Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Cartas Controle

No description
by

on 29 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cartas Controle

Como estão os seus ensaios?
Você sabe se as coisas estão sob controle?

Ou

Você ACHA que os seus ensaios e resultados estão controlados?
ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005
Item 5.9.1: "O laboratório
deve
ter procedimentos de CQ para monitorar a validade dos ensaios... Os dados resultantes
devem ser registrados
de forma que as
tendências
sejam detectáveis ... devem ser
aplicadas técnicas estatísticas
para a
análise crítica
dos resultados ..."
Quais cartas aplicar?
Ensaios com repetição:
- Carta de médias
- Carta de desvios ou carta de amplitudes

Ensaios sem repetição:
- Carta de valores individuais
- Carta de amplitude móvel

Ensaios sem padrão ou MR:
- Carta de amplitude para duplicatas.
Cartas de médias
Controle de Qualidade
EXATIDÃO: carta de médias PRECISÃO: carta de desvios
Carta de Amplitudes
Podem ser utilizadas no lugar das cartas de desvios, aliadas às cartas de médias;

OU

Podem ser utilizadas mesmo sem a existência de um padrão, onde o valor plotado é a amplitude entre amostras de rotina analisadas em duplicata;
Carta de Amplitude
Linha central: Amplitude Média
LCS: Amplitude Média x D4
LCI: Amplitude Média x D3
Muito Obrigado!
Próximo destino:
Cartas Controle

Boa viagem!
(use o cinto de segurança!)

Workshop de Qualidade para Laboratórios de Ensaios
Eng. Filipe Albano

Cartas de Médias
- MR ou MRC analisado no mínimo em duplicata;
- Carta para as médias das análises realizadas;
- Mínimo de 20 dados (médias) para formar a carta;
- Análise pode ser conduzida em dias diferentes, com pessoas diferentes;

Linha Central: Média das Médias (X bar)
Limite de Controle Superior: (X bar) + 3 x desvio das médias
Limite de Controle Inferior: (X bar) - 3 x desvio das médias
Obtenção dos dados para as Cartas (dados repetidos):

- MRC (produzido de acordo com ISO Guia 34)
- MR (com rastreabilidade metrológica assegurada)
- Amostra preparada para controle interno de qualidade
- Amostras de Ensaios de Proficiência

Diretriz para garantia da qualidade analítica (equip. com curva de cal.):


MR

MRC

Amostras

MR

Amostras

MR

Cartas de Desvios
- Usar dados gerados para carta de médias ("dentro dos dias");
- Mínimo de 20 dados (20 desvios) para formar a carta;
- Análise pode ser conduzida em dias diferentes, com pessoas diferentes;

Linha Central: Média dos desvios padrão (s bar)
Limite de Controle Superior: (s bar) x B4
Limite de Controle Inferior: (s bar) x B3


Constantes B3 e B4:
n=2 (B3: 0,0 B4: 3,26)
n=3 (B3: 0,0 B4: 2,56)
MRC
MÉDIA
MÉDIA
Eng. Filipe de Medeiros Albano

Gerente da Qualidade da Rede Metrológica RS
Professor da Engenharia da PUCRS
Doutorando em Engenharia no PPGEP/UFRGS

Contato: (51) 3347.8745 ou qualidade@redemetrologica.com.br
Causas Especiais
- Causas que não representam a variação natural do processo;
- Devem ser identificadas e excluídas do cálculo dos limities de controle;
- Devem ser tratadas pelo laboratório;
- Não devem ser excluídas das cartas!

Ex:

* Ponto fora dos limites de controle
* 7 pontos em sequência acima ou
abaixo da média
* 7 pontos ascendentes ou descen-
dentes


Processo Estável
= Proceso sem causas especiais;

= Processo controlado!
n=2 (D3: 0,0 D4: 3,27)
n=3 (D3: 0,0 D4: 2,57)
Carta de Valores Individuais
Carta Valores Individuais
Linha central: Média valores Individuais (MI)
LCS: MI + Amplitude Média Móvel x E2
LCI: MI - Amplitude Média Móvel x E2
E2: 2,66


Carta Amplitude Móvel
Linha central: Média das Amplitudes Móveis
LCS: Média das Amplitudes Móveis x D4
LCI: Média das Amplitudes Móveis x D3
D4 e D3: idem a carta de amplitudes
Índices de Capacidade
* Caso o Laboratório possua limites de especificação FIXOS que deva atender, é possível calcular os índices de capacidade do processo.

Índice CP = Capacidade Potencial
Índice cpk = Capacidade Real

USL = Upper Specif. Limit
LSL = Low Spec. Limit

Sigma = Desvio do processo
Na carta de médias: desvio das médias
Na carta de Val. Individuais é a Amplitude
Média dividida por d2 (1,128)

Exemplo de CP e cpk:

Limite especificado (Fixo): 100 + - 20 (%)
Sigma da carta Controle: 8
Média da carta controle: 92%

CP = (120 - 80) / (6 x 8) = 0,83
cpk = (120 - 92) / (3x 8) = 1,16
cpk = (92 - 80) / (3x 8) = 0,50

Não
é capaz de atender a especificação!
Objetivos das cartas:

* Controlar o processo e analisar as tendências e a estabilidade;

* Fornecem subsídio para estimativa da incerteza de ensaios;

* Apoiam o analista na tomada de decisão e auxiliam a garantia da qualidade do laboratório.

BR

Principais Referências:
Referências Adicionais:

ABNT NBR ISO/IEC 17025:2005

Caten; Ribeiro. Série monográfica da Qualidade: CEP. PPGEP/UFRGS. Porto Alegre, 2009.
Full transcript