Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

FPAC - Construção de um texto em ABNT

Aula sobre as principais dicas de um texto em ABNT
by

Guy Almeida Jr.

on 12 May 2018

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FPAC - Construção de um texto em ABNT

Por que existem as normas da ABNT?
Divisões do texto
Formatação
Papel:
A4 – cor branca
Dúvidas, contate o professor.
Fonte: https://www.normaseregras.com/normas-abnt/

Construção de um texto em ABNT
Top Five Tretas
Para dar seriedade e padrão ao texto acadêmico. Facilitando, assim, a compreensão dos pares (demais pesquisadores)
Parte 1
Elementos pré-textuais
Parte 3
Parte 2
Elementos pós-textuais
Elementos textuais
Capa – (Elemento obrigatório) deve constar: O nome da Instituição, Curso, Autor, Título, Cidade e Ano.
Resumo em Língua Estrangeira- Abstract – Trata-se do mesmo resumo transcrito e traduzido para o inglês. Resumén (espanhol)
Resumo – Um único parágrafo de 150 à 500 palavras. Ao final devem estar escritas as palavras-chave. Deve apresentar objetivos, o caminho (método) e os resultados prévios.
Epígrafe- É opcional nas Normas ABNT. Neste espaço o autor faz uma citação, apresentando os embasamentos feitos para seus estudos. Ex. "Segurar essa barra que é gostar de você" -Luis Carlos (Raça Negra)
Agradecimentos- Espaço para agradecer aos que o impulsionaram a chegar ao final do curso.
Dedicatória – É um espaço reservado à dedicatórias. O autor do projeto deve dedicar seu trabalho.
Folha de Aprovação- (obrigatória) Nesta folha é lançada posteriormente o resultado. Nela constam os nomes do orientador e dos examinadores.
Errata – Só haverá necessidade se for preciso algum tipo de correção.
Folha de rosto– (obrigatória). devem constar os itens abaixo: Nome do autor, Título do Trabalho, Cidade, Ano, Breve descrição do trabalho, onde deve estar incluído o objetivo e o nome do Orientador.
Lombada- (opcional). Utilizada em trabalhos encadernados. Parte lateral da obra.
O texto deve ser dividido em três partes:
Devem constar após o texto:
Consideções finais – Esta parte é a finalização de todo o estudo. Aqui o tema tratado é concluído e os resultados são apresentados.
Desenvolvimento – É a parte do trabalho onde a ideia é exposta e desenvolvida. Aqui você deve tratar do assunto, detalhando. É a principal parte do projeto.
Introdução – Trata-se de um texto introdutório, onde são citados os assuntos, a justificativa e o objetivo.
Apêndice – É opcional nas Normas ABNT – São documentos criados pelos autores que são agregados à obra para fins de apoio à argumentação. Nesta parte são incluídos os questionários, entrevistas, tabulação de dados, etc.
Glossário – É um item opcional. Trata-se de uma listagem que contém as palavras desconhecidas ou de sentido obscuro, com seus significados.
Anexo – É opcional. Documentos agregados à obra (retirado de fontes externas) para fins de comprovação de dados ou ilustração. Ex. Recortes de jornal
Referências – Item obrigatório em qualquer obra acadêmica. Lista numerada em ordem alfabética, onde encontram-se os títulos consultados para a criação da monografia.
Alinhamento do texto:
O texto do trabalho deve estar justificado para que fique alinhado às margens esquerda e direita.
Parágrafos / Espaçamento:
1,5 entre linhas; 6pt entre parágrafos
Margens:
Direita e inferior: 2cm / Esquerda e superior: 3cm
Fonte:
Times New Roman ou Arial- tamanho 12 – cor: preta. Nas citações com mais de 3 linhas, notas de rodapé deve-se usar fonte 11. Legendas e tabelas a fonte deve ter o tamanho 10.
Itálico: Deve ser usado nas palavras de outros idiomas. Esta orientação não se aplica às expressões latinas apud e et al.
A formatação exigida pelas Normas ABNT são:
Espaçamento, parágrafo e alinhamento
Ctrl+5 (sobre o texto) = alinhamento 1,5
Parágrafo: depois 6 pt
Alinhamento justificado: Quadrado.
Criar estilo para as formatações.
Figuras, tabelas e quadros
Figuras: imagens ou diagramas.
Tabelas: Grades com dados que possuem operações matemáticas. Ex.: Estatísticas.
Quadros: Grades ilustrativas sem operações matemáticas
PS: Todos devem ter identificação (Figura XX, legenda e fonte. Listar todos no início, antes do sumário)
Sumário e títulos
Criar estilo para cada nível de título (ex. Título 1, Título 2, subtítulos etc.). Assista ao vídeo:
Como fazer citação
Todo e qualquer texto que for retirado de uma fonte externa deve ter sua origem indicada, no seguinte formato: (SOBRENOME DO AUTOR, ANO,p.XX).
Citações de até três linhas devem estar entre aspas e integrar o corpo do texto. Citações com mais de três linhas são feitas em parágrafo separado, sem aspas, redigidas em corpo 11, espaço entre linhas simples, com recuo de 2,5 cm na margem esquerda, e 6 pts de espaçamento após o parágrafo.
Como fazer citação
As citações podem ser diretas (ipsis literis). Ex. Diante disso, o geógrafo nos ensina que “o nexo Estado-finanças funciona há muito tempo como o ‘sistema nervoso central’ da acumulação do capital” (HARVEY, 2011, p. 52).
Como fazer citação
apud: (do latim junto a; em; perto de) citado por, conforme, segundo – pode, também, ser usada no texto e em nota de rodapé. De forma geral, recomendamos a não utilização do apud no seu texto. Você só deve utilizá-lo para citar obra difícil de ser encontrada ou artigos raros.
E indiretas, ou releitura do pensamento do autor. Ex. Em outras palavras, podemos compreender a heterotopia como um espaço outro em relação à dinâmica que está fora dele. (FOUCAULT, 2009)
Fonte: https://blog.fastformat.co/abnt-cf-apud-et-al-et-seq-idem-ou-id-ibid-op-cit-passim-loc-cit/
et al.: deve ser lido como “e outros”, sendo uma abreviação do latim et alii ou et alia. Usado quando uma obra tem muitos autores, com o objetivo de não comprometer a legibilidade do texto, podendo ser utilizada tanto na citação ao longo do texto quando no texto da referência.

Como fazer citação
idem ou id. – (do mesmo autor) – quando citamos (na sequência) diferentes obras de um mesmo autor podemos usar essa expressão para substituir o seu nome.
Fonte: https://blog.fastformat.co/abnt-cf-apud-et-al-et-seq-idem-ou-id-ibid-op-cit-passim-loc-cit/
ibidem ou ibid. – (na mesma obra) – quando citamos (na sequência) a mesma obra várias vezes e a única diferença é o número das páginas.

Referências
Para criar as referências de modo automático, assista ao vídeo
Grato
Prof. Guy Almeida Jr.
Full transcript