Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Diversidade Humana

No description
by

Ana Passinhas

on 26 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Diversidade Humana

photo credit Nasa / Goddard Space Flight Center / Reto Stöckl
Diversidade Humana
Biologicamente falando...
Diversidade Individual
O cerebro Humano
O ser humano é também diferente no que se relaciona ao cérebro. Os nossos cérebros são fisicamente diferentes uns dos outros, no entanto o processo de individuação ultrapassa as definições genéticas, porque as experiências vividas pelos indivíduos desde o estado intra-uterino e ao longo da vida, marcam certas partes do nosso cérebro, sendo estes únicos e particulares.

Vantagens
O ser humano como ser autónomo é capaz de se auto organizar de forma própria, diferenciando-se dos seus pares. Ao longo da vida de um individuo, este irá deparar-se com situações que o levarão a refletir e a agir conforme o seu julgamento pessoal, sendo que este é relativo e difere de pessoa para pessoa
Sermos diferentes traz de facto vantagens ,sendo uma delas a aceitação pelo o que é diferente (o que infelizmente nem sempre acontece). Ao vermos as diferenças entre nós passamos a estar mais aptos para aceitá-las, respeitá-las porque, como todos nós bem sabemos, existem determinadas minorias como imigrantes, homossexuais, ciganos, pessoas com uma cor de pele diferente, pobres, que são alvo de desrespeito pela diferença.

Embora os seres humanos se incluam numa única espécie, é inegável o facto de existir uma quantidade enorme de características que não são exatamente iguais para todos e cada um dos indivíduos da nossa espécie. São estas diferenças que nos tornam únicos relativamente aos outros indivíduos da nossa espécie.




No entanto, é um erro pensar que um mesmo meio pode afetar todos e cada um dos seres humanos da mesma maneira. Um determinado contexto sociocultural pode ser levar um individuo “A” a desenvolver-se de determinada forma, enquanto que um individuo “B” poderia desenvolver-se de uma forma diferente.


A origem destas diferenças é muito variada, mas, regra geral, o meio é um dos fatores mais importantes, senão, o mais importante. É através da interação individuo-meio que muitos dos seres humanos desenvolvem as características que os diferem dos outros seres da sua espécie.
A natureza das características que diferem no ser humano é muito alargada. Estas podem ter como base a componente biológica, a componente cultural e a componente pessoal do cada individuo


A nível biológico as caracteristicas de um individuo são maioritariamente definidas pelos genoma humano. A passagem da informação genética dá-se de pais para filhos e os agentes responsáveis são, efectivamente: os cromossomas , os genes e o ADN.
A descodificação genoma humano demonstrou que as caracteristicas dos seres humanos, que variam de um individuo para o outro e que nos torna únicos, constitui apenas 0,1% do nosso genoma.

Esta descoberta pôs em causa o conceito de raça e é utilizada como argumento contra o racismo, visto que sendo um individuo A e o individuo B totalmente diferentes partilham aproximadamente 99,9% do código genético.
Mas ao contrário de outras espécies, cujo código genético define o individuo integralmente, o ser humano desenvolve-se também em conformidade com o meio, podendo-se dizer, que desde a sua conceçao este sofre uma progressiva diferenciação
O homem, como ser social que é, interage com outros da sua espécie no meio em que se encontra. Ao integrar-se numa sociedade organizada, o individuo irá sentir-se coagido pelo meio a adaptar os seus comportamentos, a sua forma de pensar e de agir.
Quanto mais forem as diferenças mais são os valores por nós adquiridos através delas, maior vai ser a nossa capacidade de aprender e interiorizar o conceito de justiça.
O problema não está nas diferenças entre cada um de nós mas sim na incapacidade que, muitas vezes temos, em torná-las semelhanças.
Bibliografia
"Ser Humano" Monteiro, Manuela; Ferreira, Pedro; Porto Editora
http://psicob.blogspot.pt/2008/01/diversidade-humana.html
O que é a Diversidade Humana?
Um outro fator fundamental para a diversidade humana é a cultura em que o individuo está inserido. Sem esta somos seres inacabados.
Culturalmente Falando...
Full transcript