Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Análise de Imagem: o Instagram como ferramenta de construção da identidade - TCC Jéssica Coelho UFPB

Apresentação Monografia - Comunicação Social - 2013
by

Jéssica Coelho

on 13 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Análise de Imagem: o Instagram como ferramenta de construção da identidade - TCC Jéssica Coelho UFPB

Universidade Federal da Paraíba
Departamento de Comunicação
Curso de Comunicação Social
Habilitação em Radialismo
Trabalho de Conclusão de Curso
"ANÁLISE DE IMAGEM: o Instagram como ferramenta de construção da identidade"
Identidade, Aspectos Tecnológicos, Fotografia, Dispositivos Móveis, Instagram.
Instagram
O ritmo das transformações tecnológicas possibilita novas formas de se comunicar e novas maneiras de compartilhar conteúdos na internet.
Sujeito do Iluminismo
Para Bauman (2005) esse processo se constrói a partir de cada experiência a qual o homem moderno se submete.
Seis formas de cultura que coexistem, sobrepõem-se, intercambiam-se e misturam-se inextricavelmente: a cultura oral, a escrita, a impressa, a cultura de massa, das mídias e cibercultura.
Mobilidade
Conceito I
Facilidade de operação:
Imagens manipuláveis, manuseáveis ao toque da ponta dos dedos, ao alcance de qualquer pessoa.
Conceito II
Contrução da Identidade:
necessidade de registro
autoafirmação
construção de poética particular para as imagens.
projeção de como deseja ser visto
lucro em torno da identidade construída
plataforma como ferramenta de trabalho
Conceito III
3 perfis analisados:
Conceito IV
Satisfação subjetiva do usuário
Grau de contentamento que o usuário tem para com a exposição alcançada; feedback do que a plataforma promove em sensações ao usuário.
Análise Geral:
Usabilidade
Mobilidade
Imediatismo
Construção da Identidade
Obrigada! =)
Usabilidade pode ser analisada como uma medida de qualidade das experiências entre usuários e sistemas no momento da interação.

Usabilidade Web pode ser analisada como a qualidade de interação com determinada interaface ou sistema Web.

(NIELSEN, Jakob. 1993)
Perfis no Instagram
Objeto de Estudo
Perfil Nara Marques
Perfil Gabriela Pugliesi
Perfil José de Holanda
Objetivo Geral
Metodologia
Objetivos Específicos
HALL, Stuart (2005)
Globalização e Consumo: importante papel na construção do sujeito.
IDENTIDADE
Orientadora: Cândida Nobre
Jéssica Costa Coelho Pereira
Análise das Funções:
Conclusão:
Novas tecnologias, antes ferramentas de diferenciação entre classes, hoje instrumentos de construção de identidade;
Produção de conteúdo voltada para própria imagem
Ego do homem contemporâneo em exibir a sua própria intimidade
Setembro, 2013.
O objetivo desta Monografia é perceber como a rede social Instagram interfere na construção de identidade dos seus usuários.
Analisar como é construída a identidade dos usuários do Instagram, com cenário empírico de três perfis cadastrados na rede, @soujose, @gabrielapugliesi e @marquesnara

Observar a produção de conteúdo espontânea dos perfis analisados
Análise empírica da rede social Instagram
Entrevistas com usuários da rede
Coleta de dados na internet
Pesquisa bibliográfica
Identidade é o centro do seu ser e imutável.
Sujeito Sociológico
Identidade é suscetível às interferências culturais do meio em que o sujeito vive.
Sujeito pós-moderno
Identidade transitória.
Fonte: Google Imagens
Não há uma identidade única e moldada
Imagem da galeria de Nara Marques
Imagem da galeria de Nara Marques
Imagem da galeria de Nara Marques
Imagem da galeria de Gabriela Pugliesi
Imagem da galeria de Gabriela Pugliesi
Imagem da galeria de Gabriela Pugliesi
Imagem da galeria de José de Holanda
Imagem da galeria de José de Holanda
Imagem da galeria de José de Holanda
Aspectos Tecnológicos
(Santaella, 2010)
"Embora misturada às outras, cada formação cultural funciona socialmente de maneiras diversas. A cultura dos meios de massa, do jornal à televisão, opera socialmente de modo muito diverso da cultura das mídias e de maneira ainda mais distinta do modo como opera a cibercultura."
(SANTAELLA, 2010, p.134)
Revolução, capaz de atingir o cotidiano das pessoas e fazer parte da vida delas, modificando suas rotinas e comportamento
Onde é possível aplicar filtros nas imagens e depois publicá-las, possibilitando que outros usuários possam visualizá-las, curtí-las e comentá-las.
Rede social gratuita para compartilhamento de fotos e agora também vídeos.
Três aspectos servem como ponto de apoio para o entendimento de


IDENTIDADE
narcisismo
ego
Nara Marques
Gabriela Pugliesi
José de Holanda
Fonte: Galeria de Nara Marques
Fonte: Galeria de Gabriela Pugliesi
Fonte: Galeria de José de Holanda
REFERÊNCIAS

BAUMAN, Zygmunt. Identidade. Tradução de Carlos Alberto Medeiros. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2005.`

HALL, Stuart. A Identidade cultural na pós-modernidade; tradução Tomaz Tadeu da Silva, Guaracira Lopes Louro – 10ª. Ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.

Instagram, perfil de Nara Marques. Disponível em: http://instagram.com/marquesnara

Instagram, perfil de Gabriela Pugliesi. Disponível em: http://instagram.com/gabrielapugliesi

Instagram, perfil de José de Holanda. Disponível em: http://instagram.com/soujose


SANTAELLA, Lucia. A ecologia pluralista da comunicação: conectividade, mobilidade, ubiquidade / Lucia Santaella – São Paulo: Paulus, 2010.

______________. Mídias locativas: a internet móvel de lugares e coisas. Revista da Famecos: mídia, cultura e tecnologia. Porto Alegre, nº 35, abril de 2008. Disponível em: <http://revcom.portcom.intercom.org.br/index.php/famecos/article/view/5383/4891> Acesso em: Agosto 2013.

SIBILIA, Paula. O show do eu: a intimidade como espetáculo. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2008.


[Tirar fotos] - [Aplicar filtros]
[Compartilhar] - [Seguir]
[Curtir] - [Comentar]


*necessidade do consumo
Full transcript