Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O narrador

No description
by

Margarida fernandes

on 18 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O narrador

A inaudita guerra da avenida gago coutinho: O narrador
B.I. do narrador
Nome: Narrador da história "A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho".

Presença: não participante
Focalização/ciência: Omnisciente

O leitor lê/compreende o conto através do olhar do narrador, que é uma entidade omnisciente (sabe tudo) e que controla totalmente a narração. Esta visão omnisciente faz com que ele tenha uma posição de superioridade e que acentue a ironia e a parte humoristica.

Bio/netgrafia:
http://profpaulo.weebly.com/inaudita-guerra-avenida-gago-coutinho.html
http://mestrefinezas.wordpress.com/8-%C2%BA-ano-turmas-a-b-e-c/

Textos 8ºano

A Inaudita Guerra da Avenida Gago Coutinho
realizado por: Margarida Fernandes nº 31, Sofia Nunes nº 26, Daniela Serra nº 10. 8ºE
O narrador
Presença: não participante.
Focalização/ciência: omnisciente.


Transmite dois pontos de vista:
negativa – ridiculariza as forças policiais lisboetas;

positiva – favorece as tropas árabes.

O narrador é não participante porque fala na 3º pessoa do singular e não faz parte da história como personagem apenas a relata.

Presenças textuais:

"Entretanto, Ibn-el-Muftar via pela frente uma grande multidão
apeada apostrofava os seus soldados." (l.64-65)

Presenças textuais:

"Ibn-el-Muftar (...) soltou um suspiro d e alivio resolveu arrepiar caminho, e desistiu de atacar Lixbuna."
Posição: Subjetivo
O narrador é subjetivo pois durante a narração dá a sua opinião da história
.

Presenças textuais:
"
Quanto à deusa Clio foi privada de Ambrosio durante mais de quatrocentos anos, o que convenhamos não é seguramente castigo dissuasor,..."
Subjetividade
Full transcript