Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Coagulaçao

No description
by

Marco Marques

on 23 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Coagulaçao

O papel do Laboratório
1- Providenciar resultados fiáveis
Vários estudos descrevem estabilidades para TTPa superiores a 4 h




Adcock et al. The effect of time and temperature variables on routine coagulation tests. Blood Coagul Fibrinolysis 1998; 9: 463-470.

Rao et al. Stability of protrombin time and activated partial tromboplastin time tests under different storage conditions. Clin Chim Acta 2000; 300: 13-21

Zurcher et al. Stability of coagulation assays performed in plasma from citrated whole blood transported at ambiente temperature. Tromb Haemost 2008; 99: 416-426
Colheita
Volume de Amostra
Colheita
Identificação do paciente
Nome completo
Data de nascimento
Rejeição de Amostras
Amostras não ou mal identificadas
Amostras de sangue total congeladas
Amostras refrigeradas (TP, vWF e factor VIII)
Colheita para anticoagulante errado*
Colheita/armazenamento em tubos com superfície activadora (vidro, poliestireno)*
Hemólise acentuada
Presença de coágulo(s)
Volume de amostra inadequado*
Hematócrito
Variáveis Pré-analíticas
Provas de Coagulação
Métodos Analíticos
Funcionais
Coagulometria (PT, aPTT, etc.)
Cromogénicos (Proteína C, Factores da coagulação, antitrombina, etc.)
Imunológicos
ELISA (antitrombina, factores da coagulação, etc.)
Biologia Molecular
(factor V de Leiden, mutação do gene da protrombina, etc.)
Programas de CQI
e
AEQ
CLSI H21-A5
Um procedimento de rejeição de amostras não garante ao laboratório um controlo sobre a fase pré-analítica*
2- Identificar variáveis pré-analíticas passíveis de afectar o resultado

Amostra identificada na presença do paciente
As
guidelines
devem ser estritamente cumpridas e quaisquer desvios devem ser evitados a não ser que o seu impacto nas provas de coagulação seja bem conhecido.
Colheita, Processamento e Armazenamento
CLSI. H21-A5

I. Mackie
Guidelines on the laboratory aspects of assays used in haemostasis and thrombosis.
British Commitee of Standards in Haematology, 2012
Colheita

Identificação
Anticoagulante
Under-filling of specimen tubes containing 3.8% sodium citrate prolongs PT and aPTT results compared to 3.2% sodium citrate.
Am J Clin Pathol. 1998;109:754-757
CLSI e OMS recomendam a utilização de citrato a 3,2% (105 a 109 mmol/L)
Razão
sangue total/citrato de sódio=
9:1
Colheita
Ordem de Colheita
1ª amostra a ser colhida
Não é necessário tubo de descarte
Volume insuficiente de amostra:
diluição da amostra
tempo de formação do coágulo
excesso de citrato
Coagulação
Prolongamento artificial do TP e TPPa
Não é um fenómeno usualmente reconhecido
Implementar um procedimento
Transporte
Processamento
Temperatura ambiente
Refrigeração
Possível activação do factor VII
factor de von Willebrand
Disrupção de plaquetas
Evitar temperaturas extremas
Tempo até ao processamento não deve exceder 4h ( factores lábeis V e VIII)
CLSI H21-A5
CLSI H3-A6
CLSI H21-A5
Centrifugação a 1500g, 15min
Presença de coágulos
Existência de Hemólise
Antes da centrifugação, verificar:
Armazenamento
Variáveis que determinam a estabilidade da amostra
Depois da centrifugação, verificar:
Condições ideiais
Centrifugação < 1h após a colheita

Amostras testadas até 4h após a colheita
Estabilidade em sangue total
Estabilidade em plasma
Não refrigerar!
Prova a ser efectuada

Temperatura de armazenamento

Sistema de colheita

Reagente

Equipamento
Resultados
Estudo de estabilidade de amostras de sangue total para provas de coagulação de rotina
Método
Seleccionados17 voluntários
7 em terapêutica com antagonistas da vitamina K

Colheita efectuada com sistema de vácuo, para 4 tubos de citrato de sódio a 3,2%

As amostras foram centrifugadas a 1500g, 15min e testadas de imediato após:
<1h, 4h, 8h, 24h à t.a.
Tabela 1: TP e Factor V
Tabela 2: TTPa e Factor VIII
Conclusões
Amostras para
TP
em sangue total (t.a.) são estáveis até 24h
Amostras para
TTPa
em sangue total são estáveis até 24h à t.a.
O prolongamento do PT e do aPTT às 24h é devido ao decréscimo da actividade do FV e do FV e FVIII respectivamente
CLSI H21-A5: "devem ser efectuados estudos internos para validação da sua estabilidade por períodos superiores."
"Não pode haver maior cegueira, nem mais cega, que um homem ser cego, e cuidar que o não é."
Padre António Vieira
Full transcript