Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

The New York Five

No description

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of The New York Five

New York Five
Charles Gwathmey
Charles Gwathmey (19 de junho,1938 - 3 de agosto, 2009), foi diretor do Gwathmey Siegel & Associates Architects, graduado em 1956, pela Fiorello H. LaGuardia High School of Performing Arts, e posteriormente em 1962, recebeu o título de Mestre em Arquitetura, pela University of Pennsylvania.
Cooper Residence
The New York Five
Principais Projetos
Robert Gwathmey Residence (1965); Joseph Sedacca Residence (1968);
Cooper Residence
(1969); The Lloyd Taft House (1979); American Museum of the Moving Image (1988); anexo do Solomon R. Guggenheim Museum (1992); Bay Lake Tower (2009); United States Mission to the United Nations (2011)
ORLEANS, EUA
O problema era criar uma residência para uma família com quatro filhas em uma península, com vista panorâmica para a Baía e oceano. O canteiro de obras foi limitada a uma colina com acesso a partir do norte. Havia uma necessidade de separar suíte master quarto dos pais de quartos das crianças e para construir uma estrutura de garagem e arrumos barco separado.

Arquitetura e Urbanismo
Contemporâneo
Wall House 2
GRONINGEN, PAÍSES BAIXOS
Este projeto, de 1973, foi criado por Hejduk para um colega de faculdade de Connecticut, que, por se tratar de um projeto de alto custo, o deixou (durante muitos anos) sem previsão de ser executado, contudo, após demonstrar um interesse pelo projeto, a companhia holandesa Groningen, decidiu patrocinar a construção de 232m².
Ele se organiza em torno de um eixo central horizontal e um plano vertical, onde a construção conta com oito volumes de diferentes tamanhos e formas, além de cores vibrantes que acentuam a distinção visual entre estes diferentes volumes.
John Hejduk
John Quentin Hejduk (19 de julho,1929 - 3 de julho, 2000), foi um arquiteto americano graduado pela Cooper Union School of Art and Architecture, e Mestre em Arquitetura pela Harvard Graduate School of Design em 1953.
Principais Projetos
House For a Musician (1983); Kreuzberg Tower and Wings (1988); Tegel Housing (1988); Gate House (1991); La Máscara de la Medusa (1998);
Wall House II
(2001)
Referências
"
Introducing The New York Dozen, the anti-movement movement in New York architecture
"11 Ago. 2011. Capital New York. Acessado 23 Out 2014.<http://www.capitalnewyork.com/article/culture/2011/08/2929186/introducing-new-york-dozen-anti-movement-movement-new-york-architect?page=all>
FRACALOSSI, Igor. "
Clássicos da Arquitetura: Wall House 2 / John Hejduk
" 16 Mai 2013. ArchDaily Brasil. Acessado 22 Out 2014. <http://www.archdaily.com.br/90513/classicos-da-arquitetura-wall-house-2-john-hejduk>
"
COOPER RESIDENCE
". Gwathmey Siegel Kaufman Architects llc. Acessado 23 Out 2014. <http://www.gwathmey-siegel.com/cooper-residence/>
GARDINETTI, Marcelo . "
Michael Graves, Casa Hanselmann
" Mar 2013. TECNNE | Arquitectura y contextos. Acessado 24 Out 2014. <http://tecnne.com/?p=5046>
"
Hanselmann House - Michael Graves
" Great Buildings Architecture. Acessado 24 Out 2014.<http://www.greatbuildings.com/buildings/Hanselmann_House.html>
ALLEN, Katherine. "
Em foco: Richard Meier
" [Happy Birthday Richard Meier!] 12 Oct 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Victor Delaqua) Acessado 24 Out 2014. <http://www.archdaily.com.br/146278/feliz-aniversario-richard-meier>
PEREZ, Adelyn. "
AD Classics: Douglas House / Richard Meier & Partners Architects
" 28 May 2010. ArchDaily. Accessed 25 Oct 2014. <http://www.archdaily.com/?p=61276>
HOLANDA, Marina de . "
A Cidade da Cultura / Eisenman Architects
" 15 May 2013. ArchDaily Brasil. Acessado 26 Out 2014. <http://www.archdaily.com.br/44001/a-cidade-da-cultura-eisenman-architects>
MASSAD, Fredy; YESTE, Alicia Guerrero. "
A Arquitetura não é determinante
",
A Cidade da Cultura
, São Paulo, Revista aU|Arquitetura e Urbanismo, ano 24, nº 206, pp.70-72, maio 2011.
"
New York Observer Real Estate
" Acessado 05 Nov 2014 <http://observer.com/2005/12/the-new-york-five/>
"
Architect Michael Graves: A grand tour
" Acessado 05 Nov 2014 <http://www.wttw.com/main.taf?p=88,5>
“Se um pintor pode, através de uma simples transformação, tomar uma vida tridimensional e pintá-la num quadro como uma natureza-morta, poderia ser possível ao arquiteto tomar a natureza morta de um quadro e, através de uma simples transformação, construí-la em vida?” —
John Hejduk.
Michael Graves
Michael Graves (9 de julho,1934) é um arquiteto americano conhecido por pertencer, não somente ao grupo New York Five mas também ao Memphis Group, onde em sua trajetoria, demonstra um facínio pela Nova Arquitetura e Novo Urbanismo Clássica.
Titulado Bacharel em Arquitetura pela University of Cincinnati e Mestre em Arquitetura pela Harvard University, ele atuou como professor emérito pela Princeton University e atualmente dirige a Michael Graves & Associates.
Principais Projetos
Hanselmann House
(1968); Snyderman House (1972); Portland Building (1982); Humana Building (1982); a expansão do Newark Museum (1982); Dolphin Resor (1987); Swan Resort (1987); Michael C. Carlos Museum (1993); De Luwte House (1997); Children's Theatre Company (2001); Louwman Museum (2010); PS/IS 42 (2012)
Casa Hanselmann
FORT WAYNE, EUA
Um dos primeiros projetos de Graves, demonstra através de sua implementação, o vocabulário formal baseado em composições geométricas, que provam o seu facínio pela arquitetura purista corbusiana da década de 20, onde transforma-se gradualmente a figura cúbica.

Hanselmann House Plantas
Organização dos Espaços
Projetada a partir de uma forma cúbica, a casa possui sua entrada principal elevada ao primeiro nível, alcançada através de uma escadaria externa, apresentando as suas áreas sociais, que separa o quarto destinado as crianças (localizado ao nível do solo) e o quarto do casal (localizado no segundo andar).
O acesso formulado por Graves, reformula algumas propostas de Le Corbusier (La Maison Ribot, 1923 e Maison du Tonkin, 1924).
Richard Meier
Richard Meier (12 de outubro de 1934), é um arquiteto americano graduado em arquitetura em 1957 pela Cornell University.
Ficou conhecido por seu estilo abstrato e o uso do branco em seus projetos, e também por ser vencedor do Prêmio Pritzker em 1984 e da medalha de ouro do AIA (American Institute of Architects) em 1997.
Principais Projetos
Douglas House
(1973); Barcelona Museum of Contemporary Art (1995); Rachofsky House(1996); Bodrum Houses(2010); Vinci Partners Corporate Headquarters(2012); Jesolo Lido Village(2013)
Douglas House
Harbor Springs, Michigan
1971 - 1973

Cooper Residence Plantas
Organização dos Espaços
Baseia-se em espaços públicos, sala de estar, sala de jantar, cozinha e separar os dois espaços privados verticalmente. A entrada, em vez de ser no fundo, é por uma rampa / ponte da área de estacionamento e garagem para o nível médio do edifício estar ou. O quarto principal é uma varanda com vista sobre o pé direito duplo espaço e terraço, e se estende por uma plataforma semicircular que é sobre o espaço de refeições abaixo. Quartos das crianças são "dormitório-like" e ao lado de uma grande sala de jogos, toda a abertura para o grau no nível mais baixo.
Peter Eisenman
The New York Five – 1969

Após à participação da "Conferência de Arquitetos para o Estudo do Meio Ambiente" (CASE), no Museu de Arte Moderna de Nova York foram os arquitetos Michael Graves, Peter Eisenman, Richard Meier, Charles Gwathmey, e John Hejduk - logo conhecido como o "New York Five ".

Os brancos vs. The Grays - 1973

Uma vez que uma quadrilha, por assim dizer, tinha conexão e obtido algum reconhecimento, era lógico que as facções rivais em guerra iria começar. Um debate lance-down foi realizado na UCLA entre o New York Five e os seus principais rivais. Estes rivais, incluindo Robert AM Stern, eram popularmente chamado de Grays, enquanto os Cinco foram chamados os brancos.
Peter Eisenman (Newark, 11 de agosto de 1932) é um arquiteto e teórico da arquitetura norte-americana, um dos principais representantes do desconstrutivismo.
Principais Projetos
House VI, Cornwall (1972); Wexner Center for the Arts (1989); Greater Columbus Convention Center(1931); Aronoff Center for Design and Art(1962); Cidade da Cultura da Galiza(1999); Il giardino dei passi perduti(2004); Memorial aos Judeus Mortos da Europa(2005); University of Phoenix Stadium(2006);

Wall House 2 - Plantas
Leitura do espaço
Dividida entre espaços públicos, semi-públicos e privados, o projeto que é considerado uma nova leitura da arquitetura corbusiana, possui em sua fachada principal, quatro volumes ordenados verticalmente, e em sua fachada oposta, os outros quatro volumes ordenados horizontalmente, em seu extremo encontra-se a entrada principal.
"A brancura permite que as ideias arquitetônicas sejam entendidas de forma mais clara - a diferença entre opacidade e transparência, cheio e vazio, estrutura e superfície, elas possuem maior clareza."—
Richard Meier
Douglas House - Plantas
Cidade da Cultura - Plantas
Organização dos Espaços
Cidade da Cultura
SANTIAGO DE COMPOSTELA,ESPANHA
O projeto “A cidade da cultura”, se deu através de um concurso, em que o arquiteto Peter Eisenman venceu, por volta do ano de 1999. A construção está prevista para ser retomada em 2014, pois, ultrapassou as expectativas orçamentais. Foi gasto até o momento, 300 milhões de euros."

Corte
Planta
Planta
Perspectiva
Planta
Planta 2º pavimento
Elevação
Corte
Elevação
Corte Longitudinal
Planta 1º pavimento
Corte
Planta Pavimento térreo
Planta 1º Subsolo
Planta térrea
Planta Telhado
Cortes
Plantas
Cortes
Elevação
Elevação
Plantas

Ana Carolina Silva
RA: 20461037
Erika Moraes
RA: 20629207
Carla Tumani
RA: 20502118
Natalia Stefani
RA:
Hernandes Afonso
RA: 20090083
Em reação a cinco arquitectos , um ensaio crítico intitulado "Five on Five" apareceu no maio 1973Architectural Forum , rejeitando a "preto e branco" visão de mundo do New York Five - e a abstração, o formalismo e a pureza dos princípios modernistas.
Resumindo a posição do "Grays", como eram conhecidos, Robert AM Stern escreveu mais tarde, "edifícios" cinza "tem fachadas que contam histórias. Estas fachadas não são o véu diáfano da arquitetura moderna ortodoxa, nem são a afirmação de segredos estruturais profundas. "Isso foi em oposição às idéias dos" brancos ", como os modernistas foram chamados.
Embora os dois grupos não foram completamente polar em seus pontos de vista, o animado debate que promoveu ganhou força e atraiu a atenção da mídia ao longo dos próximos anos (e pode até ter ajudado a estabelecer alguns deles como futuro "starchitects").
Conclusão
Corte

O Douglas House está situada dramaticamente em um local isolado, que desce para o Lago Michigan. Tão
íngreme é a queda da terra a partir da estrada até a água que a casa parece ter sida entalhada no local, um objeto usinado empoleirado em um mundo natural. A entrada para a casa se estende para além da envolvente do edifício. Aqui, como o grau de declive acentuado do terreno requer a casa a serem inseridas no nível do telhado, ela assume a forma de uma ponte voadora que parece cortar a parte superior do plano frontal.
Uma vez dentro do vestíbulo de entrada, a vista se abre para o oeste, até ambos os níveis de estar e jantar, e para um grande deck com vista para o Lago Michigan telhado. Como nas Smith e Hoffman casas, a sala de estar lareira está localizado em frente à entrada, mas, neste caso, é de dois andares abaixo. Ao nível do telhado, as suas chaminés de aço inoxidável agir como uma folha para a entrada e enquadrar a vista. Move-se ao longo de circulação horizontais abertos quatro corredores, empilhados um sobre o outro por trás de uma parede de tela. Escadas internas e externas fornecer passagem vertical nos cantos.
20254831
"Não sou rebelde, obedeço ao meu próprio ritmo. Consigo continuar a construir. Construo um em cada vinte projetos que desenho, mas prefiro esta solução a repetir continuamente o que já tinha feito anteriormente." (Peter Eisenman)

O projeto é composto por seis edifícios: o Museu de História da Galícia e a Casa Mundo, a Biblioteca e Hemeroteca, o Cenário Obradoiro e o Edifício de Serviços Centrais. Atualmente a obra esta suspensa e somente quatro edifícios foram construídos.
Analisando as obras dos cinco arquitetos, podemos observar características semelhantes entre eles, principalmente por seguirem os aspectos corbusianos.
A frase de Le Corbusier: "
por lei, todos os edifícios deviam ser brancos
" demonstra a linha de pensamento desses arquitetos, em sua utilização de formas volumétricas primárias em concreto armado, despida de revestimento e qualquer esforço artificial de ornamentação.





Obviamente, eu não poderia criar meus edifícios sem conhecer nem amar as obras de Le Corbusier. Le Corbusier exerceu uma grande influência sobre meu modo de criar o espaço(...)Todos nós somos influenciados por Le Corbusier(...) Se quebramos com as tradições ou reforçamos estas tradições, ainda somos ligados ao passado. Nós evoluímos.
” (Richard Meier).
Full transcript