Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sinalizações em laboratório, prevenção de acidentes e análise de risco

No description
by

Beatriz Apgaua

on 4 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sinalizações em laboratório, prevenção de acidentes e análise de risco

Falar sobre as sinalizações é muito importante, pois é preciso conhecer os reagentes e os locais com os quais estamos lidando. É preciso saber fazer o reconhecimento de símbolos, e de mapas de risco para evitar acidentes no laboratório. Além disso, algumas substâncias são muito prejudiciais à saúde e é importante saber o que fazer em caso de derramamento. Essa apresentação abordará esses temas e outros que são essenciais para a segurança no laboratório.
Introdução
Cuidados para evitar derramamentos e incêndios
Mapa de Risco
Sinalizações de segurança em laboratório
Os Pictogramas
Os pictogramas são uma simbologia que acompanha os produtos químicos mais perigosos, informando-nos a natureza dos perigos assossiados à sua utilização. Geralmente, os rótulos desses produtos são acompanhados por palavras-chave, advertências de perigo e recomendações de prudência.
Diagrama de Hommel
O diagrama de Hommel é uma simbologia, encontrada em embalagens de alguns produtos químicos, que dá informação quanto aos riscos de inflamiabilidade, saúde, reatividade entre outros, que o usuário do produto corre ao utilizá-lo, para saber quais os cuidados deve tomar.
Áreas do Diagrama
Dentro de um diagrama de Hommel existem quatro áreas, na vermelha, azul e amarela há um número de 0 a 4, indicando o risco que elas apresentam e na branca há um símbolo, que especifíca uma característica especial do reagente.
Sinalizações de segurança em laboratório e análise de risco
No laboratório lidamos o tempo todo com símbolos que nos ajudam a identificar os riscos que corremos ao fazer o uso de determinados reagentes. É importante saber reconhecê-los, para poder fazer o uso das prevenções corretas em seu manuseio, e evitar assim, acidentes.

Explosivo
Inflamável
Oxidante
Gás sob pressão
Tóxico
Corrosivo
Cuidado
Perigo
Poluente
Facilitando a leitura do diagrama
Números:
0- nenhum perigo
4-perigo extremo

Cores:
Azul- saúde
Vermelho- inflamabilidade (fogo)
Amarelo- reatividade
O mapa de risco é um mapa referente a cada laboratório que indica os riscos que o local apresenta. É necessário saber analisá-lo para poder se prevenir de possiveis acidentes.
Análise de risco
Mapa de Risco do laboratório de Processos Industriais(CEFET)
Algumas outras sinalizações
Proibições
Uso de EPI's
Primeiramente, para evitar qualquer tipo de acidente, é necessário:
-Fazer o uso do laboratório com seriedade;
-Fazer o uso correto de EPI’s e EPC's;
-Analisar o mapa de risco do laboratório, antes de utilizá-lo;
-Observar as sinalizações que acompanham os reagentes a serem utilizados;
-Observar a sua reatividade e saber como deve ser feito seu transporte;
-Realizar os experimentos com concentração.
Cuidados para evitar incêndios

*
Os extintores devem estar fixados sempre em locais de fácil acesso, devidamente carregados e revisados (periodicamente).
*
Revisar periodicamente toda a instalação elétrica do prédio, procurando inclusive constatar também a existência de possíveis vazamentos de gases.
*
Evitar o vazamento de líquidos inflamáveis.
*
Evitar a falta de ventilação.
*
Os trabalhadores devem verificar antes de sair de seus locais de trabalho, se desligaram todos os aparelhos elétricos necessários, como ar condicionado, exaustores, dentre outros.
*
Guardar corretamente os regentes e limpar o laboratório
antes de sair.

*
informar o Corpo de Bombeiros o mais rápido possível(telefone: 193);
*
nunca utilizar elevadores;
*
evitar aglomerações para não dificultar a ação do socorro e deixar livre a área dos chuveiros;
*
realizar os primeiros-socorros necessários até que o corpo de bombeiros chegue.

Em caso de incêndio...
Cuidados para evitar derramamentos
Para evitar derramamentos é necessário usar as vidrarias corretas para cada situação e manuseá-las de forma correta.
É preciso, também manter o laboratório sempre limpo e transportar os reagentes conforme exigem suas propriedades.

O que fazer em caso de derramamento?
Cada situação de derramamento exige uma solução diferente. Se for derramada uma solução muito básica ou ácida é preciso neutralizá-la antes de limpá-la.
Dependendo da solução pode ser necessário uar equipamentos especiais.
-Densidade: 1,84 g/cm³
-Ponto de ebulição: 337 °C
-Ponto de fusão: 10 °C
-Solúvel em água.
O ácido sulfúrico é um ácido mineral de sulfato de hidrogênio forte e corrosivo, tendo um poder oxidante e desidratante muito forte, sendo capaz de carbonizar compostos orgânicos. A imagem a seguir mostra um experimento em que se adiciona ácido sulfúrico concentrado em um béquer com açúcar.



Ele tem ação corrosiva nos tecidos dos organismos vivos e pode causar queimaduras severas na pele.

Em caso de derramamento...
Conclusão
Inflamabilidade

Reatividade
A temperatura na qual a substância emite vapores capazes de sustentar a combustão, tornar uma substância inflamável quando há uma fonte de ingnição.
Essa temperatura é chamada de ponto de fulgor.
Riscos específicos
OX- Oxidante (Ex. Perclorato de potássio)
W- Reage com água de maneira incomum ou perigosa.
SA- Gás asfixiante simples (Ex: Hélio)
COR -Substância corrosiva (ACID - Acido forte ou ALK - Base forte)
CYL ou CRYO - Criogênico (Ex. Nitrogênio líquido);
POI - Veneno (Ex. Naftalina);
BIO - Risco biológico (Ex. Lixo hospitalar);
RAD - Radioativo (Ex. Lixo atômico).
A reatividade consiste na tendência que uma reação química tem em acontecer. Ela está relacionada com a perda ou ganha de elétrons.

-Metais: os metais que tem maior tendencia a perder elétrons e formar íons positivos são mais reativos.
-Ametais: os ametais que tem maior têndencia em ganhar elétrons e formar íons negativos são mais reativos.

Ácido Sulfúrico(H2SO4)
Ácido Clorídrico(HCl)
Por estes serem ácidos muito corrosivos, podem causar acidentes muito graves, portanto ao derramar acidentalmente certa quantidade em cima da bancada, ou sobre o chão é preciso rapidamente neutralizá-los com carbonato/bicarbonato de sódio em pó, ou outra substância com propriedades alcalinas.
Ácido + Base-> Água + Sais

Ph-
H2SO4- 1
HCl- 0 (concentração de 1 mol/L)
Bicarbonato Sódio em pó - 12

Regulamentação
O Regulamento [(CE-conselho da união europeia) n.º 1272/2008, de 16 de dezembro] CRE (classificação, rotulagem e embalagem) harmoniza a anterior legislação da UE com o GHS (Sistema Mundial Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos), um sistema das Nações Unidas destinado a identificar produtos químicos perigosos e a informar os utilizadores sobre os perigos inerentes. O CRE serve agora, também, de base à regulamentação internacional de transporte de mercadorias perigosas.
Antigas Sinalizações laboratoriais
-Densidade: 1.18 g/cm3
-Ponto de fusão: -114,8 °C
-Ponto de ebulição-85,03 °C
-O ácido clorídrico é formado pelo gás cloreto de hidrogênio (HCl) dissolvido em água.
-É um ácido inorgânico forte e seu frasco deve sempre ser mantido bem fechado, pois na forma pura essa solução libera vapores de HCl, sendo sufocante e muito tóxico.
-Por ter uma temperatura de ebulição muito baixa, em temperatua ambiente é encontrado no estado gasoso.
-Na sua forma impura e líquida à temperatura ambiente é chamado de de ácido muriátrico.

Fontes:
https://www.cintegrado.com.br/curitiba/site/laboratorios/seguranca_do_trabalho/conteudo_labseguranca.php?texto=2
http://www.qca.ibilce.unesp.br/prevencao/protocolo.htm
https://www.cintegrado.com.br/curitiba/site/laboratorios/seguranca_do_trabalho/conteudo_labseguranca.php?texto=2
http://echa.europa.eu/documents/10162/2621167/eu-osha_chemical_hazard_pictograms_leaflet_pt.pdf
http://cac-php.unioeste.br/eventos/ctsa/tr_completo/143.pdf
http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/lab_virtual/prevencao_de_incendio.html
http://www.mundoeducacao.com/quimica/acido-sulfurico.htm
http://www.infoescola.com/quimica/acido-sulfurico/
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_sulf%C3%BArico
http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81cido_clor%C3%ADdrico
http://www.mundoeducacao.com/quimica/acido-cloridrico.htm
http://www.infoescola.com/quimica/acido-cloridrico/
http://www.superquimica.com.br/fispq/1250009486.pdf
http://www.cetesb.sp.gov.br/gerenciamento-de-riscos/Emeg%C3%AAncias-Qu%C3%ADmicas/118-Diamante-de-
http://www6.fcav.unesp.br/intralab/substancias_id.php?recordID=29
http://www2.unifesp.br/reitoria/residuos/orientacao-geral/copy_of_grupo-b-residuos-quimicos
http://www2.unifesp.br/reitoria/residuos/orientacao-geral/simbologia-1/diamante-de-hommel
http://www.qca.ibilce.unesp.br/prevencao/diamante.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Diagrama_de_Hommel
https://osha.europa.eu/pt/topics/ds/clp-classification-labelling-and-packaging-of-substances-and-mixtures#tabs-3
http://www.infoescola.com/quimica/reatividade-quimica-de-metais-e-nao-metais/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Reatividade
http://www.higieneocupacional.com.br/download/combustiveis-godoy.pdf
http://www.significados.com.br/oxidante/
As sinalizações mais utilizadas, são os pictogramas, que servem para indicar os riscos que aquele produto químico apresenta. São eles: tóxico, poluente, inflamável, explosivo, oxidante, corrosivo, perigoso, cuidado, gás sob pressão, e são utilizados mundialmente.
Diagrama de Hommel é uma sinalização criada pela Associação Nacional de Proteção Contra Incêndios, é dividido em 4 áreas, saúde, inflamabilidade, reatividade, riscos específicos, cada área sendo numerada de 0 a 4, indicando o grau de perigo.
O mapa de risco nos informa os perigos existentes dentro de cada laboratório, inseridos em cinco tipos: riscos físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes.
Para evitar acidentes em geral, incêndios e derramamentos, deve-se sempre manter o laboratório em supervisão, fazendo os usos corretos de equipamentos e reagentes e fazer seu uso com seriedade e atenção.
Ter todos esses conhecimentos e outros, apresentados por outros grupos é essencial para a segurança coletiva no laboratório.
Full transcript