Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ESTRUTURA E COMPOSIÇÃO DA COMUNIDADE DE ABELHAS EUGLOSSINI A

No description
by

Marta Schorn

on 26 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ESTRUTURA E COMPOSIÇÃO DA COMUNIDADE DE ABELHAS EUGLOSSINI A

INTRODUÇÃO GERAL
TRIBO EUGLOSSINI
(Hymenoptera, Apidae)
Euglossa
Latreille 1802 - mais de 100 espécies
Gêneros de vida livre
Eulaema
Lepeletier de Saint Fargeau 1841 – mais de 16 espécies
Eufriesea
Cockerell 1908 – mais de 60 espécies
Gêneros cléptoparasitas

Exaerete
Hoffmannsegg 1817 - 7 espécies
MATERIAL E MÉTODOS

ÁREA DE ESTUDO
As comunidades atraídas por iscas diferentes são capazes de resgatar padrões ecológicos similares.
Existem subcomunidades distintas associadas ao sub-bosque e ao dossel da floresta.
Iscas diferentes atrem composições de espécies diferentes.
Polinizadores
“Abelhas das orquídeas”
13,2%
2912 espécimes

5 gêneros

41 espécies
Eulaema (Apeulaema) cingulata
(Fabricius, 1804)

Eulaema (Eulaema) meriana
(Olivier, 1789)
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Coleta das abelhas
Cinamato de metila
Salicilato de metila
Eugenol
Cineol
Vanilina
Acetato de benzila

Adaptado de Lewinsohn (2006)

Relação abelha-orquídea
Alta especificidade
Distribuição vertical e atratividade de iscas em comunidades de abelhas Euglossini (Hymenoptera: Apidae) na Amazônia Meridional
MANTEL

PADRÕES ECOLÓGICOS

ANOSIM
Bray-Curtis – quantitativos Jaccard - qualitativos
Bonferroni
SIMILARIDADE

NMDS
(Non-metric Multidimensional Scaling)
COMPOSIÇÃO QUANTITAVO E QUALITATIVO
ANOVA

RIQUEZA E ABUNDÂNCIA

Análises estatísticas
Aglae
Lepeletier de Saint Fargeau & Audinet-Serville 1825
Vinte milhões de anos
10 % das espécies de orquídeas Neotropicais
Catasetinae, Stanhopeinae, Lycanstinae, Zygopetalinae, e Oncidiinae (Ramirez
et al
. 2002)
Bioindicadores
SUFICIÊNCIA AMOSTRAL
CURVA DE ACUMULAÇÃO DE ESPÉCIES
Rarefação
17,5 %
Média do número de indivíduos de abelhas Euglossini atraídos por seis tipos de iscas em dois estratos da vegetação em uma área de mata nativa em Cotriguaçu, MT. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de Metila; VN= Vanilina. Letras diferentes sobre as barras de erro indicam diferença estatística usando correção pelo critério de Bonferroni.
Abundância
ANOVA, F1,142=11,1; p<0,01
Média do número de espécies de abelhas Euglossini atraídas por seis tipos de iscas em dois estratos da vegetação em área de mata nativa em Cotriguaçu, MT. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de Metila; VN= Vanilina.
Riqueza
ANOVA, F1,142=3,34; p=0,06
Sub-bosque
ANOVA, F5,138=28,77; p<0,001
Abundância
Média do número de indivíduos de abelhas Euglossini atraídos por seis tipos de iscas em dois estratos da vegetação em uma área de mata nativa em Cotriguaçu, MT. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de Metila; VN= Vanilina.
Riqueza
Média do número de espécies de abelhas Euglossini atraídas por seis tipos de iscas em dois estratos da vegetação em área de mata nativa em Cotriguaçu, MT. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de Metila; VN= Vanilina.
Curva de acúmulo de espécies esperadas utilizando-se 144 armadilhas com seis tipos de iscas: Acetato de benzila, Cinamato de metila, Cineol, Eugenol, Vanilina Salicilato de metila.
Suficiência amostral
Rarefação – 24 réplicas
Rarefação – 48 réplicas
Número de espécies rarefeito até 24 amostras (+ D.P.), coletado com todas as iscas, comparado com o número de espécies coletado utilizando cada uma das iscas (24 réplicas) separadamente. O Desvio Padrão apresentado em todos os casos foi obtido pelo método de ressorteio por bootstrap. A linha pontilhada aponta o valor mínimo do D.P. do obtido pelo ressorteio de todas as amostras.
Número de espécies coletado com todas as iscas, rarefeito até 48 amostras (+ D.P.), comparado com o número de espécies total coletado utilizando duas iscas combinadas (48 réplicas). O Desvio Padrão apresentado em todos os casos foi obtido pelo método de ressorteio por bootstrap. A linha pontilhada aponta o valor mínimo do D.P. dos valores encontrados para o uso de todas as iscas. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de metila; VN= Vanilina.
Comunidades de abelhas Euglossini que apresentam maior riqueza consistem de aproximadamente 50 espécies (Roubik e Hanson 2004).
Resultado da Analise de Similaridade (ANOSIM) comparando a composição de espécies atraídas por cada tipo de isca em cada um dos estratos. Foram utilizados Jaccard para dados qualitativos e Bray-Curtis para dados quantitativos. A probabilidade de todas as comparações foi corrigido por
Bonferroni
.
Resultado da Analise de Similaridade (ANOSIM) comparando a composição quantitativa de espécies atraídas por diferentes tipos de iscas em cada um dos estratos da vegetação. A probabilidade de todas as comparações foi corrigido por Bonferroni.
Resultado da Analise de Similaridade (ANOSIM) comparando a composição qualitativa de espécies atraídas por diferentes tipos de iscas em cada um dos estratos da vegetação. A probabilidade de todas as comparações foi corrigido por Bonferroni.
AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de metila; VN= Vanilina.
AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de metila; VN= Vanilina
A especialização na coleta de determinados compostos voláteis, poderia diminuir os gastos energéticos com forrageamento e competição interespecífica.
(ANOVA, F5,132=4,94; p<0,001
ANOVA, F5,138=31,45; p<0,001
A isca que atrai a comunidade com espécies mais abundantes irá dominar o padrão da comunidade somatória, ofuscando qualquer padrão apresentado pelas subcomunidades que tenham espécies com menor abundância.
Rediscovery of
Eufriesea fragrocara
(Hymenoptera: Apidae: Euglossini) in the Brazilian Amazon Forest

Distribuição
RESULTADOS
2912 espécimes
106 do gênero
Eufriesea
Eufriesea fragrocara
(Kimsey, 1977) (n = 41)

E. mariana
(Mocsáry, 1896) (n = 22)
E. superba
(Hoffmannsegg, 1817) (n = 18)
E. eburneocinta
(Kimsey, 1977) (n = 16)
E. ornata
(Mocsáry, 1896) (n = 5)
E. surinamensis
(Linnaeus, 1758) (n = 4)
E. pulchra
(Smith, 1854) (n = 1)
E. flaviventris
(Friese, 1899) (n = 1)
DISCUSSÃO
Bioindicadores
CONCLUSÃO
As abelhas da tribo Euglossini em geral apresentam-se distribuídas em ambos os estratos da vegetação, sendo o sub-bosque o local mais abundante.

O tipo de isca empregada se mostrou extremamante importante para diferenciação da comunidade e da diversidade local.

O maior número de espécies e indivíduos foi atraído por salicilato de metila e vanilina, no entanto algumas espécies raras foram atraídas apenas por iscas pouco atrativas.

As comunidades atratídas por algumas iscas apresentavam composições de espécies diferentes, formando subcomunidades distintas.

Além da diferença na composição, as comunidades não se mostraram correlacionadas e não respondem da mesma forma aos fatores ecológicos que as mantém.
CONCLUSÃO
As associações entre comunidades de insetos e as características de suporte da floresta estão se tornando cada vez mais importantes quando tratamos de planos de manejo florestal e conservação.

Nosso estudo mostra a importância da manutenção e conservação de áreas como a que foi aqui estudada.
O grande número de espécies encontrado em nosso estudo contrasta com a atual situação da região, onde a expansão das fronteiras agropecuárias faz com que a pressão antrópica seja constante.

A redescoberta de espécies como
Eufriesea fragrocara
na Amazônia brasileira demonstram a importância de novas pesquisas buscando o entendimento de como as espécies estão distribuídas no ambiente e, principalmente, de que forma estas espécies interagem com o ambiente e respondem às pressões antrópicas sofridas.

CONCLUSÃO GERAL
Padrões ecológicos
Teste de Mantel para determinar a correlação entre as comunidades atraídas por iscas diferentes em área de mata nativa no município de Cotriguaçu - MT. AB= Acetato de benzila; CM= Cinamato de metila; CN= Cineol; EG= Eugenol; SM= Salicilato de Metila; VN= Vanilina.
Obrigada!!!
Descrição da comunidade
Estrutura da comunidade
ANOSIM, r= 13,3; p>0,05 - qualitativo
ANOSIM, r= 21,4; p>0,05 - quantitativo
Composição quantitativa de espécies de abelhas Euglossini resumida por escalonamento multidimensional não métrico (NMDS) coletada com seis tipos de iscas, em uma área de mata nativa no município de Cotriguaçu, MT
Composição quantitativa de espécies de abelhas Euglossini resumida por escalonamento multidimensional não métrico (NMDS) coletada com seis tipos de iscas, em uma área de mata nativa no município de Cotriguaçu, MT
NMDS quantitativo
NMDS quantitativo
INTRODUÇÃO
A quantidade e qualidade dos recursos disponíveis para artrópodes herbívoros (folhas jovens, flores, frutos e sementes) são diferentes entre o sub-bosque e o dossel (Lawton 1983).
Algumas espécies de Euglossini podem ser atraídas para fontes aromáticas não florais, tais como madeiras podres, frutas em decomposição, troncos de árvores e fezes (Eltz
et al.
1999).
Eufriesea eburneocincta
(93,7%)
Eufriesea mariana
(86%)
Euglossa analis
(100%)
Euglossa viridis
(91,6%)
Para que exista a distribuição compartimentada de espécies é necessário que a maioria, senão todas as espécies, tenham algum grau de especialização (Lewinsohn 2006)
Uma consequência da atração de comunidades diferentes utilizando iscas diferentes é a captura de diferentes padrões ecológicos dependendo do método empregado.
Padronização por isca
Isca mais atrativa ou da espécie mais “capturável”
Espécies mais generalistas
Composição qualitativa de espécies de abelhas Euglossini resumida por escalonamento multidimensional não métrico (NMDS) coletada com seis tipos de iscas, em uma área de mata nativa no município de Cotriguaçu, MT.
Composição qualitativa de espécies de abelhas Euglossini resumida por escalonamento multidimensional não métrico (NMDS) coletada com seis tipos de iscas, em uma área de mata nativa no município de Cotriguaçu, MT.
NMDS qualitativo
NMDS qualitativo
Acetado de benzila, cineol, eugenol, cinamato de metila, salicilato de metila. escatol e vanilina são considerados bons atrativos para a maioria das espécies de Euglossini (Dodson
et al
. 1969)
Full transcript