Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Modelo metodológico: As Instâncias da pesquisa

No description
by

Paula Farias

on 24 January 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Modelo metodológico: As Instâncias da pesquisa

Isabela Carvalho
Nathália Correa
Paula Farias Modelo metodológico:
As instâncias da pesquisa A autora Maria Immacolata Vassallo Lopes Modelo metodológico:
As instâncias da pesquisa Paradigmática: através de níveis e instâncias
Sintagmática: fases ou etapas Instância Epistemológica: vigilância Delimita o objeto
Aponta quais são os possíveis obstáculos durante a pesquisa e como poderão ser resolvidos
Descobrir o quanto se sabe do objeto
A partir dela as outras instâncias podem ser modificadas quanto a sua operação Ruptura Epistemológica Questionar o que conhece sobre o objeto

Problema da comunicação: os objetos estudados sob
um olhar critico

"O fato científico se conquista contra a ilusão do saber
imediato" (Barchelard) A construção do objeto científico É a construção do objeto através das suas relações
Apartir dela começa-se a construção de sua problemática
Apartir das respostas imediatas começa-se a formulação da hipótese que tem que estar conceitualmente presa a problemática
As relações não seram encontradas de imediato através dos dados da pesquisa; isso só vai acontecer de acordo com a capacidade do pesquisador em utilizar os modelos teóricos. Ordem paradigmática Possui quatro instâncias
Epistemológica
Teórica
Metódica
Técnica As instâncias interagem e estão presentes
em todas as fases da pesquisa. Instância Teórica Formulação
Da hipótese
Da proposição das regras de interpretação

Busca da bibliográfia para fazer o embasamento teórico Instância Teórica Ciências sociais: usam como base os paradigmas

Marxista
Funcionalista
Compreensivo Instância Teórica A teória é parcial e limitada, pois será interpretada de acordo com um fenômeno ou de um conjunto de fenômenos da realidade
A função da teória é realizar, ser meio de ruptura epistemológica em face das pré-noções do senso comum, através de um corpo sistemático de enunciado e de sua formulação conceitual visando captar e explicar os fatos
A teória deve fazer a ligação entre o contexto da prova e da descoberta
A formulção teórica do objeto

É pré-requisito da testabilidade da teoria, pois obedece ao critério de coerência formal, uma coligação de todas as proposições da teória num corpo articulado e não contraditório. Instância Metódica: quadros de análise É a escolha de um metódo para organizar as informações
Sendo assim o objeto também é estruturado
Os conceitos, elementos e variéveis são ordenados e articulados A exposição
Modelo de reflexão

A causação
Fazer a conexão entre o que foi descoberto sobre o objeto com a teória Instância Técnica: Construção dos dados Organizar os dados e provar as hipóteses através deles
Traz o objeto para o dia a dia

Ciências Sociais: para eles os fatos não devem se impor absolutamente como verdade, deve-se colocar os fatos em seu lugar teórico, como "dados" estabelecendo-se uma passagem dos fatos aos dados e vice-versa

Construção dos dados é o polo técnico da pesquisa Observação (da informação ao dado) A informação torna-se dado mediante opreções técnicas de obsevação
Os dados tem que ser pertinentes às teorias que serão utilizadas na pesquisa e têm que ter o poder de testarem a hipótese
Barchelard: dessa maneira os objetos são "conquistados, contruídos e comprovados"
O pólo técnico é o momento da observação do relatório dos fatos, enquanto no teórico eles serão interpretados Seleção (do dado ao objeto) Reduzem os dados a um objeto de conhecimento verificável
Selação dos dados pertinentes a pesquisa

Três oprações de tranformações técnicas:
Quantificação (indicadores)
Codificação
Descrição Operacionalização Conectar dados com fatos e conceitos através de dedução

É contruído por uma série de operções que se sucedem:
Representação do conceito
Especificação de suas dimensões ou categorias
Eleição de indicadores observáveis
Elaboração de ídices

É importante não encarar isso apenas como um passo-a-passo, mas como uma forma de reflexão sob o objeto.
Full transcript