Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A identidade cultural na pós-modernidade

No description
by

Fernanda Vasques

on 11 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A identidade cultural na pós-modernidade

Que pontos destacar de sua obra?
A identidade em questão

Estabilidade?

As paisagens culturais de classe, gênero, sexualidade, etnia, raça e nacionalidade estão se fragmentando.

Crise de identidade ou descentramento do sujeito.
Que mudanças Stuart Hall promoveu, especificamente, no pensamento sobre a comunicação?

V.A.L. – O debate sobre as comunicações era feito a partir de um modelo positivista, matemático, de transmissão de informação entre um emissor ativo e um receptor passivo. Então, os estudos culturais deslocaram completamente o eixo para a discussão da dinâmica cultural e para como a cultura pop interage com essa teia de significação. É uma mudança completa de foco.

Fonte: http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed786_stuart_hall_o_pensador_do_multiculturalismo
Concepções de sujeito
- Iluminismo

- Sociológico

- Pós-moderno

Desse modo...
"A sociedade não é, como os sociólogos pensaram muitas vezes, um todo unificado e bem delimitado, uma totalidade, produzindo-se através de mudanças evolucionárias a partir de si mesma, como o desenvolvimento de uma for a partir de seu bulbo". (HALL)

IDENTIDADE X DIFERENÇA
Consequências da
fragmentação
ou
pluralização
das identidades
O ano:1991
Quem: Bush
Intenção: restaurar maioria conservadora na Suprema Corte
O que: indicou o Clarence Thomas, juiz negro, conservador

Eleitores brancos = conservador
Eleitores negros = negro
Quem?
Stuart Hall (1932 - 2014)
Jamaicano, pai do multiculturalismo, nasceu em uma família multiétnica:
- Classe média
- Pai de Hall: classe média baixa mista etnicamente: africanos, indianos, portugueses e judeus.
- Mãe de Hall: origem familiar na classe média mais próxima culturalmente e economicamente dos colonizadores, pele clara + origens ligadas aos antigos engenhos e valores culturais = cultura inglesa.
- O mais negro = subalterno
- Colegas de escola mais escuros
A identidade cultural na pós-modernidade
Jogo de identidades
O juiz foi acusado de assédio sexual por Anita Hill, ex-colega de Thomas, mulher negra.
Negros apoiaram pela raça
Negros se opuseram pela questão sexual
Mulheres negras se dividiam entre identidade negra e mulher.
Homens negros se dividiam pelo sexismo ou liberalismo.
Brancos se dividiam a partir da política, racismo e sexismo.
Mulheres brancas conservadoras apoiavam Thomas por oposição ao feminismo.
As feministas brancas se opunham a Thomas tendo como base a questão sexual.
Thomas: elite x Anita: subalterna
(Classe social)
Culturas nacionais e representações
"Nós só sabemos o que significa ser 'inglês' devido ao modo como a 'inglesidade' veio a ser representada - como um conjunto de significados - pela cultura nacional inglesa". A nação é algo que produz sentido (um sistema de representação cultural).


Globalização
Desintegração

Reforço

Formação de novas (híbridas)
A representações sociais apresentam uma maneira de pensar e interpretar a realidade cotidiana. É um conhecimento prático que dá sentido aos eventos que nos são normais e ajuda a construir a nossa realidade social.

Boas leituras
http://www.heloisabuarquedehollanda.com.br/entrevista-jb-stuart-hall/

http://www.cartamaior.com.br/?/Coluna/Stuart-Hall-e-os-estudos-de-midia/30293

http://www.revistas.univerciencia.org/index.php/famecos/article/viewFile/351/282

http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/resumos/R4-3563-1.pdf


“Não sou inglês e nunca serei. Vivi uma vida de deslocamento parcial”, disse em entrevista recente ao jornal “The Guardian”.
Full transcript