Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

CAPACIDADES MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS

No description
by

Filomena Lobo

on 16 January 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of CAPACIDADES MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS

Educação Física
CAPACIDADES MOTORAS CONDICIONAIS E COORDENATIVAS
Capacidades motoras
As capacidades motoras dividem-se em dois grandes grupos:
• As capacidades condicionais – relacionam-se com o aspeto quantitativo do movimento e são dependentes dos processos de obtenção e transformação de energia e da fadiga.

• As capacidades coordenativas – relacionam-se com o aspeto qualitativo do movimento. Dependem fundamentalmente de processos de controlo de movimento e de coordenação entre o sistema muscular e o sistema nervoso.


• Algumas capacidades dependem de aspetos quantitativos e qualitativos, nomeadamente a velocidade e a flexibilidade, sendo consideradas por alguns autores capacidades coordenativo-condicionais.

Capacidades motoras
A RESISTÊNCIA
Resistência Aeróbia
Equilíbrio entre o oxigénio que está a ser necessário para o trabalho muscular e o que a circulação transporta até esse tecido muscular.
Caracteriza-se por executar esforços prolongados e de média ou curta intensidade

Resistência Anaeróbia
O oxigénio não chega em quantidades suficientes ao tecido muscular.

Nos esforços de curta duração, a principal fonte energética é a fosfocreatina, a resistência é denominada de anaeróbia aláctica.
Em esforços de média duração em que a fonte energética passa a ser o glicogénio e surgem grandes quantidades de ácido láctico no sangue e nos músculos designa-se por anaeróbia láctica.
A força é a capacidade motora que nos permite superar ou contrariar uma resistência ao movimento através da contração muscular.
A VELOCIDADE
A velocidade é a capacidade motora que permite realizar movimentos no mínimo tempo possível. Podemos distinguir a velocidade de reação da velocidade de execução. A velocidade depende de fatores coordenativos e de fatores condicionais
A VELOCIDADE
A FLEXIBILIDADE
A flexibilidade é a capacidade motora que permite executar movimentos de grande amplitude, através da elasticidade muscular e da amplitude articular. Esta capacidade permite melhorar a qualidade dos gestos motores, tornando-os mais eficazes e harmoniosos.
Capacidades condicionais
• Força
• Resistência
• Velocidade
• Flexibilidade

Capacidades coordenativas
• Orientação espacial
• Reação complexa
• Diferenciação cinestésica
• Ritmo
• Equilíbrio

BENEFÍCIOS DO TREINO DA FORÇA
• Desenvolvimento da estrutura muscular;
• Aumento das reservas energéticas musculares;
• Retardar o aparecimento da osteoporose na idade adulta;
• Prevenção das lesões musculares.
BENEFÍCIOS DO TREINO DE RESISTÊNCIA

• Melhora a frequência cardíaca;

• Otimiza o sistema respiratório;

• Contribui para o controle de peso;

• Aumenta as defesas do organismo.

A FORÇA
Força explosiva
Quando a resistência é mínima e a aceleração é máxima

Força rápida
Quando a resistência é maior e a velocidade é submáxima

Força resistente
Quando a aceleração é média e mais ou menos constante no tempo.
Velocidade de reação
Capacidade de reagir a um estímulo isolado ou a vários estímulos simultâneos no menor tempo possível.
Velocidade de execução
Capacidade de realizar um ou vários movimentos no menor tempo possível ou com máxima frequência por unidade de tempo
Velocidade de deslocamento
Capacidade de realizar movimentos cíclicos vencendo uma distância em tempo mínimo


BENEFÍCIOS DO TREINO DA VELOCIDADE

• Contribui para o desenvolvimento do sistema muscular;

• Aumenta as reservas energéticas para esforços curtos e rápidos;

• Desenvolve rapidez mental ao responder com sucesso a diversos estímulos.

Flexibilidade geral
Refere-se à amplitude normal da oscilação das articulações.

Flexibilidade específica
Refere-se a movimentos duma dada articulação e específicos de uma determinada modalidade.
BENEFÍCIOS DO TREINO DA FLEXIBILIDADE

• Aumenta a capacidade de alongamento muscular;
• Melhora a qualidade dos gestos motores;
• Diminui o risco de lesões
• Mantém a mobilidade das articulações que se tende a perder com a idade.
Full transcript