Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Retrato físico e psicológico de Maria de Noronha

No description
by

Sofia Santos

on 8 February 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Retrato físico e psicológico de Maria de Noronha

Retrato físico e psicológico
de Maria de Noronha FIM Na peça Frei Luís de Sousa, Maria de Noronha, filha de D. Madalena de Vilhena e de Manuel de Sousa Coutinho, é apresentada como sendo uma rapariga com apenas 13 anos de espirito frágil, principalmente devido à sua doença de tuberculose.
Dona de uma personalidade bastante pura, demonstra ser sonhadora, curiosa e ter uma inteligência fora do normal. A sua alma infantil e certa ingenuidade, contradizem a características de um espírito adulto que refletem uma personagem pouco real. É o protótipo da mulher-anjo, tão do agrado dos românticos, Maria é demasiado angélica para ser verdadeira. A sua dimensão psicológica resulta, por isso, contraditória, ao revelar comportamentos, simultaneamente, de criança e de adulto. Tem uma grande curiosidade e espírito idealista. Ao pressentir a hipótese de ser filha ilegítima sofre moralmente. Será ela a vítima sacrificada no drama.
Maria é, então, a prova concreta da situação ilegítima de seus pais, a prova do crime por eles cometido e, como tal, não sobrevive. Esta morreu não só pela sua doença mas também por vergonha (“Minha mãe, meu pai, cobri-me bem estas faces, que morro de vergonha morro, morro de vergonha“) D.Madalena de Vilhena(mãe): Para esta personagem, Maria é vista como um pequeno anjo, frágil, inocente e que necessita de um cuidado constante.
Telmo Pais (criado/amigo): Para esta personagem, Maria é o amor da sua vida, forte e determinada, inteligente até demais.
Manuel de Sousa Coutinho (pai): Para esta personagem, Maria é a coisa mais importante da sua vida, visto que é a sua unica filha.
Jorge (tio): Para esta personagem, Maria é vista como uma criança com ideias "malucas". Maria aos olhos das restantes personagens Trabalho realizado por:
* Maria Inês Samara nº 16
* Rute Dias nº 22
* Sofia Brandão nº 24 Opinião do grupo Na opinião do grupo, Maria demonstrou ser uma personagem que apesar da sua tenra idade tem uma personalidade forte e possuidora de uma grande inteligência.
O seu final foi trágico, mas desde o inicio da peça haviam indicios da sua morte, o que não suscitou qualquer supresa.
Full transcript