Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A expansão Árabe.

No description
by

Gabriel de Mello

on 17 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A expansão Árabe.

A expansão Árabe.
Após a morte, Maomé foi substituído pelo califas - os "sucessores do profeta" - que eram chefes religiosos e políticos. Com os califas iniciou-se a expansão da civilização muçulmana, motivada principalmente pela necessidade de terra férteis, devido ao aumento populacional da Península Arábica após a unificação das tribos exigia.

A ocorrida em 732 ficou conhecida como um dos mais célebres conflitos que envolveram muçulmanos e cristãos. Isso se deve ao fato da batalha ter agido como a ação militar que conseguiu deter as tropas islâmicas de se dissiparem ainda mais no continente europeu, após a rápida tomada da Península Ibérica.
Eles fizeram importantes avanços e descobertas médicas e cientificas que contribuíram com o desenvolvimento do mundo ocidental.
Concluindo...
Podemos considerar que expansão árabe representou um maior contato entre as culturas do Oriente e do Ocidente. No aspecto econômico a expansão territorial provocou o bloqueio do mar Mediterrâneo, e contribuiu para a iniciaçização do feudalismo europeu, ao acentuar o processo de ruralização e fortalecendo a economia de consumo.


Francos
Durante o período de conquistas, os árabes ampliaram seu conhecimento através da absorção das culturas de outros povos, levando-as adiante a cada nova conquista. Foram eles que espalharam pela Europa grandes nomes como o de Aristóteles, como também outros nomes da antiguidade grega.
Para começar....
A civilização árabe ou islâmica surgiu no Oriente Médio, numa península desértica situada entre a Ásia e a África.
Maomé, profeta árabe nascido em Meca, foi responsável pela criação da religião mulçumana e do império árabe. Enfrentando várias dificuldades Maomé se aponderou da Meca em 630, fazendo surgir o Islamismo, apos isso afastou os Coraixitas do poder e destruiu os ídolos da Caaba. De 660 até 750, a dinastia Omíada esteve no poder. Os Abássidas começaram a dirigir o Islamismo em 750, quando na Espanha surgia o primeiro califado autônomo.


Começa a expansão!
Os guerreiros islâmicos, impulsionados pela crença no paraíso após a morte e pelas recompensas terrenas, avançaram rapidamente, aproveitando-se da fraqueza de seus vizinhos persas e bizantinos. Caracterizando-se, em geral, pelo respeito aos costumes dos povos vencidos, os muçulmanos assim, dominaram toda a Península Arábica.
Expandindo-se para leste, alcançaram a Índia e, estendendo-se em direção ao Mar Mediterrâneo, conquistaram o norte da África e parte da Península Ibérica.
Até começar a guerra!
Tudo ia bem....
Batalha de Poitiers
A Batalha de Poitiers ficou relegada à história como o momento de contenção da invasão islâmica na Europa, que colocava em risco a civilização cristã, que ainda não havia alcançado seu auge.
Consequências.
Apesar de ter sidos barrados pelo franco Carlos Martel, os árabes ainda conseguiran consquistar as ilhas Baleares, a Sicília, a Córsega e a Sardenha. A extensão dos domínios muçulmanos pelo Mediterrâneo prejudicou o comércio da Europa Ocidental com o Oriente.

Este foi um dos fatores que contribuíram para o isolamento dos reinos bárbaros cristãos que voltaram mais ainda para uma economia agrícola e rural, o que contribuiu para a formação do feudalismo.

Ou seja...
O domínio da Península Ibérica influenciou consideravelmente a cultura daquela região, refletindo-se, inclusive, nos países que foram colônias luso-espanholas.
Agradecemos pela contemplação do nosso trabalho!
Bibliografia(principais referências.):
SOMMA, Isabelle. Maomé, o pai do Islã. 01/07/2005. Dísponivel em: <http://guiadoestudante.abril.com.br/aventuras-historia/maome-pai-isla-434249.shtml> . Acesso em: 13 de setembro de 2013.

UOL EDUCAÇÃO. Expansão islâmica: Muçulmanos dominaram península Ibérica. 31/07/2005. Dísponivel em: <http://educacao.uol.com.br/disciplinas/historia/expansao-islamica-muculmanos-dominaram-peninsula-iberica.htm>. Acesso em: 14 de setembro de 2013.

LOPES, Thiago. Expansão árabe. 01/05/2011. Dísponivel em: <http://thiagohmlopes.blogspot.com.br/2011/05/expansao-arabe.html>. Acesso em: 14 de setembro de 2013.

HISTÓRIANET. A expansão árabe. Dísponivel em: <http://www.historianet.com.br/conteudo/default.aspx?codigo=87>. Acesso em: 16 de setembro de 2013.


O processo expansionista foi fulminante, seu principal estímulo foi por interesses em dominar rotas de comércio, pela cultura do botim, pela Guerra Santa e também pela fraqueza dos adversários.
Alunos:
Clebson Azevedo
Julio Cezar
Fábio Fernandes
Naimy Corrêa
Gabriel Mello
Bryan Ferrari
Beatriz Blasque
Full transcript