Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Teste psicológico ifp

No description
by

Roger Fernandes

on 21 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teste psicológico ifp

Teste psicológico ifp
"O inventário Fatorial de Personalidade"
IFP
Na presente apresentação iremos destacar alguns pontos do teste IFP

Autores do teste
Objetivos do teste
Publico Alvo
Resumo / esquema / aplicação
Levantamento / correção
Interpretação do teste
BRAINSTORM
ELEMENTS
copy and paste as needed and take advantage of an infinite canvas!
Rogério
Silvia
Camila
Daniela
1 - Objeto
O Inventário Fatorial de Personalidade (IFP) é uma adaptação de uma versão modificada do Edwards Personal Preference Schedule (EPPS), desenvolvido por Allen L. Edwards em 1953 e 1959, com a finalidade de medir 15 dimensões da personalidade.

O desenvolvimento dos itens, representativos dos 15 fatores do EPPS, seguiu a Teoria da Personologia de Murray.
2. FINALIDADE/META
O inventário Fatorial de Personalidade visa avaliar o indivíduo normal em 15 necessidades ou motivos psicológicos, a saber:

Assistência, Dominância, Ordem, Denegação,Intracepção,Desempenho, Exibição, Heterossexualidade, Afago, Mudança, Persistência, Agressão, Deferência, Autonomia e Afiliação.

Sendo que, cada uma das 15 escalas é composta de 9 frases
3. JUSTIFICATIVA/PROBLEMÁTICA

O inventário existe devido à necessidade de avaliar aspectos psicológicos dos indivíduos, bem como para testar teorias sobre a personalidade em geral.
O IFP é importante ao tornar possível a junção da Teoria das Personalidades e sua aplicabilidade.

O Inventário Fatorial Personalidade (IFP) possui validade de construto, estabilidade para diversas amostras e é um teste muito bom para a contribuir para realização de pesquisas e avaliações psicológicas, devido a seu fácil manejo.

Sendo assim, pesquisas posteriores realizadas com este teste poderão ser de grande valia para sua validade preditiva
4. MÉTODO

Como aplicar e interpretar?
Quando o teste for aplicado é necessário que a leitura das instruções iniciais seja realizada pelo sujeito juntamente com o administrador do teste, mas quando for o momento da execução do mesmo, não deve ter nenhum tipo de assistência.
Distribuídos os lápis e as Folhas de Respostas, pede-se aos examinandos que preencham os dados do cabeçalho, utilizando os códigos colocados ao lado de cada item. Realizado isso, procede-se à distribuição dos cadernos, solicitando-se que não abram até que recebam autorização.

Enquanto os examinandos respondem ao
questionário, deve ser verificado se não são cometidos erros de transcrição para a Folha de Respostas, ou se alguma questão foi pulada por engano.

É possível que o candidato preencha os testes pensando em adequar-se a um perfil socialmente desejável, forjando as respostas. Entretanto, os psicólogos analisam também o quanto as respostas do candidato aproximam-se dos níveis de "desejabilidade". Se desconfiarem de fraude, podem desconsiderar o teste como indicativo do perfil da pessoa, o que pode prejudicar o candidato no momento da seleção.
Após meia hora de trabalho, o examinador pode permitir a entrega dos questionários e Folha de Respostas.



Quando aplicar?
O teste possibilita uma rápida e adequada medida das variáveis da personalidade normal. Pode ser útil também para estimular discussões sobre dimensões vitais das relações interpessoais, além de servir para elaboração de planos vocacionais e educacionais. Ele é usado para subsidiar ao aconselhador no diagnóstico de problemas potenciais de um cliente de serviços clínicos de Psicologia, por propiciar a consistente identificação de suas necessidades principais.

Quanto aplicar?
O tempo de aplicação não tem limite fixo, embora a prática demonstre que 45 minutos sejam suficientes para ser respondido e pode ser aplicado em sujeitos que possuam entre 18 e 60 anos.

Onde aplicar?
O IFP pode ser utilizado para pesquisas, ensino e aconselhamento, não sendo recomendado em clínica.
O IFP também é utilizado em seleções.
5. RECURSOS

Com que aplicar?
Para a aplicação e interpretação do IFP, o
material necessário é : Caderno do teste: contém as instruções e 155 itens; folha de resposta: onde são dadas respostas (números entre 1 e 7) para cada um dos 155 itens; apresenta espaços coloridos que se referem ao Crivo de Apuração.

Cada cor corresponde a uma das necessidades da personalidade avaliadas nesse instrumento; folha de Apuração: Onde são anotadas o escore bruto e o escore percentílico correspondente. Ela faz a tabela de escores percentílicos, na qual se pode marcar o escore bruto das necessidades no corpo da tabela correspondente ao respectivo escore percentílico, o que resulta num perfil da personalidade do examinando, se os pontos marcados forem ligados entre si; lápis ou caneta.
Com quem aplicar ?
O IFP pode ser aplicado individual ou coletivamente (para grandes grupos), em virtude de ser objetivo e auto-administrável. O teste é utilizado com sujeitos (que não apresentem anormalidades psicológicas manifestas) que possuam entre 18 e 60 anos de idade. Adultos ou jovens com escolaridade muito inferior ao segundo grau ou com dificuldades de leitura podem ter problemas para a compreensão das instruções ou na leitura de alguns itens.
Quem aplica e Interpreta?
O teste é de fácil aplicação, mas deve ser administrado por Psicólogo ou Aconselhador experiente, visto que os sujeitos podem apresentar dúvidas mais complexas sobre os procedimentos.
Full transcript