Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revolução Industrial

No description
by

Bianca Dias

on 22 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revolução Industrial

Com o uso de máquinas nas indústrias no século XIX, muitos artesãos perderam seu emprego por serem substituídos pelas máquinas, nisso, os produtos começaram a ser produzidos com maior facilidade, maior quantidade e menos qualidade e resistência. As indústrias faziam isso para que as pessoas comprassem mais e mais vezes e isso acontece até hoje. A Revolução Industrial teve uma grande influência para o começo do consumismo, um dos maiores atuais problemas mundiais.
O impacto do uso de máquinas na sociedade inglesa (XIX) e hoje
- Formou e aumentou a quantidade das cidades, os núcleos urbanos.
- Revolução tecnológica e científica em várias áreas, como na Medicina, na Engenharia Civil e na Mecânica.


Significado histórico
-Condições desumanas de trabalho.
- Tinham que trabalhar de 14 ou 16 horas diárias (com breves pausas para refeiçõs precárias).
- Salários baixíssimos devido a ânsia de lucro alto e rápido. (Crianças e Mulheres com salários mais reduzidos do que dos homens).
- Tratados com violência pelos chefes ou capatazes, sendo muitas vezes punidos com castigos físicos.
Situação dos trabalhadores
O que foi? Quando?
Mudanças culturais, econômicas e sociais
A Revolução Industrial foi um conjunto de
transformações que aconteceram na Europa,
principalmente na Inglaterra nos séculos XVIII
e XIX. Enquanto na Idade Média o artesanato
era a forma de produzir mais utilizada, na
Idade Moderna tudo mudou. Quem veio
depois do trabalho artesanal foi à manufatura
e por último o industrial, onde a energia física
se transforma em energia mecânica.
Revolução Industrial
Economia
A economia transformou-se, pois a atividade industrial passou a ocupar o centro da vida econômica. Nisso formaram-se grandes empresas industriais e o trabalho assalariado passou a ser usado. O capitalismo fortaleceu e o Mediterrâneo parou de ser o centro econômico, sendo ocupado pela Inglaterra.
A sociedade foi profundamente afetada pelo êxodo rural e pelo crescimento da vida urbana. Assim começaram a formar os núcleos urbanos. Importante saber que ocorreu um aumento significativo da população mundial e a burguesia industrial se fortaleceu e começou a ganhar cada vez mais destaque
Sociais
Na Idade Média tudera feito de modo artesanal, que tinha muita cultura, porém com a revolução, o artesanato praticamente morreu e as máquinas lhe substituíram.Também, antes da Revolução, as mulheres não trabalhavam e com novas ofertas de emprego, o sexo feminino passou a ser parte do mercado de trabalho.
Culturais
Na época, muitas cidades não tinham infrestrutura (sem saneamento básico, disponibilidade de água, etc). Assim a expectativa de vida era baixa e a taxa de mortalidade muito alta. Com o desenvolvimento das vacinas, no século XX, tudo melhorou.
Com o surgimento das fábricas, surgiu novas profissões e oportunidades de emprego. Assim, muitas pessoas saíram do campo para ir até as cidade e desenvolveram o êxodo rural.
Além das mulheres,
as crianças também trabalhavam.
Além disso tudo, as fábricas eram geralmente quentes, úmidos, sujas e escuras, e muitos trabalhadores pegavam doenças respiratórias por causa das máquinas. Os movimentos diários nos braços desgastavam as articulações e geravam dores terríveis.
Era comum o trabalho de crianças a partir de 6 anos nas fábricas. Umas até moravam em instalações ligadas ao seu local de trabalho. Recebiam salários mais baixos, mesmo sendo mais obedientes que os adultos.
Cidade no século XIX.
Máquina que produzia mais rápido e em maior quantidade os objetos. Ela gerava muito dinheiro e favoreceu o capitalismo.
Máquina que substituíu
o artesanato.
Crianças trabalhando nas fábricas.
Máquina do século XIX.
Mundo atual cercado
de consumismo.
Adultos trabalhando nas fábricas.
Bianca Dias Rocha 7ªB
Correntes de Pensamento
no século XIX
Fontes
- http://www.webdigital.com.br/sites/jmanoel52983/conteudo_06.html
- http://not1.xpg.uol.com.br/revolucao-industrial-fatores-e-etapas-consequencias-sociais-- economicas/
- http://www.sohistoria.com.br/resumos/revolucaoindustrial.php
- http://www.infoescola.com/historia/industrializacao/
- Livro “Nos Dias de Hoje”- 8 ano- Cláudio Giardino, Lígia Ortega, Rosaly Braga Chianca e Vilma Carvalho - Editora Leya.
- Livro “Estudar História: Das origens à era digital”- 8 ano- Patrícia Ramos Braick- Editora Moderna.
- http://www.algosobre.com.br/historia/grandes-correntes-do-pensamento-do-seculo-xix-as.html
- http://www.suapesquisa.com/biografias/adam_smith.htm
- Liberalismo
- Nacionalismo
- Socialismo Utópico
- Socialismo Científico
Adam Smith
Adam Smith foi um importante filósofo e economista nascido no dia 5 de junho de 1723 em Kirkcaldy, Reino Unido.
Em plena época do Iluminismo, Adam tornou-se um dos principais teóricos do liberalismo econômico. Suas principais teorias eram a da nāo intervenção do governo na economia, a livre concorrência de venda e a lei da oferta e da procura.
Faleceu em Edimburgo no dia 17 de julho de 1790 e ficou conhecido por sua grande importância para o desenvolvimento do capitalismo nos séculos XIX e XX.
Full transcript