Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

PONTUAÇÃO, ÊNFASE NA VÍRGULA.

No description
by

sabrina rechenmacher

on 1 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of PONTUAÇÃO, ÊNFASE NA VÍRGULA.

PONTUAÇÃO, ÊNFASE NA VÍRGULA.
VÍRGULA
Para que serve?
* Para separar o nome do lugar nas datas.
* Para isolar vocativos.
* Para separar termos em uma enumeração.
* Para isolar aposto.
* Para isolar adjunto adverbial, principalmente antes do verbo.
* Antes das conjuções e, ou, nem, quando repetidas.
* Para separar elementos repetidos.
* Para indicar omissão (elipse) sobretudo do verbo.
* Para isolar expressões explicativas ou retificações: a saber, isto é, por exemplo, ou seja, ou melhor...

EXEMPLO:
Fortaleza, 26 de janeirro de 1998.

Mãe, estou aqui.

Laranja, morango, manga, abacaxi e mamão são frutas gostosas.

Você conhece Recife, a capital de Pernambuco?

EXEMPLO:
Logo de manhã, o pão era vendido quentinho.
E chegava, e sorria, e cantava, e encantava a todos.
Para ele tudo era: não, não, não...
Todos preferiram ir ao cinema; eu, ao teatro. (preferi ir)
Elza dizia, ou melhor, todas as meninas diziam a mesma coisa.

* Entre o sujeito e o predicado.

* Entre o verbo e seus complementos (objetos).

NÃO SE DEVE USAR A VÍRGULA:
EXEMPLO:
Os rapazes chegaram mais cedo.

Todos nós queremos uma solução para
a crise do país.

Usa-se a vírgula para separar:
* Orações coordenadas assindéticas.

* Orações coordenadas sindéticas, exceto
aquelas introduzidas por e.

* Orações subordinadas adverbiais, sejam
reduzidas ou não, sobretudo quando estiveram
antes da principal.

* Orações subordinadas adjetivas explicativas.

EXEMPLO:
Chegou, cumprimentou todos os presentes, sentou-se ao
piano e tocou lindas músicas.

Você trabalhou, logo merece o dinheiro.
Veio, mas não se juntou aos outros.

Quando puder, estarei lá.
Podendo, estarei lá.

Fernando, que é meu irmão, fez o projeto deste orfanato.

ATENÇÃO!
* Antes de etc. a vírgula é facultativa. O importante é
padronizar, ou seja, sempre usar ou nunca usar.
Exemplo:
Os verbos de primeira conjugação possuem a terminação
ar, como: andar, falar, jogar etc.
Ou
Os verbos de primeira conjugação possuem a terminação
ar, como: andar, falar, jogar, etc.

* Usa-se a vírgula para separar orações coordenadas
sindéticas com a conjunção e quando os sujeitos das
orações forem diferentes.
Exemplo:

O guarda apitou, e os carros pararam.

ATENÇÃO!
ATENÇÃO!
EXEMPLO DE COMO A VÍRGULA FAZ DIFERENÇA
Um homem rico estava muito doente, pediu papel e caneta, e assim escreveu:
"Deixo meus bens à minha irmã não a meu sobrinho jamais será paga a conta do alfaiate nada aos pobres".
Morreu antes de fazer a pontuação. Para quem ele deixava a fortuna?
Eram quatro concorrentes.


O sobrinho faz a seguinte pontuação:

"Deixo meus bens à minha irmã? Não, a meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres."

A irmã chegou em seguida e pontuou assim, o escrito:

"Deixo meus bens à minha irmã, não a meu sobrinho.
Jamais será paga a conta do alfaiate. Nada aos pobres."

O alfaiate pediu cópia do original e puxou a brasa
pra sardinha dele:

"Deixo meus bens à minha irmã? Não! Ao meu sobrinho jamais! Será paga a conta do alfaiate.
Nada aos pobres."

Aí, chegaram os descamisados da cidade. Um deles, sabido, fez esta interpretação:

"Deixo meus bens à minha irmã? Não! A meu sobrinho jamais! Será paga a conta do alfaiate? Nada! Aos pobres."

Pontos de Vista

Os sinais de pontuação estavam quietos dentro do livro de Português quando estourou a discussão.
— Esta história já começou com um erro — disse a Vírgula.
— Ora, por quê? — perguntou o Ponto de Interrogação.
— Deveriam me colocar antes da palavra "quando" — respondeu a Vírgula.
— Concordo! — disse o Ponto de Exclamação. — O certo seria:
"Os sinais de pontuação estavam quietos dentro do livro de Português, quando estourou a discussão".
— Viram como eu sou importante? — disse a Vírgula.
— E eu também — comentou o Travessão. — Eu logo apareci para o leitor saber que você estava falando.
— E nós? — protestaram as Aspas. — Somos tão importantes quanto vocês. Tanto que, para chamar a atenção, já nos puseram duas vezes neste diálogo.
— O mesmo digo eu — comentou o Dois-Pontos. — Apareço sempre antes das Aspas e do Travessão.
— Estamos todos a serviço da boa escrita! — disse o Ponto de Exclamação. — Nossa missão é dar clareza aos textos. Se não nos colocarem corretamente, vira uma confusão como agora!
— Às vezes podemos alterar todo o sentido de uma frase — disseram as Reticências. — Ou dar margem para outras interpretações...
— É verdade — disse o Ponto. — Uma pontuação errada muda tudo.
— Se eu aparecer depois da frase "a guerra começou" — disse o Ponto de Interrogação — é apenas uma pergunta, certo?
— Mas se eu aparecer no seu lugar — disse o Ponto de Exclamação — é uma certeza: "A guerra começou!"
— Olha nós aí de novo — disseram as Aspas.
— Pois eu estou presente desde o comecinho — disse o Travessão.
— Tem hora em que, para evitar conflitos, não basta um Ponto, nem uma Vírgula, é preciso os dois — disse o Ponto e Vírgula. — E aí entro eu.
— O melhor mesmo é nos chamarem para trazer paz — disse a Vírgula.
— Então, que nos usem direito! — disse o Ponto Final. E pôs fim à discussão.
Conto de João Anzanello Carrascoza, ilustrado por Will.

Revista Nova Escola - Edição Nº 165 - Setembro de 2003
Full transcript