Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Bruna Freire

on 20 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Introdução à Arquitetura III
Profª. Maria Fatima Rosa Beltrão
Prof. Luiz Felipe de Lima Helfer Estudo de repertorização

Museu Felix Nussbaum Haus FELIX NAUSBAUM 1ª ETAPA - 1998 O PROJETO O Museu
Felix Nussbaum Hauss http://daniel-libeskind.com/projects/extension-felix-nussbaum-haus FONTES DE PESQUISA RE-ARQUITETURA Daniel Libeskind
Osnabrück, Alemanha Grupo 5: Bruna Cascaes, Bruna Freire,
Carolina Fagan, Diego Cestari e
Thainan Ferreira Daniel Libeskind nasceu em Lodz, na Polônia. Ele estudou música em Israel e nos EUA, seguido por Arquitetura na Cooper Union para o Avanço da Ciência e Arte de Nova York até 1970. Em 1972, ele foi premiado com uma pós-graduação em História e Teoria da Arquitetura na Escola de Estudos Comparados em Essex.

Em 1989, Daniel Libeskind venceu o concurso para a concepção do Museu Judaico de Berlim, inaugurado em 1999. Seu museu para a cidade de Osnabrück - o Felix Nussbaum Hause - foi inaugurado em Julho de 1998, primeira obra do arquiteto. Ele é um membro da Bund Deutscher Architekten (BDA). O ARQUITETO Daniel Libeskind Sua experiência como imigrante o inspirou para o projeto “Ground Zero” (Torres Gêmeas), muitos anos depois.

A sensibilidade do arquiteto extrapola o sítio, e se refere à memória. No local onde estavam as Torres Gêmeas, havia mais detritos emocionais que físicos, detroços de vidas mais do que de construção.

Essas duas atitudes permeiam toda a obra de Daniel Libeskind : a preocupação com o “espírito do local”, único em cada sítio, e a exploração da linha como entidade criadora. O Museu Judaico é também chamado “Between The Lines” pela relação entre a linha tortuosa, que compõe o corpo do museu, e a linha reta imaterial, representando o vazio, a perda da cultura judaica em Berlim que nunca mais será recuperada. Manhattan, Nova Iorque - EUA Berlim - Alemanha "Desde que eu comecei a arquitetura, eu tinha uma aversão a escritórios de arquitetura convencionais. Havia algo sobre a atmosfera de rotina, redundância e produção que me fez alérgico a todas as formas de especialização e os chamados profissionalismo. Há dez anos, fundamos o nosso escritório em Berlim, como resultado de uma decisão, um acidente, um boato sobre a rua e começou uma viagem inimaginável para um caminho em que ainda estamos viajando. "

Daniel Libeskind: The Space of Encounter. Felix Naussbaum foi um pintor alemão de religião judaica, possui várias obras que ilustram os horrores do Holocausto, do qual ele foi vítima.

A tarefa de construir um museu para abrigar os restos artísticos da vida Nussbaum levanta questões que não são apenas arquitetônica, mas moral também.

As pinturas de Nussbaum são mais do que pinturas, são documentos. Auto-Retrato com Bilhete de Identidade Judaica
Felix Nussbaum - 1943 Elevação Posterior Planta Baixa Corte Elevação Frontal Maquete O PROJETO 6, 7 e 9 - Exposição Felix Nussbaum

8 - Exposições temporárias e transição para o Museu de História Cultural 1 - Térreo, Hall grande: a infância e adolescência, espaço influências artísticas

2, Corredor Nussbaum, Mezanino: A coleção de Heinrich Assmann 3, 4 e 5 - Mezanino e exposições. 2ª ETAPA - 2010 http://daniel-libeskind.com/projects/felix-nussbaum-haus http://www.revistaau.com.br/arquitetura-urbanismo/96/memoria-do-vazio-23734-1.asp http://www.ignezferraz.com.br/mainportfolio4.asp?pagina=Artigos&cod_item=871 http://www.archello.com/en/project/felix-nussbaum-haus http://www.designboom.com/architecture/daniel-libeskind-extension-to-the-felix-nussbaum-haus/ A estrutura do edifício reflete a vida de Felix Nussbaum.

Materialidade da Obra: concreto aparente, sem janelas, priorizando a escuridão enclausurada, refletindo o sentimento obscuro das obras dele. Transforma os edifícios existentes em um complexo coeso com a nova extensão atuando como um gateway. Redesenhado para incluir uma sala de aula flexível e espaço para eventos, vestiários e banheiros para ambos os edifícios.

Materialidade da obra: gesso cinza escuro com aço preto graficamente destacando a fachada nos entornos das janelas. Edifício existente - Museu de História Cultural Edifício novo - Primeira Etapa Edifício novo - Segunda Etapa - Extenção
Full transcript