Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Convergência Midiática

Apresentação básica sobre Convergência de mídias e cultura da convergência para PASCOM 2012
by

evaldo souza

on 16 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Convergência Midiática

Cultura da Convergência
Convergência de Mídias
História Social das Mídias
- Desenvolvimento Econômico =
desenvolvimento das mídias.
Plataformas: catalisam as mudanças,
não as provocam;
Mídias se intercruzam, não se sobrepõem.
"Revolução Industrial e Revolução da comunicação podem ser vistas como partes de um mesmo processo" (Asa Briggs - História Social das Mídias, Zahar).
Breve História das Mídias
A convergência das mídias vem propor uma transformação no papel da comunicação, onde os sujeitos passam de simples consumidores ou receptores para, além disso, serem possíveis autores de produção no processo de informação.
Henry Jerkins e a cultura da convergência
Cibercultura

“Corresponde ao momento em que nossa espécie,
pela globalização econômica, pelo adensamento das redes de comunicação
e de transporte, tende a formar uma única comunidade mundial,
ainda que essa comunidade seja – e quanto! –
desigual e conflitante”.

(Pierré Levy)
A plataforma moderna que mais exemplifica
a convergência das mídias é o celular.
Mas será que nos tornamos escravos do celular?
Convergência
Cultura Participativa
Inteligência Coletiva
Transmídia
Convergência 01: desenvolvimento tecnológico que permitiu a integração de textos, números, imagens, sons e diversos elementos de mídias, com vistas a ampliar o alcance do conhecimento.

Convergência 02: junção entre indústrias de mídia e telecomunicações

Convergência 03: conglomerados midiáticos (tanto de produção quanto de distribuição) de empresas de mídias.
Efeito social - domesticação da cultura popular (pasteurização cultural)

Efeito econômico - Cauda Longa
Cauda Longa: teoria estatística aplicada ao mercado digital. A internet possibilitou que as empresas ganhem retorno significativo oferecendo produtos de nicho ao invés de trabalhar apenas com produtos em destaque.
1970: computadores entram nas casas
1974: videogame ATARI
1982: "Video Fever" (C. Beamer)
Primeira obra que trata das mudanças comportamentais e morais advindas com o videogame.
1984: lançamento público da Apple/Macintosh - contra o monopólio da IBM.
INTERNET
- rede militar
- Arpanet - @
- WWW - Tim Berners-Lee
- .com/.org/.mil
- e-commerce
YOUTUBE
GOOGLE
FACEBOOK
Se não está no GOOGLE, existe?
Larry Page e Sergey Brin
Multinacional de mídia
Organizadora de informações
Adwords - publicidade
Quarta melhor lugar para trabalhar
Censura, direitos autorais, privacidade
Site mais visitado do mundo
Hurley, Chen, Karin
Cultura participativa
"Broadcasting Yourself"
2006 foi comprado pelo Google
Comercial ou bem-comum?
Direitos autorais e pânico midiático
Top-down e bottom up: empresas x amadores
Espaço de expressão jovem - VLOGS
Fama instantânea
YOUTUBERS
Mark Zuckerberg
36 homem mais rico do mundo
Programador prodígio
Desenvolveu sua rede em Havard
"A Rede Social" - filme sobre ele, revela um lado oportunista
Reúne 1 bilhão de usuários
Acusações de "vender" as pessoas (perfis)
Quer fazer do FACEBOOK o site mais acessado do mundo.
Cultura da Convergência:
principais teses de Henry Jerkins
1. Novas formas de produção e consumo de mídias - inteligência coletiva.
2. Criatividade e interação - cultura participativa.
3. Narrativa transmídia - transmedia storytelling
"O difícil não é ver o que ninguém viu, é pensar o que ninguém pensou sobre aquilo que todos veem" (Schopenhauer)
Falácia da caixa preta:
conteúdo convergindo enquanto plataformas divergem.
"Entretenimento não é a única coisa que converge nas plataformas de mídias. Nossa vida, relacionamentos, memórias, fantasias e desejos fluem igualmente pelos canais midiáticos". (H. Jerkins)
Novas modos de produção - mais baratos e populares e concentração de monopólios de mídias (dois extremos da cultura da convergência).
1. Reality Shows e Spoilers (inteligência coletiva);
"Um processo chamado 'convergência de modos' está tornando imprecisas as fronteiras entre os meios de comunicação ... a relação um a um que existia entre o meio e seu uso está se corroendo". (Ithiel Sola Pool, Technologies of Freedom, 1983).
Evolução da Internet (WEB)
1. Organização da rede - GOOGLE (O que é você quer saber?)
2. Publicação na rede - FACEBOOK (o que você sabe sem querer saber)
3. Conexão total - convergência - ??? (o que você precisa saber)
"Convergência de mídias se dá quando em um mesmo ambiente estão presentes elementos de linguagem de duas ou mais mídias interligadas pelo conteúdo". (Eduardo Pelanda)
Survivor
American Idol
Matrix
Star Wars
Harry Potter
Photoshop
e política
- Cultura do Spoiling: descobrir o que ainda não foi revelado;
(spoil: estragar)
- Inteligência coletiva (conhecimento coletivo);
- Novas formas de comunidades por afinidades e afiliações;
- Aplicar o spoiling politicamente?
- Reality Shows: aplicação prática da convergência;
- franquia transmídia - economia afetiva;
- "lovemarks": relação emotiva com a marca;
- zapear: capacidade de escolha

"Você tem 3 segundos para me impressionar"
- impressionar: chamar a atençao
- impressionar: fazer uma impressão (presença da marca)
- zapeadores, casuais e fiéis - tipos de consumidores

- Carregamos a marca conosco e a partilhamos de muitas formas;
-produção de conteúdo + publicidade: branded entertainment;

- Fofocas e conversas do dia seguinte.
-
- Drama entre quem entendeu e quem não entendeu nada;
- Narrativa transmídia - relações entre diversas mídias, onde o todo é maior que as partes;
- Múltiplas plataformas para formar o todo;
- Vasto repertório cultural - instigar pesquisas;
- enciclopédia digital - detalhismo;
(fenômeno BRUXA DE BLAIR - 1999)
- Narrativa inteligente ou mkt inteligente?
-
Como era transmitido o evangelho na Idade Média?
vitral
tapeçaria
salmo
sermão
iluminura
escultura
pintura
canto
FANDOM: Fans + KIngdom - comunidade daqueles que querem interferir no original a partir de sua paixão pelo conteúdo.
Que direito o consumidor tem de interferir na narrativa com histórias paralelas? Quem controla as mídias?
Interatividade ou participação?
Interatividade: limite tecnólogico dado previamente;
Participação: não limitada por tecnologia, mas por protocolos culturais.
Empresas proibicionistas X empresas cooperativistas x consumidor
Cultura de massa (produção) - cultura popular (consumo).
Conglomerados de Mídia:
Exposição da marca (SIM)
Manipulação (NÃO)
Vídeos amadores e públicos (não são mais vídeos caseiros) o que incomoda os distribuidores.
George Lucas: quero que o fã viva a história do modo como ela é, mas não criem a própria história, apropriando-se dos personagens.
No início dos anos 80 HQ eróticas com personagens de STAR WARS circularam pelo mercado underground.
Quem é dono de HARRY POTTER? Warner?
J. K. Rowling?
Fãs?
Letramento midiático: consumir ou se expressar?
Controlar letramento para controlar a sociedade: alfabetização tradicional e midiática - somos ALBETIZADOS para a convergência?
EDUCAÇÃO e RELIGIÃO: tensão em HARRY POTTER
Capacidade de interpretar e criar mundo ficcional como forma de compreender-se a si mesmo.
Case Heather Lawver - periódico sobre Hogwarts
Batalha Judicial com a Warner - controle do conteúdo.
FAN FICTION - direitos autorais
Grupos Cristãos expurgaram HP ou então amaldiçoaram sua existência.
As crianças SABEM que HP não é real? Sites onde crianças precisavam abdicar da fantasia para defender seu direito a ela.
Mundo da convergência NÃO é mais o mundo os adultos ensinam e as crianças aprendem, mas é o ambiente da aprendizagem mútua.
Recursos de edição de imagens e vídeos para objetivos políticos, ainda que sejam carregados de tom jocoso e humorado. Será o futuro do mundo político e das decisões sérias da sociedade?
Push Media X Pull Media
Televisão X internet
Media alternativa como força de "pautar" a media comercial de massa.
Internet espaço de livre expressão e por isso mesmo não pode se mais desconsiderado pelo mundo político. Redes e associações que nascem na WEB podem desmantelar processos políticos.
Convergência das Mídias
1. Capacidade de coletivizar conhecimento;
2. Capacidade de compartilhar valores e dramas éticos;
3. Capacidade de juntar pedaços para formar um todo;
4. Capacidade de expressar a realidade pela ficção;
5. Capacidade de criar histórias paralelas e distribuí-las;
6. Capacidade de reinterpretar a própria cultura a partir da cultura global.
pe.evaldo@a12.com
facebook.com/padreevaldo
twitter.com/padreevaldo
2. Economia afetiva
Lovemarks
Branded
3. Transmedia Storytelling
4. Cultura Participativa
5. Letramento Midiático
Fandom
6. Convergência e Política
Maiores conglomerados midiáticos:

MUNDO
· Time Warner
· Disney
· Universal
· Viacom
· Bertelsmann
· Sony
· News Corp - The Times e TV Fox
· Turner - CNN e Cartoon Network

BRASIL
· Organizações Globo
· Grupo RBS-Sirotsky
· Grupo Estado
Grupo Folha da Manhã - UOL
“Não há comunicação sem cultura nem cultura sem comunicação” Martín Barbero. (Dos meios às mediações, UFRJ, 1997)
Convergência e novas gerações
- Geração X
-Geração Y
- Geração Z
Futuro em frases:
- Educar é interagir
- Comunicar é aprender novas linguagens
- Formação é relacionamento (networks)
- Evangelizar é ajudar a experimentar o amor de Deus (pessoal/social/ambiental)
Full transcript