Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Suicidio

Aula da disciplina Saúde Mental sobre suicídio.
by

Glauco Cardoso

on 18 December 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Suicidio

Suicídio ou Tentativa?
O que é Suicídio?
Como ocorre?
Homem ou mulher??
Os jovens ou os velhos?
O enfoque ético traz duas visões subjetiva ou objetiva do suicídio
Por suicidio entende-se a ação mediante a qual uma pessoa se inflige a morte, intencionalmente, por ato ou pela omissão de alguma coisa que conserve a vida.
Nas tentativas de suicídio, geralmente se usam meios chamados “fracos” (gás, ingestão de drogas, etc.) e geralmente se age por motivos amorosos e familiares.
Segundo estudos da Organização Mundial de Saúde os homens se matam muito mais que as mulheres e as mulheres tentam muito mais que os homens.
Quanto à idade os velhos que mais se matam
O enfoque ético
Suicídio...
Tais atos ou omissões, porém devem ser “intencionais”, ou seja, fruto de uma ponderação e decisão conscientes, nunca feitos num estado de loucura ou por algum arrebatamento incontrolável. Também não é propriamente falando suicídio a “tentativa de suicídio”
Nos suicídios, a causa costuma ser por um desastre grave, por enfermidades incuráveis, fracassos econômicos ou pena judiciária muito pesada.
Nas tentativas, gesto é quase sempre pouco refletido e impulsivo, enquanto no suicídio o gesto é resultado de muita análise e ponderação.
No suicídio, predomina a idéia subjacente de autodestruição
Diz-se que quem tenta o suicídio está lançando um “apelo”, um desesperado grito de socorro.
As mulheres usam meios menos violentos que os homens, utilizando-se, mais que seus companheiros, do envenenamento por produtos farmacêuticos.
nos jovens é maior a incidência de tentativas.
Pode-se destacar uma lei no suicídio: quanto mais avançada a idade, tanto a frequência.
As relações suicídio
desemprego e suicídio-crise não nos autorizam a inferir leis gerais.
Percebe-se que a pobreza econômica não é a única determinante.
Para que ela tenha efeito suicidógeno, é necessário que se combine com isolamento. Pobre ou rico, o ser humano se mata em estado de isolamento.
a primeira busca responsabilizar a pessoa que se suicida ou tenta o suicídio, quando não havia compreensão dos fatores que levam a pessoa realizar isto era relevante
mas atualmente, não cabe a responsabilização da pessoa e sim a prevenção do ato no menor indicio de intenção de suicídio.
Cabe ao profissional de enfermagem maturidade para atender o paciente de forma holística, identificando todos os sinais e sintomas que necessitem de atenção e assistência e nos pacientes que estão recuperando de suas lesões por tentativas de suicídio o profissional precisa vencer qualquer preconceito para atendê-lo de forma integral e sobre tudo garantido a dignidade da pessoa.
Aqueles que tiram a própria vida estão emocionalmente perturbados e agem compulsivamente, ou então a responsabilidade é tão distorcida pela angustia que a liberdade de escolha esta totalmente comprometida.
“ O suicídio é a tentativa do homem de dar um último sentido humano a vida que se tornou sem sentido e um ultimo golpe na autojustificação” Dietrich Bonhoffer.
Full transcript