Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Núcleos e núcleons

Núcleos e núcleons - introdução
by

Magno Machado

on 7 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Núcleos e núcleons

Nota de aula
Paridade
A estrutura dos hádrons
Os núcleons e os píons
Isospin e número bariônico
Momentos magnéticos dos núcleons
Matrix Partners preso!
Harvard Business Review
How to lower the cost of enterprise sales?
Átomos e núcleos
Estimativas-Aspectos gerais
continua...
Sugestão para leitura
Núcleons e núcleons
Fisica Nuclear e Particulas
Nota de aula
O modelo de
Passo 2
Passo 1
M. Gell-Mann e G. Zweig
propuseram modelo inspirado nas
simetrias
observadas quando se representam os mésons e bárions em gráficos de
estranheza
versus
componente z do isospin
quarks!
Resultados
Passo três!
The Cost to Acquire a Customer (CAC) exceeds the Life Time Value (LTV) a customer brings us.
This is my third go-around selling to large enterprises, SkyStream, Kontiki and now Qumu.

I like to explain to you the problem the way I see it, the changes I suggest to avoid making the same mistake again. and
Travels to Clients
Estranheza e hipercarga
Nota de aula
Mais números quânticos ...
A trilha para o caminho óctuplo?
+ Os bárions (
núcleons e híperons
) e os mésons, são as partículas que obedecem à
interação forte
.
+ O grande número de hádrons e a sua aparente
diversidade
leva a crer que são estruturas complexas.
O estudo da Fisica Nuclear
And now all is right again
O tipo de
simetria
observada nas figuras é característica do grupo de
simetria SU(3)
, onde três elementos básicos podem gerar
singletos, octetos e decupletos
.
Instituto de Fisica
UFRGS
Professor Magno Machado
Ano 2015
Fisica Nuclear e Particulas
Enjoy!
Introdução
V.H. Weisskopf, "Of Atoms, Mountains and Stars: A Study in Qualitative Physics (Science, n. 187, p. 605, 1975)
Os núcleons:
+
Rutherford (1911)
: modelo atômico com núcleo denso.
+
Rutherford (1919)
: detectou isoladamente prótons.

* Estudo da molécula de H se conclui que seus prótons podem ser dispostos de 2 maneiras (spins):
ortoidrogênio e paraidrogênio.


+ Prótons obedecem estatística de Fermi-Dirac (
férmions
)
Existência do
nêutron
se torna manisfesta nos anos 30 do século passado.
+
Bothe e Becker (1930)
: descoberta de radiação muito penetrante liberada na reação alfa-núcleo (Bo, Be, Li).
+
Curie e Juliot (1932)
: aquela radiação arrancava prótons de material rico em H (sugerido ser
espalhamento Compton
).
+
Chadwick (1932)
: mostrou que prótons ejetados tinham colidido com partículas
neutras
com massa próxima do próton.

*Existência do nêutron também era necessária para explicar observação do espectro molecular - núcleos de N eram bósons.
Os píons:
+
Yukawa (1935)
: sugeriu que força nuclear originava-se da troca de partículas de
massa de repouso finita
entre os núcleons - é de
curto alcance
.
+
Anderson e Neddermeyer (1936)
: observaram (em reações de raios cósmicos, usando câmara de bolhas) uma partícula com massa aproximadamente igual a prevista por Yukawa (
méson-mu
, posteriormente descartada - atualmente é
lépton múon
).
+
Lattes et al. (1947)
: descobriram que existem 2 tipos de mésons (
meson-pi
e
méson-mu
).
+
Gardner e Lattes (1948)
:
píons
(mesons-pi) foram produzidos pela primeira vez em laboratório (usando particulas alfas com 340 MeV no sincrociclotron da Un. da Califórnia).
* Os píons existem em três estados de carga. Os
píons carregados
possuem a mesma massa:
139,57 MeV
e mesma vida média (aproximadamente
26 ns
).
Píons neutros
têm massa de
135 MeV
e vida média muito menor que os carregados.
A paridade:
Considere o
estado quântico
duma partícula descrito pela
função de onda
.

+ A paridade desse estado está relacionada às propriedades da função de onda sob uma
inversão de coordenadas
.

* Uma inversão de coordenadas em torno da origem é representada em MQ pelo operador P (
operador paridade
).
+ Da análise de um sistema de duas partículas que
não interagem
, descrito pela função de onda produto obtém-se que a
paridade do sistema
é o produto das paridades de cada partícula:
paridade é um número quântico multiplicativo.
Esses
três elementos básicos
, concebidos inicialmente apenas como entidades básicas capazes de gerar assimetrias necessárias, adquiriram status de
verdadeiras partículas elementares
- Gell-Mann batizou de
quarks
.
ma non troppo...
+ As partículas são distribuídas em
grupos
de aproximadamente a mesma massa, com
cargas diferentes
.

+ A massa do nêutron é próxima da do próton e a massa do píon neutro é da ordem daquela dos píons carregados.

+
Heisenberg (1932)
sugeriu que prótons e nêutrons são
dois estados
de carga de uma
mesma partícula
(núcleon é esta partícula).

*
Números quânticos adicionais
diferenciariam os diferentes estados da partícula de uma mesma partícula.
Isospin - multipletos
+ Devem ser compostas pela união de entidades mais simples: modelos:
+ Fermi-Yang (1946)
+ Sakata (1956)
+ Modelo Octeto (Gell-Mann e Zee´man, 1961)

Assita videos em:
www.webofstories.com/play/murray.gell-man
(Gell-Mann, a testemunha ocular da historia...)
?
Bárions
Mésons
Medindo o número de cores !
Novas estruturas de multipletos
Assista vídeos acima !!!
Full transcript