Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Satélites e Movimento Circular Uniforme

Física - 11.º ano, por Marília Peres
by

on 5 November 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Satélites e Movimento Circular Uniforme

3, 2, 1
Partida!
Global Positioning System, GPS

Período de 12 horas

Gravitam em diferentes orbitas.

Distam cerca de 20200 km da Terra


Satélites Geoestacionários
Satélites e Movimento Circular Uniforme
By: Marília Peres
Órbita Equatorial

Também Newton.
Ele explicou este fenómeno
Era suficiente para os nossos antepassados. Era relativamente inútil compreender as leis de todo o Universo
com a lei da gravitação universal
g
o
ç
a
t
i
v
a
r
ã
Mas veio Einstein.
Isso fica para outra história....
ÓRBITA POLAR



- Enviar sinais para determinação da posição, como no caso do sistema GPS;
- Sistemas de comunicação de informação a longas distâncias;
- Transmitir sinais-rádio para emissões televisivas e radiodifundidas;
- Meteorologia;
- Investigação;
- Etc ...

Aplicações dos Satélites


- Período de 24 horas.

- Distam cerca de 35876 km da Terra.

- Gravitam em orbitas geoestacionárias

- Velocidade orbital de 3,0 km/s.

Satélites e Força Gravítica

Para que um corpo consiga escapar à força gravitacional terrestre, é necessário que adquira uma velocidade de valor muito elevado – cerca de 40 000 km h-1.


Só os foguetões conseguem atingir esta velocidade e colocar os satélites em órbita terrestre.

Movimento Circular Uniforme
O corpo descreve uma circunferência com velocidade de módulo CONSTANTE.
O vector velocidade é tangente à trajectória circular.

Movimento Circular Uniforme
Como a direcção do
velocidade linear varia
constantemente, à medida que descreve a trajectória, vai existir
aceleração
.
A
aceleração centrípeta
representa-se por um vector perpendicular ao vector velocidade (com direcção
radial
) e orientado
para o centro da trajectória
.
E o que faz mover os satélites?
Talvez já tenham visto uma maçã cair da árvore...
Mas o que são satélites?
Um satélite artificial é qualquer corpo feito pelo homem e colocado em órbita ao redor da Terra ou de qualquer outro corpo celeste.

Até hoje já foram efetuados milhares de lançamentos desses corpos ao espaço, mas a maioria já está desativada. Quando ocorrem falhas no lançamento ou no próprio satélite, partes dos mesmos podem ficar orbitando o planeta por tempo indefinido, formando o lixo espacial.
O primeiro satélite foi lançado em 1957 pela URSS.
Ele não tinha nenhuma função, a não ser transmitir um sinal de rádio, "beep", que podia ser sintonizado por qualquer radio-amador.
Telescópio espacial Hubble é um satélite astronómico artificial não tripulado que transporta um grande telescópio para a luz visível e infravermelha. Foi lançado pela NASA - em 1990, a bordo do vaivém espacial Discovery (missão STS-31).
Este telescópio já recebeu várias visitas espaciais da NASA para a manutenção e para a substituição de equipamentos obsoletos ou inoperantes.
O HUBBLE
O SPUTNIK
Neste caso a força resultante é devido unicamente à
força gravítica
, logo tem uma direcção radial e é dirigida para o centro.
Rosetta
Rosetta
é uma sonda espacial construída e lançada pela Agência Espacial Europeia (ESA) com a missão de encontrar-se no espaço e fazer um estudo detalhado do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko, que viaja entre as órbitas da Terra e de Júpiter.
Disciplina de Física e Química A - Unidade 1 do 11º Ano
Full transcript