Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Técnicas de anestesia extra-bucais

No description
by

Isabela Grotto

on 4 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Técnicas de anestesia extra-bucais

Obrigado!
Analgesia regional
Bloqueio de uma via de condução dos impulsos da dor

Bloqueio Regional
Solução anestésica é infiltrada próxima a ramos terminais maiores.
Área anestesiada será circunscrita.
Indicações e contra-indicações
Abscessos
Colocação de drenos
Pequenas cirurgias estéticas (sem anestesia geral)
Quando não é possível o uso da técnica intra-oral (inflamação, trismo, etc)
Técnica do bloqueio regional supra-orbital
Indicação: intervenções cirúrgicas na região frontal
Nervos anestesiados: ramos terminais do N. oftálmico assim que emergem do forame supra-orbital
Ana Beatriz Lima
Daphne Fontana
Edson Tadamitsu
Flávia Crem
Gabriela Ventura
Gustavo Pinheiro
Isabella Maroni

Técnicas anestésicas extra-bucais
Isabela Wolf
Jéssica Souza
Laís Fernandes
Marcelo Morales
Naira Fernandes
Rodrigo Castilho
Vinícius Garcia

Deposição de solução anestésica nas proximidades de um nervo
Difusão pelos tecidos vizinhos e fixação na membrana do nervo
Impedimento da transmissão do impulso
Sucesso: deposição da solução anestésica no local correto
Intra-bucal X Extra- bucal
Intra-oral mais usada em odontologia
Extra-oral indicada quando não há a possibilidade de realizar a técnica intra-oral
Anestesia Local

Anestesia Terminal

Anestesia por Bloqueio
Bloqueio Troncular
Pacientes pediátricos e não cooperativos
Tecidos traumatizados, infecção
Técnicas Anestésicas
Antissepsia na área de puntura, observar clinicamente e mediante palpação os pontos de punção
Uso de anestésico tópico
Distensão da pele
Empunhadura adequada da seringa
Posição ergonômica do operador
Penetração e retiradaa agulha em uma única direção
Bisel voltado para o osso
Injeção lenta, seringa com refluxo
Observar reações do paciente
Anestésico é depositado próximo a um tronco nervoso principal.
Maior área anestesiada.
Atenção!
Quando houver refluxo, não injetar o anestésico
Técnicas anestésicas extra-orais
Tipos de anestesia
Intra-oral
Extra-oral
2 cm do canto interno do olho
Técnica de bloqueio regional infra-orbital
Indicação: procedimentos nos incisivos superiores, caninos, pré-molares e tecidos moles ao redor.
Nervos anestesiados: Nn. alveolares superiores anterior e médio
Técnica de bloqueio regional naso-palatino
Técnica da anestesia troncular do nervo maxilar
Técnica de anestesia do nervo massetérico
Técnica de anestesia do nervo alveolar inferior
Técnica de anestesia do nervo mentual
palpar a crista inferior da órbita
punção 1 cm abaixo
Indicações: procedimentos no terço anterior do palato duro.
Para ser efetiva, levantar o nariz do paciente para cima e para trás.
Indicações: todos os procedimentos cirúrgicos que envolvem fraturas, ressecção de osso, tratamento de seio maxilar e extrações dentárias múltiplas. Necessidade de anestesia de toda a hemimaxila.
Indicações: pacientes com trismo pós-operatório que necessitam novas intervenções
Indicações: trismo pós-operatório e em caso de sepse bucal (intra-oral contra-indicada).
Anestesia N. alveolar inferior e língua
ponto de punção
Após punção, introduzir a agulha perpendicular à pele do rosto até encontrar resistência óssea. Recuar, inclinar a agulha em 45° para cima e penetrar.
Ponto de punção: anterior ao côndilo e inferior ao arco zigomático
linha equidistânte das bordas anterior e posterior da mandíbula e paralela ao ramo da mandíbula
Anestesia região dos incisivos inferiores e mento.
Indicações: procedimentos nessa área, interações cirúrgicas nos tecidos moles.
borda anterior
borda posterior
Técnica da anestesia troncular do nervo mandibular
Técnica de Hartel
3 cm da comissura labial
centro pupilar
cabeça da mandíbula
Técnica tranzigomática
ponto de punção: no centro da "meia-lua" formada
cabeça da mandíbula
processo coronóide
Anestesia todo o nervo mandibular.
Duas técnicas existentes:
palpar forame mentual: próximo aos ápices dos pré-molares inferiores
Full transcript