Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Organização e Biossegurança - Periodontia FOUSP

Organização dos boxes e normas de biossegurança utilizadas na Clinica de Periodontia da FOUSP
by

Marina Conde

on 28 February 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Organização e Biossegurança - Periodontia FOUSP

Bancada
Sobre a bancada deve ficar
exclusivamente
o material de apoio ao atendimento a pacientes: caixas de instrumentos, caixa de luvas de procedimentos, etc.
Para favorecer a ergonomia, reduzindo número de movimentos e para evitar torções do tronco do operador, os intrumentos devem ficar,
preferencialmente
, sobre o
equipo
,
ao alcance da mão
direita (no caso de canhotos fazendo uso de box adaptado, ao alcance da mão esquerda), em altura compatível.
Mesa Auxiliar:
Utilizada para o material de apoio ( anestésico tópico, tubetes de anestésico, pasta profilática, Dappen, porta-algodão, porta-resíduo, afastadores para foto, etc) e o aparelho de Ultrassom. Deve estar devidamente recoberta por campo em TNT de cor
azul
, preso por meio de
fita crepe autoclavada
.
Com a finalidade de minimizar risco de infecção cruzada,
BARREIRAS MECÂNICAS
(filme plástico, saquinhos "xup-xup", etc) devem revestir todas as superfícies usualmente tocadas com as mãos enluvadas, durante o atendimento (superfícies de manuseio). Devem ser
substituídas a cada paciente
.
Barreiras mecânicas - recobrir:
Alças do refletor
Seringa tríplice
Caneta de alta-rotação
Micro-motor
Sugador
Peça de mão do ultra-som
e do jato de bicarbonato
Seringa-tríplice:
Além da barreira (filme plástico ou saquinhos "xup-xup"), usar a capa plástica na ponta (ou canudo plástico, tomando o cuidado para que este ultrapasse em 0,5 mm o final da ponta)
Puxadores de gavetas
Sugador de saliva:
Envolver a ponteira do sugador em saco plástico. Acoplar a cânula de silicone
devidamente
autoclavada

e, na ponta desta,

o
sugador plástico descartável
ou a
cânula estéril.
Instrumentos:
Os instrumentos estéreis (o que inclui a pedra de afiar) ou devidamente submetidos a desinfecção química devem ser organizados sobre o
campo em TNT
gramatura 40 ou 50,
autoclavado
.
Biossegurança:
Durante o atendimento a pacientes é
obrigatório
o uso, pelo operador, dos seguintes EPIs (Equipamentos de Proteção Individual):
Gorro
Máscara
Óculos de proteção
Avental em TNT, mangas compridas e punho de elástico
Luvas
Sapatos fechados
Biossegurança
:
Para
proteção do paciente
, recomenda-se fortemente o uso de:
Óculos de proteção
Babador impermeável (este deverá ter a face plástica voltada para o paciente)

Controle de Infecção:
Usar sobreluvas
ao manusear qualquer material não protegido por barreira descartável ou estéril, em especial fichas clínicas, radiografias, canetas, receituários, etc.
Em caso de ferimentos nas mãos, protegê-los com barreiras mecânicas (esparadrapo, Band-Aid) antes de calçar as luvas
Descarte de material pérfuro-cortante:
Agulhas para anestesia e para sutura, lâminas de bisturi devem ser descartados em recipiente apropriado, e devidamente
identificado
. Todo
cuidado
deve ser tomado para evitar acidentes no momento do descarte!

Esta apresentação tem por objetivo padronizar a organização dos boxes na Clínica de Periodontia da FOUSP, bem como enfatizar normas de biossegurança.
Leia com atenção, consulte sempre que necessário, e
siga rigorosamente estas normas!
Isto tornará o atendimento mais seguro e mais funcional.

Intrumentos:
Os intrumentos devem ser organizados na bandeja, seguindo uma
ordem lógica
, por grupos:
Exame e avaliação
Anestesia
Raspagem
Cirúrgicos
Complemento (gaze estéril, pedra de afiação estéril, cubeta para soro, seringa para irrigação, agulha/fio para sutura)
Intrumentos para Exame e Avaliação
:
Pinça Clinica
Espelho Clínico
Explorador
Sondas Periodontais:
WHO 621 e/ou
Milimetrada UNC-15
Nabers
Cureta para Dentina
Espátula no. 1
Instrumentos para Raspagem e Alisamento Radicular:
Além dos Instrumentos para Exame e Avaliação,
acrescentar
:
Seringa Carpule
Pontas estéreis para ultra-som (Pério-sub inclusive) e chave para travamento da ponta
Raspadores manuais - quando indicado:
Cureta McCall 13-14
Cureta de Gracey 5-6
Cureta de Gracey 11-12
Cureta de Gracey 13-14
Pedra para afiação - estéril
Procedimentos Cirúrgicos Periodontais
:
Além dos instrumentos para Exame e Avaliação e os instrumentos para Raspagem e Alisamento Radicular (inclusive a pedra para afiação),
acrescentar
à bandeja os intrumentos para cirurgia, seguindo a sequência:
Diérese
- bisturis e descoladores
Exérese
- raspadores e cinzéis para osso
Síntese
- porta-agulhas, agulha e fio, tesoura
Esperamos, agora, que seus atendimentos se tornem seguros e funcionais!
Ao trabalho!!!!!

LIMPEZA E DESINFECÇÃO
Antes de iniciar suas atividades na clínica,
faça a limpeza e desinfecção do box
seguindo as normas da FOUSP. Deve ser feito em todas as
superfícies de manuseio
(aquelas que serão tocadas pelas mãos enluvadas, durante o atendimento), além das
superfícies de transferência
(cadeira: assento, apoio de cabeça, braços) e as
superfícies fixas
(aquelas que estão sujeitas a borrifos, espirros e gotículas de sangue, saliva e aerossóis provenientes da irrigação dos equipamentos: tampo da mesa de apoio e equipo).
Profa. Dra. Marina Clemente Conde e
Prof. Dr. Marco Antonio Paupério Georgetti
Deverá ser utilizado o
campo estéril
, de gramatura 40 ou 50, diretamente sobre o equipo, devidamente afixado por meio de fita crepe
estéril
Ao terminar o atendimento
, enquanto ainda estiver com as mãos enluvadas,
remova todas as barreiras mecânicas
, tomando o cuidado para não contaminar as superfícies sob elas. Caso isto ocorra, será necessário proceder novamente ao procedimento de limpeza e desinfecção antes de colocar as novas barreiras para o paciente seguinte.
Aspire
1 copo d'água ainda com a mangueira conectada à bomba suctora,
despeje
1 copo dágua na cuspideira.
Ao final de sua atividade na clínica
, remova sugador descartável

e
todas
as barreiras mecânicas,
desligue
cuspideira e sugador, retorne a cadeira à posição inicial. Fazendo uso de EPI, proceda à
limpeza e desinfecção final
, deixando seu box limpo e organizado para o colega do próximo turno.
Limpeza e desinfecção
Esteja devidamente paramentado para este procedimento. O uso de
equipamento de proteção individual (EPI)
é
obrigatório
.
EPI para limpeza e desinfecção do ambiente de trabalho inclui:
Gorro
Máscara
Óculos de proteção
Avental descartável de mangas longas
Luvas de borracha
Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo - FOUSP
Departamento de Estomatologia
Biossegurança
Uso obrigatório:
Gorro
Máscara
Óculos de proteção
Avental em TNT
Luvas
ATENÇÃO
! A bomba suctora, a fim de gerar pressão negativa para succção, utiliza
420ml
de água limpa
por minuto
. Evite deixá-la acionada se não estiver em uso.
Full transcript