Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Sistema urinário

No description
by

marina batista

on 9 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Sistema urinário

Sistema urinário
O que é um néfron ?
As substâncias úteis que retornam ao sangue são retiradas do filtro pelas células dos túbulos renais. Daí passam para os vasos capilares sanguíneos que envolvem esses túbulos. Dos néfrons, os resíduos recolhidos são enviados através dos ureteres para a bexiga.

Cada néfron apresenta duas partes principais: a cápsula glomerular (ou cápsula de Bowman) e os túbulos renais.

A urina se forma nos néfrons basicamente em duas etapas:
a filtração glomerular;
a reabsorção renal.
É na cápsula glomerular que ocorre a filtração glomerular. O líquido extravasado é chamado filtrado. Esse filtrado contém substâncias úteis ao organismo, como água, glicose, vitaminas, aminoácidos e sais minerais diversos. Mas contém também substâncias tóxicas ou inúteis ao organismo, como a uréia e o ácido úrico. Da cápsula glomerular, o filtrado passa para os túbulos renais.
Doenças
Órgãos envolvidos e suas funções
Para que serve o sistema urinário ?
Durante o metabolismo celular, forma-se no nosso organismo um grande número de substâncias químicas, muitas vezes tóxicas, que poderiam causar a morte das células. Torna-se necessário, então, eliminá-las. Todas essas substâncias residuais são lançadas no sangue e daí transportadas até os nossos órgãos excretores que se encarregam de eliminá-las.
Diferença de excreção e secreção
Néfron
Mas a urina elimina só essas substâncias ?
Não. A urina contém aproximadamente 96% de água e 4% de substâncias diversas provenientes da alimentação e do metabolismo normal.
Também denominado nefrónio, é a menor unidade renal responsável pela
filtração
e
formação
da urina. Em cada rim existem cerca de 1 a 4 milhões de néfrons que funcionam alternadamente, de maneira a seguir a necessidades do organismo no momento.
Reabsorção renal

É o processo em que há o retorno ao sangue das substâncias úteis ao organismo presentes no filtrado. Esse processo ocorre nos tubulos renais.

Excreção: processo em que os produtos residuais sem utilidade são eliminados do organismo.
Secreção: é o meio através do qual as células descarregam substâncias que produziram no meio externo. ex:pus
É um tipo de terapia alternativa em que a pessoa bebe ou passa no corpo a própria urina para prevenir ou curar doenças e fortalecer o organismo. Por estranho que pareça, muita gente segue o tratamento. O lutador brasileiro Lyoto Machida, campeão dos meio-pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC), por exemplo, é um dos adeptos.
Curiosidades:
O que é urinoterapia?
íons minerais
O
K
é responsável por um equilíbrio iônico no sangue, juntamente com o
Na
. toda a vez que aumenta a concentração de um deve diminuir a do outro para que se mantenha as mesmas cargas elétricas.Outro elemento que sofre secreção são os íons H+. Toda vez, que aumenta a concentração de íons hidrogênio, pelo acúmulo de corpos cetônicos por exemplo, isto pode levar a uma acidose sanguinea. Imediatamente os transportadores nos nefrons promovem a secreção ativa de
H+
e isso leva a um controle do pH sanguíneo. Também a amônia (
NH4+
) sofre secreção ativa no túbulo distal, pois é muito tóxica e deve ser rapidamente eliminada da corrente sanguinea.
Regulação e reabsorção da água
O sangue é filtrado cerca de 36 vezes por dia
Os principais compostos excretados são a uréia, o ácido úrico e a creatinina.
A regulação da função renal está diretamente relacionada com o equilíbrio osmótico e iônico do organismo.
O principal hormônio que regula esse equilíbrio hídrico do corpo humano é o ADH(hormônio antidiurético).
Um outro hormônio que regula o equilíbrio iônico é a aldosterona que é produzido pela córtex das glândulas suprarrenais. A aldosterona aumenta a reabsorção ativa de sódio nos túbulos renais, possibilitando uma maior retenção de água pelo organismo.
Existem dois tipos de reabsorção: a reabsorção ativa e a reabsorção passiva.
A glicose, as proteínas, os lipídeos e as vitaminas e minerais são os que mais sofrem com a reabsorção ativa.
Se não houvesse a reabsorção nos rins, perderíamos pela a urina toda a glicose e a proteína que ingerimos.
Elementos químicos envolvidos
Rins
Filtrar todos os líquidos corporais;
Eliminar substâncias tóxicas (uréia e a creatinina);
Eliminar substânicas exógenas (medicações , antibióticos, drogas e etc);
Regular a pressão e o volume de líquido corporal;
Produção de hormônios, como a eritropoietina, a renina e vitamina D no organismo.
Bexiga
A função da bexiga é acumular a urina produzida nos rins.
CURIOSIDADE:
A bexiga de um adulto é capaz de armazenar entre 700 e 800mL de urina.
Ureteres
O ureter é um tubo que faz parte das vias urinárias e que liga a pelve do rim a bexiga. Sua Função é lançar a urina do rim até a bexiga.
Uretra
Sua função é conduzir a urina que vem da bexiga para ser expelida pelo corpo.
As pedras nos rins, também chamadas de cálculo urinário ou de cálculo renal são massas semelhantes a pedras que podem se formar em qualquer local do sistema urinário, gerando sintomas como dor intensa e sangue na urina, necessitando de tratamento específico.

O tamanho das pedras variam bastante, podendo ser microscópicas ou atingir 2,5 cm ou mais de diâmetro. Elas ficam depositadas no rins, até que venham a ser eliminadas através da urina
Pedra nos rins
Na maioria das vezes, o tratamento para pedras nos rins é feito em casa. O paciente deve ficar em repouso e beber bastante líquidos, para facilitar a retirada das pedras. Além disso, será necessário tomar algum analgésico e anti-inflamatório para as dores. Nos casos mais graves, quando as pedras nos rins são muito grandes, é indicado realizar uma cirurgia para sua retirada ou uma terapia com ondas de choque.
Tratamento:
A infecção urinária é uma patologia que afeta qualquer parte do aparelho urinário, desde os rins, a bexiga, até a uretra. É decorrente da presença de agentes infecciosos em alguma parte do sistema urinário, sendo que quando afeta os rins, recebe o nome de pielonefrite; quando acomete a bexiga, é chamada de cistite; quando atinge a uretra, recebe o nome de uretrite. A bactéria que habitualmente é responsável pelas infecções urinárias é a Escherichia coli, que compõe a flora intestinal normal dos seres humanos.
Infecção Urinária
O tratamento é feito por meio do uso de antibióticos, sendo este normalmente escolhido de acordo com o resultado da urocultura. A duração do tratamento varia de acordo com o tipo de infecção urinária e o antibiótico de escolha. É de extrema importância que o tratamento seja realizado por completo, de acordo com a prescrição do médico, para evitar recidivas.
Tratamento:
Os rins são os órgãos responsáveis pela filtragem do nosso sangue, que reabsorve várias substâncias úteis ao nosso organismo. Eles são um dos poucos órgãos do corpo humano que podem ser substituídos por uma máquina, embora essa substituição não seja perfeita.

Através da hemodiálise, pessoas que possuem suas funções renais prejudicadas têm a oportunidade de manter uma vida próxima do normal, podendo praticar atividades físicas, trabalhar, viajar, etc.
Hemodiálise
GRUPO
Ana Luísa Rodrigues
Igor Roque
Marcos
Maria Sibely
Mariana
Marina
Full transcript