Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Drogas

No description
by

Juliana Silva

on 14 July 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Drogas

Drogas
Lícitas e Ilícitas
Cigarro:
O cigarro é uma pequena porção de tabaco seco e picado, enrolado em papel fino ou em palha de milho,destinado ao fumo, sendo que o primeiro é industrializado e o segundo manufaturado.Os cigarros podem, ou não, dispor de um sistema de filtração, geralmente de fibras de acetato de celulose.

Narguilé:
Funcionamento:
Quando se aspira o ar pela mangueira, reduz-se a pressão no interior da base: isso faz com que ar aquecido pelo carvão passe pelo tabaco (essência), produzindo a fumaça. Ela desce pelo corpo até a base e passa pela água, onde é resfriada e filtrada, retendo-se as partículas sólidas. A fumaça segue pela mangueira até ser aspirada pelo usuário e expirada logo em seguida.
Narguilé é um cachimbo de água utilizado para fumar tabaco aromatizado. Além desse nome de origem árabe também é chamado de hookah.Há diferenças regionais no formato e no funcionamento, mas o princípio comum é o fato de a fumaça passar pela água antes de chegar ao fumante. É tradicionalmente utilizado em muitos países do mundo, em especial no Norte da África, Oriente Médio e Sul da Ásia.


Álcool:
O álcool é uma classe de compostos orgânicos que possui, na sua estrutura, um ou mais grupos de hidroxilas ("-OH") ligados a carbonos saturados. É, comumente, utilizado como combustível, esterilizante e solvente. É o componente principal das bebidas alcoólicas.Embora seja uma droga, frequentemente o álcool não é considerado como tal, principalmente pela sua grande aceitação social e mesmo religiosa.
No Brasil, há uma grande diversidade de bebidas alcóolicas, cada tipo com quantidade diferente de álcool em sua composição. Alguns exemplos:

Esteróides Anabolizantes são drogas fabricadas para substituirem o hormônio masculino Testosterona, fabricado pelos testículos. Eles ajudam no crescimento dos músculos (efeito anabólico) e no desenvolvimento das características sexuais masculinas como: pelos, barba, voz grossa etc. (efeito androgênico).
Esteroides anabólizantes:

Efeitos dos esteróides anabolizantes sobre o comportamento e mente:

Essas drogas, principalmente em altas doses, aumentam a irritabilidade e agressividade. Esses usuários podem cometer atos agressivos como luta física, roubo, ou utilizar a força para obter alguma coisa.
Ainda em altas doses, os usuários podem desenvolver outros comportamentos como: euforia, aumento da energia, alteração de humor, distração, esquecimento e confusão.Os principais medicamentos esteróides anabolizantes utilizados no Brasil são: Durasteton® , Deca-Durabolin® , Androxon®. Podem ser usados na forma de comprimidos, cápsulas, ou como injeção intramuscular.

Ópio:
O ópio é um suco espesso que se extrai dos frutos imaturos (cápsulas) de várias espécies de papoulas soníferas, e que é utilizada como narcótico.A medicina o utiliza, assim como os alcaloides que ele contém (morfina e papaverina), como sonífero analgésico.
Cafeína:
A cafeína é um composto químico de fórmula C8H10N4O2 — classificado como alcalóide do grupo das xantinas e designado quimicamente como 1,3,7-trimetilxantina. É encontrado em certas plantas e usado para o consumo em bebidas, na forma de infusão, como estimulante.
Sálvia divinorum:
A Salvia divinorum é uma espécie Sálvia. Existem cerca de 900 espécies de sálvia, que incluem um grande número de plantas ornamentais e também a Salvia officinalis, usada na culinária.
Riscos:
É praticamente impossível sofrer uma overdose de sálvia quando esta é usada normalmente. A dose fatal não está estabelecida, mas vários cientistas acreditam que é bastante elevada. Provavelmente desmaiaras antes de chegar perto de uma dose fatal. Mas se usar uma dose maior de salvinorina os riscos são muito maiores. Isto deve ser evitado.
Não use a sálvia perto de objetos perigosos (facas, etc.). Não conduza sob o efeito direto ou pouco depois de usar a Salvia divinorum. Use o seu senso comum.
Cola:
A cola de sapateiro, um produto de baixo preço e comercializado com facilidade, contém solvente, uma substância altamente volátil e que, por isso, pode ser facilmente inalada, isto é, introduzida no organismo através da aspiração pelo nariz ou pela boca.
Drogas ilícitas
Ketamina:
K é um anestésico – é usado como ‘tranquilizante de cavalo’. É uma das substâncias usadas em danceterias ou durante o sexo.Ketamina vem em forma de pó ou líquido que é secado para fazer o pó.
Mescalina:
A mescalina é um alucinógeno natural extraído do cacto peiote.
Maconha:
A maconha é o nome dado no Brasil ao vegetal Cannabis sativa, também conhecida popularmente como: marijuana, fumo, bagulho, manga rosa. Os primeiros relatos de sua presença no Brasil datam do século XVIII para a produção de fibras. No entanto acredita-se que a planta já existe há mais tempo utilizada pelos escravos. A planta Cannabis sativa produz mais de 400 substâncias químicas. Uma delas é o THC que é a principal responsável pelos efeitos da maconha.
Khat:
O khat contém uma monoamina alcalóide chamado catinona , uma anfetamina -como estimulante , o que é dito para causar excitação, perda de apetite e euforia . Em 1980, a Organização Mundial da Saúde classificou-o como uma droga de abuso que pode produzir leve a moderada dependência psicológica, embora a OMS não considera o khat ser seriamente viciante. A planta tem sido alvo de organizações anti-drogas.

Crack:
Crack , também chamado de pedra ou rocha,é cocaína solidificada em cristais. O nome inglês crack deriva do seu barulho peculiar ao ser fumado.
Cocaína:
Cocaína é um alcaloide usado como droga, derivada do arbusto Erythroxylum coca, com efeitos anestésicos e cujo uso contínuo, pode causar outros efeitos indesejados como dependência, hipertensão arterial e distúrbios psiquiátricos. A produção da droga é realizada através de extração, utilizando como solventes álcalis, ácido sulfúrico, querosene e outros.

Poppers:
Poppers é também conhecido como incenso líquido, e é diferente do lança-perfume, loló, nitratos, clorofórmio ou éter. Apesar de serem similares na forma de uso e efeitos, são substâncias diferentes.O nome vem da época quando ele vinha numa ampola de vidro que fazia barulho (pop) quando quebrava para abrir.
uso:
Quando a pessoa está dançando ou fazendo sexo, os vapores são respirados, geralmente pelo nariz (ou inalados através de um pano molhado com poppers). Ele não deve ser nunca engolido pois isto pode parar o coração e matar.

Heroína:
Heroína, cujo nome científico é diacetilmorfina é obtida a partir de plantas da espécie Papaver somniferum , da qual é extraído o ópio.Trata-se de um entorpecente, muitas vezes obtido em laboratórios clandestinos, que provoca diminuição da atividade do SNC ou seja é uma substância depressora.
Efeitos:
a heroína tem efeito similar aos outros opióides. Logo após o uso, a pessoa fica num estado sonolento, fora da realidade. Os batimentos cardíacos e respiração diminuem, sintoma muito comum no uso de opiáceos, sendo inclusive a causa de morte por overdose, insuficiência respiratória. As primeiras sensações são de euforia e conforto.
Cristal:
Cristal meta é também conhecido como meth, crystal, metanfetamina, e Tina. Algumas pessoas chamam o cristal de MD, talvez pelo fato de um dos seus nomes ser Methedrine, mas não confundir com MDMA que é a substância presente no ecstasy verdadeiro.
Sexo:Algumas pessoas sob efeito de cristal fazem coisas na cama que não fariam normalmente, inclusive arriscando pegar ou passar HIV.O cristal frequentemente impede homens de gozar ou ter uma ereção ( ‘pau de cristal’).Sexo duradouro ou selvagem estimulado pelo cristal pode causar ferimentos ou sangramento nos órgãos sexuais e boca.Sexo com cristal tem sido descrito como sendo frio, agressivo ou desconexo.

Lsd:

LSD é a sigla de Lysergsäurediethylamid, palavra alemã para a dietilamida do ácido lisérgico, que é uma das mais potentes substâncias alucinógenas conhecidas.

Ecstasy:
O jeito mais comum de consumir ecstasy, também conhecido como “bala” e, em sua versão pura (“MDMA”) é engolindo a pílula, mas enfiar no ânus ou cheirar em pó, também são alternativas. Bala é a droga preferida dos baladeiros por aumentar a sensibilidade para luzes, sons e toque.
Cogumelos e plantas alucinógenos:
A palavra alucinação significa, em linguagem médica, percepção sem objeto; isto é, a pessoa que está em processo de alucinação percebe coisas sem que elas existam. Estas drogas são também chamadas de psicoticomiméticas por "imitarem"ou "mimetizarem" um dos mais evidentes sintomas das psicoses – as alucinações.Grande número de drogas alucinógenas vêm da natureza, principalmente de plantas.
Cogumelos:
O uso de cogumelos ficou famoso no México, onde desde antes de Cristo já era usado pelos nativos daquela região. Ainda hoje, sabe-se que o "cogumelo sagrado" é usado por alguns pajés. Ele recebe o nome científico Psilocybe mexicana e dele pode ser extraído uma substância de poderosa alucinógena: a psilocibina. No Brasil ocorrem pelo menos duas espécies de cogumelos alucinógenos, em deles é o Psilocybe cubensis e o outro é espécie do gênero Paneoulus.
Caapi e Chacrona:
São duas plantas alucinógenas que são utilizadas conjuntamente sob forma de uma bebida que é ingerida no ritual Santo Daime ou Culto da União Vegetal e várias outras seitas. Este ritual está bastante difundido no Brasil.No Peru a bebida preparada com as duas plantas é chamada pelos índios quéchas de Ayahuasca que quer dizer "vinho da vida". As alucinações produzidas pela bebida são chamadas de mirações e os guias desta religião procuram "conduzi-las" para dimensões espirituais da vida.Uma das substâncias sintetizadas pelas plantas é a DMT.
Ghb:
GHB e GBL são também conhecidos como: GBH, Gina, G,GHB (Ácido Gama hidroxibutírico) e GBL (Ácido Gama Butil-lactona) são substâncias usadas em danceterias ou durante o sexo.Ambos os tipos de G contém solventes industriais e substâncias removedoras de tinta.Como as leis contra o GHB ficaram mais rígidas, GBL começou a ser muito mais usado.
Dicas:
Sem cor, cheiro e apenas um gosto salgado que pode passar desapercebido em bebidas, GHB tem sido usado como uma droga para estupro ou assalto. Então é melhor nunca deixar sua bebida de bobeira. Cuidado ao receber bebidas de estranhos.
Krokodil:
Desomorfina é um derivado da morfina com poderosa, rápida ação opiácia, como sedação e analgesia.Foi utilizado anteriormente na Suíça, para o tratamento de dores severas, durante muitos anos até 1981 quando o seu uso foi encerrado. Ele estava sendo usado para tratar uma única pessoa em Berna, na Suíça, com uma doença rara.
Riscos:Em comparação com a morfina, os resultados mostram um aumento da toxicidade, um maior poder analgésico, níveis mais elevados de depressão, aumento da respiração e da atividade digestiva. Ensaios clínicos iniciais em seres humanos que utilizam desomorfina resultaram na constatação de que pequenas quantidades são altamente viciantes.
Efeitos: Devido ao grande volume de dano tecidual/infecção a substância ganhou o apelido de droga comedora de carne, embora que a droga em si não seja a responsável por esse dano. Gangrena, flebite,trombose (coágulos sanguíneos), pneumonia, meningite, septicemia, ossos podres, osteomielite, lesões no fígado e nos rins, danos cerebrais e HIV também são comuns entre os usuários de desomorfina. Às vezes, o usuário quando vai injetar a desomorfina acaba perdendo a veia, causando a formação de um abscesso e necrose do tecido em torno do ponto de entrada.
Bibliografia:
http://apps.einstein.br/alcooledrogas/novosite/atualizacoes/ps_042.htm
http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/novas-drogas-licitas-sao-problema-alarmante-segundo-onu

http://sossolteiros.bol.uol.com.br/as-20-drogas-mais-perigosas-do-mundo-em-ordem/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Desomorfina

http://hypescience.com/19753-as-10-mais-famosas-drogas-recreacionais/

http://www2.unifesp.br/dpsicobio/drogas/alcool.htm

http://www2.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/quest_drogas/
esteroides_anabolizantes.htm



http://www2.unifesp.br/dpsicobio/cebrid/quest_drogas/maconha.htm

http://mundocogumelo.com/

http://www.antidrogas.com.br/crack.php

http://br.drugfreeworld.org/drugfacts/cocaine/effects-of-cocaine.html

http://www.quedroga.com.br/toxicos/ghb

http://www.testededrogas.com.br/asdrogas.php?droga=ecstasy

http://pt.wikipedia.org/wiki/LSD#Dosagem

http://www.quedroga.com.br/toxicos/cristal
Nome: Juliana Silva
3°A
Full transcript