Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As substâncias que compõe os alimentos industrializados e su

No description
by

Isabella Câmara

on 22 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As substâncias que compõe os alimentos industrializados e su

Alimentos industrializados
e o mundo moderno:
» ANTIOXIDANTES: Previnem a deterioração dos
alimentos por mecanismos oxidativos. Os mais usados
são ácido benzoico, nitratos e nitritos. Podem causar
alergia, distúrbios gastrointestinais, dermatite, aumento
de mutações genéticas, hipersensibilidade, câncer gástrico
e do esôfago.
Aditivos químicos mais comuns e suas consequências:
As substâncias que compõe os alimentos industrializados e sua relação com a saúde humana
» CORANTES: sendo naturais ou sintéticos, são tóxicos.
Certos corantes permitidos no Brasil (a exemplo do Allura)
foram proibidos em vários países (como o Canadá),
porque podem causar reações alérgicas, convulsões e câncer.
» Devido à sua praticidade, os industrializados ocupam uma parcela cada vez maior no mercado de alimentos. Definitivamente, os industrializados vieram para ficar, pois representam uma solução confortável para a vida corrida de um mundo cada vez mais globalizado.
Alimentos industrializados e suas consequências:
» Alergias;
» Doenças cardiovasculares;
» Câncer, em casos mais graves.
Alimentos industrializados:
» Os fabricantes de produtos industrializados usam diversos aditivos químicos para tornar o produtos mais atrativo, durável e prático.
» Os mesmos São eles
os responsáveis por dar
sabor, cheiro e aspecto
naturais aos alimentos
industrializados.
» Os mais comuns são
os corantes, aromatizantes, conservantes, antioxidantes, estabilizantes e acidulantes.
» UMECTANTES: responsáveis por
manter o alimento úmido e macio.
No coco ralado, por exemplo, é
adicionada glicerina. Podem causar
distúrbios gastrointestinais e da
circulação pulmonar.
» FLAVORIZANTES: são responsáveis
por dar ao produto sabor característico
ao natural. Podem causar câncer e alergias.
Aditivos químicos mais comuns
e suas consequências:
» ACIDULANTES: aumenta a acidez e intensifica o sabor. Pode ajudar na conservação. Quando usados demasiadamente, podem provocar cirrose hepática, descalcificação dos dentes e dos ossos.
» GORDURA TRANS: é a gordura vegetal transformada em
gordura sólida. É usada para dar crocância e consistência aos produtos industrializados. Causa obesidade, câncer de mama e doenças cardivasculares, em decorrência do aumento do
colesterol ruim e da diminuição do colesterol bom.
Aditivos químicos mais comuns
e suas consequências:
Os grandes vilões:
» Hambúrgueres
» Salsichas
Possuem alto índice de nitrito, um conservante que pode produzir nitrozanina, substância altamente cancerígena.
Os grandes vilões:
» Biscoitos
» Salgadinhos
» Tortas e bolos prontos
» Pão de forma
» Margarina
» Requeijão
» Pipoca de microondas
Possuem alto índice de gordura vegetal hidrogenada, conservantes, antimofos e corantes, substâncias que causam obesidade, aumento do colesterol e câncer.
Então, é bom abrir o olho e ler os rótulos dos alimentos, onde é exibido, por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), todos os componentes químicos do produto. Saúde em priemeiro lugar!
Integrantes:
Carolina Teixeira, 05
Isabella Câmara, 15
Luiza Câmara, 20
Full transcript