Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Expressionismo

História das Artes Plásticas - Luciana Tavares
by

Priscila Facundes

on 29 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Expressionismo

EXPRESSI NISM
Arquitetura
Cinema
Foi um movimento que se caracterizou pela tentativa de passar para a tela o impacto emocional, os sentimentos e as experiências interiores do artista.

"A imagem expressionista tenta impressionar não o olho, mas penetrar, atingir profundamente quem vê", definiu o crítico italiano Giulio Carlo Argan.
O Expressionismo foi um movimento artístico e cultural de vanguarda, surgido na Alemanha no início do século XX.

Foi um movimento que surgiu como uma reação ao positivismo associado ao Impressionismo e que se opôs ao objetivismo naturalista.
Pintura
Literatura
“[...] o universo total do artista expressionista torna-se a visão. Ele não vê, mas percebe. Ele não descreve, acumula vivências. Ele não reproduz, ele estrutura. Ele não colhe, ele procura. Agora não existe mais a cadeia dos fatos: Fábricas, casas, doenças, prostitutas, gritaria e fome. Agora existe a visão disso. Os fatos têm significado somente até o ponto em que a mão do artista os atravessa para agarrar o que se encontra além deles. [...]”
Teatro
Dança
Uma geração de professores e coreógrafos alemães, incluindo Rudolf Von Laban e Mary Wigman, buscou libertar o vocabulário da dança dos rígidos códigos do ballet clássico e criou um novo tipo de dança. A tentativa era de usar o movimento para expressar as suas emoções mais profundas a fim de alcançar leis universais de expressão.

“Quem foi o louco que afirmou que a dança depende da música?”
Mary Wigman
Com tendência para o extremo e o exagero, as peças são combativas na defesa de transformações sociais. O enredo é muitas vezes metafórico, com tramas bem construídas e lógicas. Em cena há atmosfera de sonho e pesadelo e os atores se movimentam como robôs.

Muitas vezes gravações de monólogos são ouvidas paralelamente à encenação para mostrar a realidade interna de um personagem.
Cena da peça R.U.R.- Rossum's Universal Robots, de 1920 - Karel Capek
Equipe
Ana Bárbara Moura
Laís Vasconcelos
Leonardo Vieira
Priscila Facundes
Maria Carolina
Marina Jeronymo

História das Artes Plásticas

Prof.: Luciana Tavares

Contexto Histórico

Em 7 de junho de 1905 foi fundado o grupo artístico Die Brücke (A ponte) formado por Fritz Blyl,
Ernst Ludwig Kirchner, Erich Heckel,
Karl Schmidt e Rottluff.

O termo ‘expressionismo’ foi utilizado originalmente para diferenciar os desenhos de Edvard Munch dos quadros impressionistas.

Os pintores da época possuíam fascínio pela arte negra da oceania, estudada no museu etnográfico de Dresden.

Christian Rohlfs

Edvard Munch

Conrad Felixmüller

Paul Klee

Egon Schiele

Erich Heckel
Ernst Ludwig Kirchner
Segundo o manifesto
de fundação "queriam libertar-se
dos constrangimentos da arte acadêmica".
Van Gogh
Esculturas
Wilhelm Lehmbruck
Ernst Barlach
• Käthe Kollwitz
Sua obra tem um marcado caráter classicista, se bem que deformado e estilizado, e com uma forte carga introspetiva e emocional.
Inspirado na arte popular e
na escultura medieval alemã.
Socialista e feminista, a sua obra tem um marcado componente de reivindicação social, com esculturas que se destacam pela sua crueza
A escultura expressionista não teve um selo estilístico comum, sendo o produto individual de vários artistas que refletiram na sua obra quer a temática quer a distorção formal próprias do expressionismo. Se caracterizou por utilizar formas exageradas e distorcidas, combinadas com linhas simplificadas. Esses artistas sentiam um forte desejo de expressarem seus sentimentos e emoções. Utilizavam muitas materiais como Bronze e madeira.

Na década de 1920, a escultura derivou para a abstração, seguindo o rumo das últimas obras de Lehmbruck, de marcada estilização geométrica tendente à abstração. Assim, a obra de escultores, se deu o abandono da figuração para uma libertação formal e temática da escultura. Contudo, perdurou um certo classicismo, influenciado por Maillol, na obra de Georg Kolbe, dedicado especialmente ao despido, com figuras dinâmicas, em movimentos rítmicos próximos do balé, com uma atitude vitalista, alegre e saudável que foi bem recebida pelos nazis.
Principais características da narrativa
 Caos e descontinuidade predominam, inexistindo tansparência narrativa;
 Ausência da noção espaço-tempo ;
 As histórias têm monstros, vampiros, personagens caricatas e esquisitas;
 Caligarismo - maior importância à estética do filme ;
 Realismo expressionista - questões psicológicas e sociais são abordadas mais a fundo.

Condições de produção / Infra-estrutura demandada
 Baixo orçamento;
 Filmes gravados em estúdios, com cenários tortos e deformados;
 Construção de ambientes escuros e sombrios;
 Deformações plásticas através da maquiagem dos atores, roupas esquisitas - recursos que mais se assemelham ao teatro.

Herança deixada para o cinema atual
 Influenciou diretamente o cinema noir norte-americano, e também os filmes de terror e suspense;
 As narrativas sombrias e climas mórbidos foram assimilados por Hollywood;
 Grande influência de 'Metropolis' no gênero de 'Blade Runner', de 1982.
Full transcript