Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Energia eólica, geração de e desenvolvimento sustentável.

No description
by

Ana Clara Alves

on 16 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Energia eólica, geração de e desenvolvimento sustentável.

Desenvolvimento
Sustentável

Introdução
Considerações
Finais

Geração de
Empregos

Energia Eólica no
Brasil

Ana Clara Alves
Barbara Amado
Jéssica Lohane
.
.
Introdução:
É consenso que energia eólica leva a mitigação das emissões de GEE.
Os principais beneficios são:
Inovação tecnológica;
Desenvolvimento industrial;
Geração distribuída;
Universalização do acesso à energia;
Desenvolvimeno regional e local e
Criação de Empregos.
A incoporação de energias renováveis e eficiência energética no inicio do processo de desenvolvimento acelara a eficiência na utilização de recursos, contrapondo o pensamento de que, para haver desenvolvimento, é preciso que ocorram impactos ambientais.
A adoção de energias alternativas tem sido amplamente buscadas desde a década de 70, devido a crise do petroleo, que levou diversos países a procurar a segurança no fornecimento de energia e a redução da dependencia da importação de combustiveis.
A preocupação com as mudanças climáticas e a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa levaram á:
Assinatura do Protocolo de Quioto (1997);
Investimento em fontes renováveis de energia, entre elas, a energia eólica.
Energia Eólica:
Pode suprir até 20% da demanda mundial de energia elétrica até 2050;
Baixa Competitividade;
Aumento da participação dos países;
Desenvolvimento Sustentável;
Produção de Emprego (concentrados na América do Norte e na Europa).
No Brasil ainda é baixa a contribuição para a capacidade de geração de energia, e ainda menor é sua participação na oferta de energia. Entretanto, nos últimos cinco anos, o número de projetos e a capacidade instalada aumentou em 450%.
Diante desse panorama, é essencial que se avalie o impacto que o rápido crescimento do setor eólico terá sobre a economia brasileira, especialmente em relação ao seu potencial de geração de empregos, de modo a oferecer uma base para subsidiar a formulação e gestão de politicas energéticas e industriais para o setor eólico e avaliar a sua possível contribuição para o desenvolvimento sustentável.
Geração de Empregos
A geração de empregos é um aspecto-chave para a avaliação do desenvolvimento econômico em uma região.
Empregos Verdes ou Green Jobs: Segundo o PNUMA,são aqueles que contribuem substancialmente para preservar ou recuperar a qualidade ambiental. Vem ganhando espaço nas discussões de benefícios sociais e econômicos em uma economia de baixo carbono. Incluem empregos em eficiência energética, tecnologias limpas e etc.
Além da quantificação dos empregos, deve-se atentar também para os efeitos da implantação de tecnologias renováveis na economia, aos impactos sociais e econômicos que essas tecnologias podem gerar no local de implantação, e de capacitação que o setor de energias renováveis pode apresentar.
Podem-se agrupar os empregos gerados pela energia eólica e outras energias renováveis em três categorias, de acordo com características de volume de empregos gerados, sua localização, natureza temporal e nível de especialização.
Economia e Meio Ambiente
Moana Simas e Sergio Pacca
As tecnologias de energias renováveis e o desenvolvimento sustentável.
Objetivo: Quantificar os empregos gerados através dos empregos diretos indiretos.

Empregos na Energia Eólica
O Brasil foi o país pioneiro na América Latina a instalar um aerogerador, no início da década de 1990.

Durante os dez anos seguintes, porém, pouco se avançou na consolidação da energia eólica como alternativa de geração de energia elétrica no país, em parte pela falta de políticas, mas especialmente pelo alto custo da tecnologia.

São utilizados aerogeradores com torres de 80 a 100 metros de altura, além de máquinas mais eficientes.
Energia Eólica no Brasil
Energia eólica, geração de empregos e desenvolvimento sustentável.
.
Marcos
As tecnologias de energia renovável são:
Intensivas em capital;
Maior investimento na fase inicial do projeto (75%);
Neste contexto, elas tendem a oferecer oportunidades para o desenvolvimento de indústrias de equipamentos para consumo interno e até para exportação.

Em áreas rurais:
Demanda maior quantidade de mão de obra;
Gera potencial para a capacitação e emprego de populações rurais em diversas localidades;
Emprego na área de operação e manutenção;
Outro aspecto importante é o arrendamento de terra, onde o dinheiro arrecadado pelo aluguel da área pode ser investido para outras atividades produtivas na propriedade.
Há também um aumento na demanda por bens e serviços, como hospedagem e alimentação.
Pode haver também compensação às comunidades, como reforma de escolas e de infraestrutura pública, fornecimento de energia elétrica a custo reduzido,construção de bibliotecas, entre outros.

Apesar do potencial de trazer diversos beneficios para o desenvolvimento local e regional, o incentivo às fontes renováveis de energia não deve ser considerado como uma politica de desenvolvimento, mas sim uma prática que, se aplicada em conjunto com outras politicas sociais, poderá trazer imensa colaboração para o desenvolvimento destas comunidades.
O Brasil possui uma das matrizes elétricas mais renováveis no mundo.
O Proinfa(Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica) ,foi o principal motor para impulsionar o desenvolvimento do mercado eólico no Brasil e mostrou que a energia eólica é viável tecnicamente, e serviu como ganho de experiência para as diversas atividades que envolvem esse setor.

A partir de 2009 empreendimentos eólicos corresponderam a 50% da capacidade de geração de energia elétrica contratada,em MW médios, com preços de venda de energia cada vez mais competitiva,se aproximando do valor médio de termelétricas convencionais.

Com a entrada em operação dos projetos contratados no mercado regulado, a capacidade instalada de energia eólica deverá alcançar 8,1 GW em 2016.

De acordo com Ernst & Young,uma consultoria norte-americana,publicou em 2011,um índice de atratividade do mercado de energias renováveis de diversos países,nesse documento,o Brasil se posicionou como o 10° país mais atrativo para investimentos em energias renováveis e o 9° mercado mais atrativo para investimento em energia eólica.
Com o rápido desenvolvimento do setor eólico brasileiro,a abertura de novas empresas e fábricas no território nacional,trouxeram necessidade de discussão dos efeitos sociais e econômicos que o crescimento acelerado da energia eólica irá trazer à economia brasileira.
A energia eólica pode contribuir para o desenvolvimento regional, ao gerar empregos locais.
Atividade de construção;
Operação do parque;

Há outros benefícios:
Os proprietários não são desalojados das terras onde está instalado o parque eólico.
Assinam contratos de locação com investidores, que começam a valer a partir da instalação de torres anemométricas;

Durante esse período, os proprietários recebem uma renda mensal ou anual pelo arrendamento da terra e podem continuar exercendo suas atividades econômicas.
A obtenção dessa renda extra permite o investimento em melhorias e infraestrutura da propriedade.

Com o aumento do volume de trabalhadores no local, a população vizinha ao parque é beneficiada de maneira direta pelo consumo de bens e serviços.
Alimentação;
Hospedagem.


Considerações Finais
A energia eólica vem experimentando um crescimento muito rápido no Brasil;
Hoje é considerada uma alternativa energética limpa e competitiva;
Atualmente o mercado eólico encontra-se mais diversificado, com maior concorrência entre os agentes;
Um sistema hidroeólico no Brasil pode oferecer energia ambientalmente sustentável e suficiente para suprir a previsão da demanda nas próximas décadas;
Os custos dessa tecnologia vêm caindo;
Tem um grande potencial para a geração de empregos, podendo gerar mais de 195 mil empregos-ano até 2020.
Além da geração de empregos, pode trazer ainda outros benefícios sociais.
Aumento de renda das comunidades atingidas pelos parques eólicos;
Oferecer oportunidades de empregos temporários;
Podem coexistir atividades econômicas nos parques eólicos, geralmente agricultura e pecuária.
A quantia mensal ou anual que os proprietários de terras dentro dos parques recebem, podem promover a melhoria em suas áreas rurais.
Obrigado!
Geração de empregos pela energia eólica no Brasil

criação de índices de emprego

Avaliação da geração de empregos no cenário proposto pelo Plano Decenal de Expansão de Energia 2020 (EPE, 2011).

Metodologia
- Foram considerados como empregos diretos aqueles existentes nas atividades de fabricação de aero geradores, construção e montagem de parques eólicos e operação e manutenção das usinas. Já os empregos indiretos foram calculados através de uma matriz insumo-produto do ano 2005 (IBGE, 2008), combinada com informações de empregos para o mesmo ano (MTE, 2010) para a criação de multiplicadores específicos de empregos por consumo de materiais, com base nos insumos necessários para essas atividades.



Empregos temporários e permanentes


- A coleta de dados se deu mediante a realização de entrevistas com 18 agentes do setor

Resultados e Discussão
-As Importações de maquinas podem levar a perda de empregos em 17%
-A diferença na geração de empregos da torre de aço é ligeiramente menor que da torre de concreto.
-A energia eólica pode contribuir para o desenvolvimento regional, ao gerar empregos locais.
-A operação do parque também gera empregos locais, em menor quantidade, porém permanentes.
- dos empregos diretos no local, porém, há outros benefícios percebidos pelos moradores locais e pelos empreendedores.
-Durante a etapa de construção há ainda outros benefícios além da geração de empregos para a própria construção do parque.
-A construção de parques eólicos demanda grande quantidade de água, devido ao alto consumo de concreto.

Full transcript