Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Alcoolismo

No description
by

Solange Henriques

on 22 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Alcoolismo

Alcoolismo Docente:
Filomena Martins Discentes:
Ana Catarina Ferreira;
Filipa Machado;
Inês Silva;
Joana Oliveira;
Solange Henriques; Epidemologia O que é o alcoolismo?

É um conjuntos de processos relacionados com o consumo excessivo do álcool. História do Alcoolismo

Teve origem na pré-história;
A partir de um processo de fermentação natural ocorrido há cerca de 10 000 anos. Tipos de Alcoólicos Abstémico Social Ocasional Excessivo ALCOÓLICO Pré-Patogénese Patogénese Desaparecimento ou sequelas Primária Secundária Terciária Promoção da saúde;
Protecção específica. Diagnóstico precoce ;
Tratamento imediato, rápido e eficaz. Tratamento ;
Reabilitação;
Limitação da incapacidade. Constituida por diversos factores de risco: História familiar Ambiente Sociocultural Distúrbios emocinais Conflítos entre os pais Dificuldade de adaptação
à escola Rejeição Influência Factores Genéticos Nível de prevenção primário:

No início funciona como uma experiência nova;
Com o passar do tempo bebe-se com regularidade e torna-se algo dependente. Assintomática Sintomática Nível de prevenção secundário
Diagnóstico precoce Avaliação clínica do indivíduo por parte de um médico ou da família;
Dificuldade por parte dos clientes em descrever o que se passou devido ao estado em que estavam;
Quando o cliente admite o problema ligado ao álcool é sinal de aprovação ao tratamento. Tratamento imediato, rápido e eficaz – abstinência total O alcoolismo esta associado à negação e o tratamento só inicía quando há uma aceitação ao problema do álcool;

A família e amigos são elementos importantes são eles que levam o cliente a iniciar o tratamento;

O melhor momento para abordar esta questão é na recuperação e não enquanto estiver a beber;

Quando o problema com o álcool é reconhecido o primeiro passo para o tratamento é a abstinência total. Tratamento, reabilitação e limitação da incapacidade Desintoxicação;
Tranquilizantes e sedativos;
Fazer exames;
Doenças que possam surgir;
Hepática;
Problemas de coagulação sanguínea;
Depressão;
Distúrbios psicológicos;
Nesta fase é importante o cliente esforçar-se e ter vontade própria. Alcoolismo em Portugal

O Alcoolismo em Portugal é um dos maiores problemas de saúde pública, tendo consequências dramáticas para a saúde dos portugueses. Etapas do Alcoolismo

Alcoolismo agudo
Dependência alcoólica
Alcoolismo crónico Admitem-se geralmente um milhão de alcoólicos excessivos e cerca de quinhentos mil dependentes. Alteraçoes tissulares Nível de Prevenção Formas de Intervenção Estado da Doença Susceptibilidade Pré-Sintomático Doença Clínica Cura ou Incapacidade Nível de Prevenção Primário:

Existem sinais relativos ao consumo de bebidas alcoólicas que permitirão diagnosticar a presença do álcool no indivíduo, como por exemplo:

Ter ressacas constantes que alteram funcionamento do indivíduo;
Embriagar-se frequentemente;
Omitir as quantidades de álcool digeridas;
Acreditar que é necessário beber para que ocorra diversão;
Falhas de memória relativamente ao sucedido durante a embriaguez. Os indivíduos alcoolizados são portadores de um conjunto de sinais comuns e são eles:

Rubor e edema moderado da face, olhos túmidos, edemas das pálpebras, olhos lacrimejantes;
Hálito com odor alcoolizado;
Descoordenação psicomotora, vertigens e desequilíbrio;
Suores;
Tremor fino nas extremidades;
Hematomas. Sequelas:

O alcoolismo traz grandes problemas e consequências ao indivíduo alcoólico, que na maioria das vezes pode conduzir a acidentes de trabalho, à desorganização no seio familiar, entre outros. INTERVENÇÃO TERAPÊUTICA E PREVENÇÃO DA RECAÍDA

O tratamento do alcoolismo envolve uma intervenção a vários níveis, já que a doença é bastante complexa, quer na sua etiologia quer ainda nas suas implicações sociais, profissionais, familiares, etc.

A intervenção terapêutica destina-se tanto à dependência, como à abstinência do álcool, contando por isso com algumas intervenções:
Psicoterapêuticas - dentro das quais se encontram as terapias de grupo donde a mais conhecida são os Alcoólicos Anónimos (AA);
Psicofarmacológicas. Introdução Conclusão Ingerir bebidas alcoólicas sem ser com moderação, torna-se um problema para a vida de quem bebe e também para os que rodeiam. O álcool é uma droga, provoca vício! Visitados a 9 de Novembro de 2012

http://alimentacaosaudavel.com.sapo.pt/Acerca%20alimentacao/alcoolismo.htm

http://revodonto.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-38882010000200008&lng=es&nrm=iso

Vistados a 10 de Novembro de 2012

http://www.minsaude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/estilos+de+vida/dependenciaalcool.htm

http://www.uc.pt/++preview++/sasuc/ServicosApoioEstudantes/GAP/GAP_Dicas_Alcool.pdf

Baseamo-nos em powerpoints dados na aula Bibliografia Nível de prevenção terciário Índice
Full transcript