Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Acentuação Gráfica da Língua Portuguesa

Regras vigentes atualmente na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)
by

Jean Azevedo

on 18 August 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Acentuação Gráfica da Língua Portuguesa

Ortografia Acentuação Gráfica A ortografia é a parte da Gramática que trata da escrita das palavras. Apesar de oficialmente sancionada, a ortografia não é mais do que uma tentativa de transcrever os sons de uma determinada língua em símbolos escritos. Esta transcrição é sempre por aproximação e raramente é perfeita e isenta de incoerências. A acentuação gráfica consiste na aplicação de certos sinais escritos sobre determinadas letras para representar o que foi estipulado pelas regras de acentuação do idioma. Entre estes sinais estão os diversos acentos gráficos: o acento agudo ( ´ ) - colocado sobre as letras "a", "i", "u" e sobre o "e" do grupo "em", indica que essas letras representam as vogais tônicas da palavra: carcará, caí, armazém. Sobre as letras e e o, indica, além de tonicidade, timbre aberto: lépido, céu, léxico.
o acento circunflexo ( ^ ) - colocado sobre as letras "a", "e" e "o", indica, além de tonicidade, timbre fechado: lâmpada, pêssego, supôs, Atlântico.
o til ( ~ ) - indica que as letras "a" e "o" representam vogais nasais: alemã, órgão, portão, expõe, corações, ímã.
o acento grave ( ` ) - indica a ocorrência da fusão da preposição "a" com os artigos "a" e "as", com os pronomes demonstrativos "a" e "as" e com a letra "a" inicial dos pronomes aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo: à, às, àquele, àquilo. CONCEITOS
As palavras podem ser classificadas de acordo com sua sílaba tônica:
OXÍTONAS - última sílaba mais forte.
PAROXÍTONAS - penúltima sílaba mais forte.
PROPAROXÍTONAS - antepenúltima sílaba mais forte. Regras Básicas proparoxítonas - são todas acentuadas. Têm a antepenúltima sílaba tônica e, nesse caso, é a sílaba que leva acento. A vogal com timbre aberto é acentuada com um acento agudo, já a com timbre fechado ou nasal é acentuada com um acento circunflexo. É o caso de: lâmpada, relâmpago, Atlântico, trôpego, Júpiter, lúcido, ótimo, víssemos, flácido. paroxítonas - são as palavras mais numerosas da língua e justamente por isso as que recebem menos acentos. Têm a penúltima sílaba tônica. São acentuadas as que terminam em:

"i", "is": táxi, beribéri, lápis, grátis, júri.
"u", "us", "um", "uns", "on", "ons": vírus, bônus, álbum, parabélum, álbuns, parabéluns, nêutron, prótons.
"l", "n", "r", "x", "ps": incrível, útil, ágil, fácil, amável, éden, hífen, pólen, éter, mártir, caráter, revólver, destróier, tórax, ônix, fênix, bíceps, fórceps, Quéops.
"ã", ãs", "ão", "ãos": ímã, órfã, ímãs, órfãs, bênção, órgão, órfãos, sótãos.
ditongo oral, crescente ou decrescente, seguido ou não de s: água, árduo, pônei, cáries, mágoas, jóquei, jóqueis. Atenção:
As paroxítonas terminadas em "en" não recebem acento no plural: hifens, polens, semens. oxítonas - Têm a última sílaba tônica. São acentuadas as que terminam em:
a, as: Pará, vatapá, estás, irás, cajá.
e, es: você, café, Urupês, jacarés.
o, os: jiló, avó, avô, retrós, supôs, paletó, cipó, mocotó.
em, ens: alguém, armazéns, vintém, parabéns, também, ninguém. monossílabos tônicos - são acentuados os terminados em:
"a", "as": pá, vá, gás, Brás, cá, má.
"e", "es": pé, fé, mês, três, crê.
"o", "os": só, xô, nós, pôs, nó, pó, só. ditongos - abertos tônicos quando em palavras oxítonas
"éi": anéis, fiéis, papéis
"éu": céu, troféu, véu
"ói": constrói, dói, herói hiato - "i" e "u" nas condições:
sejam a segunda vogal tônica de um hiato;
formem sílabas sozinhos ou com s na mesma sílaba;
não sejam seguidas pelo dígrafo "nh";
não forem repetidas (i-i ou u-u);
não sejam, quando em palavras paroxítonas, precedidas de ditongo;

ex.: aí: a-í; balaústre: ba-la-ús-tre; egoísta: e-go-ís-ta; faísca: fa-ís-ca; viúvo; vi-ú-vo; heroína: he-ro-í-na; saída: sa-í-da; saúde: sa-ú-de. Acento diferencial - é utilizado para diferenciar palavras de grafia semelhante. É obrigatório nos seguintes casos:

pôde (pret. perf. do ind. de poder) - pode (pres. do ind. de poder)
pôr (verbo) - por (preposição)
têm (terceira pessoa do plural do verbo ter) - tem (terceira pessoa do singular do verbo ter)
Os derivados do verbo ter têm na terceira pessoa do singular um acento agudo "´", já a terceira pessoa do plural tem um acento circunflexo "^" mantém - mantêm
vêm (terceira pessoa do plural do verbo vir) - vem (terceira pessoa do singular do verbo vir)
Os derivados do verbo vir têm na terceira pessoa do singular um acento agudo "´", já a terceira pessoa do plural tem um acento circunflexo "^" provém - provêm

Após a Reforma Ortográfica, o acento diferencial foi quase totalmente eliminado da escrita, porém, obviamente, a pronúncia continua a mesma. Casos em que o acento diferencial é opcional:

Acento diferencial do pretérito: chegámos (1ª pessoa do plural no pretérito - indicativo) chegamos (1ª pessoa do plural no presente - indicativo)
fôrma (substantivo) - forma (substantivo e verbo) Produção Jean de Medeiros Azevedo Contato:
jeanletras@bol.com.br
jean.let@hotmail.com
Full transcript