Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

As formas Elementares da Vida Religiosa. Introdução: Objeto da Pesquisa

No description
by

Mariane Sanches

on 22 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of As formas Elementares da Vida Religiosa. Introdução: Objeto da Pesquisa

As formas Elementares da Vida Religiosa. Introdução: Objeto da Pesquisa
O Autor
Nascido em 15 de Abril de 1858 em Épinal, nordeste da França.

Faleceu, aos 59 anos, no dia 15 de Novembro de 1917 em Paris.

É considerado um dos pais da Sociologia tendo sido o fundador da escola francesa, posterior a Marx, que combinava a pesquisa empírica com a teoria sociológica.

Foi Acadêmico, sociólogo, antropólogo, filósofo e pedagogista.
O texto
O Objetivo da Pesquisa
- Não se pode compreender as religiões recentes sem saber a maneira como elas se compuseram e os conjuntos de circunstâncias que a originou.

- Só a observação histórica e etnografica é capaz de nos revelar uma realidade concreta.

- Para explicar é preciso tomar partido. Evolução biológica, do naturalismo e do animismo.
O que é a religião de maneira geral?
Étienne Samain
O livro foi escrito em 1912.
Trata-se de uma análise da religião como fenómeno social, usando as religiões de tribos aborígenes da Austrália.

- Durkheim tinha por objeto de estudo compreender a origem das diversas religiões. Explicando sem fazer intervir elementos de uma religião anterior.

- Segundo ele, o homem é ser religioso e sempre será, então o objetivo é estudar a natureza religiosa do homem.

-Para ele, era possível comparar as religiões porque elas possuíam elementos comuns. Todas são igualmente religiões.
- Homem duplo: ser individual e ser social

-Normas do pensamento

- "Assim, a sociedade não pode abandonar as caracteristicas ao livre arbítrio dos particulares sem se abandonar ela própria."
Representações individuaias e coletivas
" Fora de nós, há a opnião que nos julga; mas, além disso, como a sociedade é também representada em nós, ela se opõe desde dentro de nós a essas veleidades revolucionárias; temos a empressão de não podermos nos entregar a elas sem que nosso pensamento deixe de ser um pensamento verdadeiramente humano."
- A sociedade faz parte da natureza, é sua manifestação mais elevada.

- A teoria do conhecimento reune as vantagens contrárias das teorias rivais.
- Como as religiões são compatives, há necessáriamente elementos essenciais que lhes são comuns.

- Semelhanças que vão além das exteriores. Na base de todos os sistemas de crenças e de todos os cultos, há um certo número de representações fundamentais e de atitudes rituais que tem a mesma significação objetiva e desempenham as mesmas funções.

- Civilizações primitivas, casos simples (o pai).
- As categorias são de origem religiosa.

- A noção de tempo envolve toda a humanidade.

- A divisão (dias, meses e anos) está relacionada a periodicidade dos ritos e festas.

- A organização social é modelo da organização espacial. Todos os homens de uma mesma civilização representam o espaço da mesma maneira.
Categorias do pensamento humano
- Os aprioristas são racionalistas

- As categorias mudam conforme os lugares e as épocas

- A razão divina é imutável

- Conhecimentos empíricos
As Formas Elementares da Vida Religiosa
Religião e o Social
- Os primeiros sistemas de representações que o homem produziu do mundo e de si próprio são de origem religiosa.

- Categorias do entendimento: noções de tempo, espaço, gênero, número, causa, de substância, de personalidade.

- Quando analisamos as crenças religiosas encontramos as principais dessas categorias.

- A religião é social.
Full transcript