra, uma lagosta”

7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.6 CONTEÚDO ABSTRATO (AB):
Experiência Humana : Emoção ou experiência sensorial.



Representação simbólica clara e específica:
“Essa coisa toda representa a depressão, é toda preta e sombria”
“É tudo raiva, as cores misturadas”
"Uma estátua representando a tirania comunista"
"Uma pintura abstrata que representa a agonia da vida"
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.7 MOVIMENTO AGRESSIVO (AG):
Respostas de movimento (M, m, FM) nas quais as ações são claramente agressivas.

7.8 MOVIMENTO COOPERATIVO (COP):
Respostas de movimento (M, m, FM) com interação positiva ou cooperativa.
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.9 CONTEÚDO MÓRBIDO (MOR):
Identificação do objeto como morto, destruído, em ruínas, estragado, danificado, ferido ou quebrado.

Atribuição de uma caracteristica ou sentimento claramente disfórico a um objeto.
7. CÓDIGOS ESPECIAIS
7.10 PESSOAL (PER):
Utiliza-se de conhecimento ou experiências pessoais para justificar uma resposta.
7.11 PROJEÇÃO DE COR (CP):
O sujeito identifica uma mancha ou área da mancha acromática como sendo cromaticamente colorida.
1- Qual a localização?
2- Qual é a Qualdiade Evolutiva?
2- Quais são os determinantes?
4- Qual é a Qualidade Formal?
5- Há par?
6- Quais são os conteúdos?
7- É popular?
8- Deve receber uma nota Z?
9- Há algum Código Especial?
L R
Combinados
Full transcript