Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Gestão da Indisciplina: Educar com regras e afetos

No description
by

cristina quadros

on 15 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Gestão da Indisciplina: Educar com regras e afetos

Gestão da (in)disciplina :
Educar com regras e afectos Cristina Quadros Gestão da (in)disciplina : Educar com regras e afectos Conjunto de regras ou ordens que regem o comportamento de uma pessoa ou coletividade;
Capacidade de controlar um determinado comportamento de forma a respeitar regras ou conseguir resultados; "Disciplina e bom comportamento são a chave para a harmonia familiar, por isso, eu e o meu marido fazemos tudo o que os nossos filhos nos mandam fazer"

Falta de disciplina; desobediência; rebelião


Quando ocorre a indisciplina? - Quando as regras não são claras,
- Quando não se está envolvido,
- Quando há ganhos secundários,


observáveis
positivas
negociadas
consequentes

Mensagem EU Atenção + Ordens positivas, claras e específicas Definição conjunta de regras Brincar Elogio A socialização de uma criança por vezes é fácil, outras vezes requer muito esforço , constância, paciência, compreensão e…um pouco de tempo.
Princípios 1- Não se envolva em lutas de poder, em confrontos em que provavelmente não ganha . 2. Diga coisas agradáveis aos seus filhos, sobretudo quando não estão à espera. 3- É importante ser único e original. Aceite as suas diferenças. Não deixe o seu filho pensar que é mais estranho do que os pais 4- Não faça coisas pelos seus filhos que eles sejam capazes de fazer sozinhos, a menos que esteja certo que retribuirão o favor 5- Manter auto-estima alta. Se os pais não têm , muito menos os filhos 6- Aprenda a pedir desculpa quando não cumpre com as suas próprias cotas de exigência a cuidar dos filhos Dar alternativas
Fazer perguntas
Manter a calma Elogiar comportamentos
Reconhecer qualidades
Dizer o quanto gostamos deles Dar a conhecer os seus sentimentos
Ser autêntico Os filhos não são incompetentes
Deixar fazer sozinho Passar tempo com cada filho
Passar tempo como casal Não há pais perfeitos
Não há filhos perfeito
Não faz mal errar
Não existem formulas mágicas, apenas vivências partilhadas... cristina.quadros@idealmed.pt
Full transcript