Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Conforto Acústico - academias, estádios e instalações desportivas

No description
by

Helik M. de Sousa

on 6 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Conforto Acústico - academias, estádios e instalações desportivas

Conforto Acústico
Grandes áreas destinadas à prática de esportes como ginásios, piscinas cobertas e academias de ginástica apresentam, via de regra, excessiva reverberação devido à própria estrutura arquitetônica de coberturas muito altas, associadas a pisos, paredes e outras superfícies lisas e polidas, que favorecem a continua reflexão do som.
soluções acústicas em academias, estádios e instalações desportivos
Centro Universitário Unieuro - Arquitetura e Urbanismo - Conforto Acústico - Prof. Míriam Nardelli
Aluno: Helik Moreira de Sousa - CDP 619760 - Nov. 2013

Os ginásios de esportes por abrigarem diversas atividades ruidosas (fontes sonoras) são ambientes que podem apresentar sérios problemas de ruído interno. É importante que o desempenho acústico dos ginásios atendam aos parâmetros acústicos adequados a essas atividades a que se destinam (KNUDSEN e HARRIS, 1988). Como nos teatros e nos auditórios multifuncionais o que se espera de um ginásio de esportes é que ele esteja preparado e equipado para receber vários tipos de eventos: de uma palestra a um concerto de rock, de um espetáculo de dança a uma peça de teatro (JÚNIOR, 2008). Para tanto, os ginásios de esportes devem ser investigados, para melhorar o desempenho acústico desses ambientes e proporcionar conforto aos seus usuários.
Academias
Nas academias de ginástica, professores e alunos estão expostos a elevados níveis de ruído, sendo necessária uma preocupação com a saúde auditiva, mental e corporal, pois o som exerce influência sobre todo o corpo humano
Academias
Academia Edge - Arquiteta Betty Birger
Como cada vez mais as academias se propõem a ser espaços múltiplos, é importante contar com um projeto acústico compatível. Aulas diferentes podem ocorrer ao mesmo tempo, com músicas diferentes e em diferentes volumes, condição que exige tratamento acústico para evitar a propagação do som entre os ambientes.
Foi por divisórias piso-teto de vidro duplo com camada interna de ar, sem montantes verticais, para a delimitação das salas de spinning, luta, pilates, ioga e ginástica que dividem um mesmo andar. Também pensando no conforto acústico, o teto ganhou forros de gesso perfurado que contam com propriedades de absorção sonora e ainda possuem capacidade para melhorar a qualidade do ar. “Foi realmente um produto escolhido a dedo para esse projeto”, conta a profissional.
Ginásios de esportes
tratamento acústico
antes do tratamento
depois do tratamento
A solução fundamental é simples: colocar o maior número de painéis acústicos absorvedores. Estes são geralmente distribuídos em superfícies como as paredes e/ou suspensas, em vigas e na cobertura. Uma vez que os painéis estão no lugar, o eco é reduzido, assim como o tempo de reverberação.
Ginásios de esportes
Ginásio Nacional de Tóquio - Kenzo Tange
No ginásio de esportes, foi necessária incluir uma grande área de absorção sonora para controlar o tempo de reverberação. Contudo, somente na estrutura e nas paredes laterais, excluindo o placar, as janelas de iluminação e a sala de controle de som, poderiam ser recobertos com materiais absorventes.
Para alcançar o tempo de reverberação recomendado, três tipos de absorventes aéreos suspensos nas estruturas flutuantes da cobertura foram empregados no ginásio. Os absorventes feitos de fibra de madeira, fibra de vidro e painéis perfurados de madeira com 28% de perfuração, foram suspensos respectivamente na área central e no entorno da estrutura flutuante. Nas paredes laterais (excluindo o placar, as janelas e a sala de som e iluminação), foram colocados grandes painéis absorventes, o que possibilitou a redução do tempo de reverberação para os níveis de exigências requeridas.
Ginásios de esportes
Ginásios de esportes
Ginásio Nacional de Tóquio - Kenzo Tange
'
Os estádios de fubebol no mundo não são apenas para futebol, agora são arenas multiuso.
Essa alteração visa tornar os projetos viáveis economicamente, pois só com ingresso para jogos de futebol os projetos não teriam retorno financeiro. Em sendo arenas, serão preparadas para receber grandes espetáculos, shows musicais e então a preocupação com a acústica começa a ficar importante.
Estádios
A questão acústica pode impactar dentro e fora dos estádios.
Estádios
A questão acustica pode impactar dentro e fora dos estádios.
Estádios
Olhando para dentro do estádio, quanto maior a pressão da torcida pior para o time visitante. Essa pressão é feita por meio do barulho, o grito da torcida intimida o adversário. Lembra das vuvuzelas nos jogos da copa de 2010, na África do Sul? Como não tinha time adversário, incomodava os dois lados devido ao nível e tipo de ruído que gerava.
A geometria de alguns estádios os torna verdadeiros caldeirões. No caso do Itaquerão, ou Arena Corinthians, parece que a geometria não ajudou muito, pois a pressão sonora no campo não é das maiores. Isso fez como que o projeto da cobertura fosse alterado para que funcionasse com um grande rebatedor acústico e o nível de ruído da torcida fosse mais percebido no campo.
Estadio Pacaembu - SP
Estadio Itaquerão - SP
Estádios
Isolamento acústico
O estádio a céu aberto fica no elegante bairro de Green Point, onde os moradores ficaram preocupados com o barulho da multidão. Para reduzir o volume dos torcedores ao mínimo para quem está fora do estádio, uma equipe de design da empresa alemã de engenharia Schlaich Bergermann cobriu a estrutura com o teto de vidro mais grosso do mundo.

Estádio da Cidade do Cabo - África do Sul
Estádios
Isolamento acústico
O teto de 37.000m² consiste em 9.000 painéis de vidro de 1,3cm de espessura, dispostos em um anel acima das arquibancadas, e uma superfície de uma combinação de Teflon e fibra de vidro suspensos abaixo do vidro. Juntos, eles vão refletir os gritos da torcida de volta para o campo e arquibancadas (provavelmente dando vantagem ao time com a torcida mais forte) para evitar que o barulho escape pelo buraco no centro do estádio.
Conforto Acústico
soluções acústicas em academias, estádios e instalações desportivos
Full transcript